Announcement

Collapse
No announcement yet.

Para quem largou o emprego "só" pra estudar

Collapse
X
  • Filter
  • Hora
  • Mostrar
Limpar tudo
new posts
  • Roger75
    • 19/04/08
    • 1489

    Para quem largou o emprego "só" pra estudar

    Sei que muitos candidatos largaram seus empregos para ficar "apenas" estudando para o concurso da Receita. Alguns há um, dois, três ou mais anos sem trabalhar. Na opinião de vocês vale a pena? O tempo disponível para estudo aumenta, mas como lidar com a pressão?
    573
    Sim
    51.83%
    297
    Não
    22.34%
    128
    Não sei responder
    25.83%
    148
    Last edited by Roger75; Wed, 13/01/10, 08:41 PM.
  • gleyson.noronha
    • 24/12/09
    • 1027

    #2
    Re: Para quem largou o emprego "só" pra estudar

    Eu me acostumei.

    No inicio era pior. Mas acho que estou acostumado agora... Por enquanto estou feliz com a escolha que fiz. Mais ainda se passar pra analista neh?!!!

    Abs

    Comentário

    • Big Bahia
      • 20/03/08
      • 1276

      #3
      Re: Para quem largou o emprego "só" pra estudar

      Roger,

      Se realizar uma atividade que seja compatível com o estudo, não recomendaria largar o trampo. Penso que a mente e a produtividade podem funcionar, muito bem, mesmo tendo o trabalho e os estudos simultaneamente...
      abs.

      Comentário

      • diegowanch
        • 15/01/09
        • 54

        #4
        Re: Para quem largou o emprego "só" pra estudar

        Não recomendo.
        Tentei durante um ano e dois meses ficar só estudando, minha produtividade não chegou a ser 20% maior do que quando eu trabalhava.
        Não sei se é só coincidência ou não, mas só comecei a ter aprovações após ter voltado ao trabalho.

        Comentário

        • AFT-DOURADOS
          • 27/12/09
          • 1599

          #5
          Re: Para quem largou o emprego "só" pra estudar

          Originally posted by diegowanch View Post
          Não recomendo.
          Tentei durante um ano e dois meses ficar só estudando, minha produtividade não chegou a ser 20% maior do que quando eu trabalhava.
          Não sei se é só coincidência ou não, mas só comecei a ter aprovações após ter voltado ao trabalho.
          eu acredito que tudo que vc acumulou durante esses 14 meses foi o maior responsável pelas suas aprovacoes apos voltar ... e talvez isso somado a sua cobranca menor (por ja estar trabalhando) tenha sido a formula perfeita.

          baseado nos grandes depoimentos de aprovados parece-me que é tipo uma jarra dagua (de conhecimento) que apos atingir um nivel de enchimento vc apenas apresenta ela nas bancas e vai sendo aceito heheh

          Comentário

          • agoravai41
            • 14/04/09
            • 118

            #6
            Re: Para quem largou o emprego "só" pra estudar

            Parei tudo em junho/09. Acho que a pressão aumenta, mas a esperança também. A questão é que eu não sei se aguento mais muito tempo, pq já estou ficando maluca.

            Comentário

            • diegowanch
              • 15/01/09
              • 54

              #7
              Re: Para quem largou o emprego "só" pra estudar

              Originally posted by AFT-DOURADOS View Post
              eu acredito que tudo que vc acumulou durante esses 14 meses foi o maior responsável pelas suas aprovacoes apos voltar ... e talvez isso somado a sua cobranca menor (por ja estar trabalhando) tenha sido a formula perfeita.

              baseado nos grandes depoimentos de aprovados parece-me que é tipo uma jarra dagua (de conhecimento) que apos atingir um nivel de enchimento vc apenas apresenta ela nas bancas e vai sendo aceito heheh
              Não tenho dúvida alguma de que esses 14 meses trouxeram resultados positivos, o ponto é que não acredito que tenham rendido mais do se eu permanecesse trabalhando durante esse tempo.
              Digo, com minha remuneração eu poderia optar por morar sozinho e ter um pouco mais de tranquilidade para estudar(ao custo da comodidade de morar com os pais), o que poderia ter resultados melhores.

              Agora, quanto à cobrança menor, é exatamente isso que você disse. Passei no TRE-PR, que foi o concurso que menos levei a sério durante toda minha "carreira" de concurseiro. Fui fazer a prova sem cobrança e sem expectativa de aprovação e o resultado acabou aparecendo.

              Comentário

              • Ronaldo Moska
                • 14/05/09
                • 375

                #8
                Re: Para quem largou o emprego "só" pra estudar

                Acho que ninguém pode ler esse tópico achando que vai poder tomar sua decisão baseada na experiência dos outros. Cada um tem uma realidade e possibilidades diferentes.
                Pra largar o emprego, na minha opinião, só se você puder se manter sozinho por um bom tempo, com uma reserva que te dê tranquilidade.

                Pra quem está no Governo, acho que dá pra conciliar os dois. Na maior parte da iniciativa provada não dá...
                Eu trabalhava 12 horas por dia, viajava toda semana e estava sempre cansado. Acho que seria quase impossível passar pra um concurso TOP só estudando sábado e domingo. Eu acho que EU não conseguiria.....

                Minha opinião é: na dúvida não peça demissão. A recolocação no mercado é sempre mais difícil.

                Ah, eu acho que está valendo a pena me dedicar exclusivamente aos estudos. Mas tem que encarar como uma jornada de trabalho. Do contrário vc vira um vagabundo e estuda pouco. Acorde, vá para uma biblioteca no mesmo horário em que trabalharia e se dedique ao máximo.
                Espero que minha estória tenha um final feliz o mais rápido possível.

                abraços

                Comentário

                • RafaHV
                  • 19/02/09
                  • 63

                  #9
                  Re: Para quem largou o emprego "só" pra estudar

                  Olá colegas!
                  Como disse o Moska, pra mim foi necessário largar o emprego e ficar estudando. Antes, trabalhava e estudava à noite, nos finais de semana tava tão cansado q conseguia estudar muito pouco.
                  Passei todo 2009 só estudando, sem trabalhar, e pra mim valeu muito a pena, percebi q o meu rendimento aumentou muito. Claro, é necessário disciplina, plano de estudo, perseverança. Vc DEVE criar uma quadro de horários (eu segui a ideia do Alex Meirelles, um quadro cíclico) e segui-lo, inclusive nos finais de semana.
                  Não aconselho largar o emprego só por largar, e começar a estudar. Vc deve fazer um planejamento financeiro, ver quanto tempo pode passar sem trabalhar (no mínimo 1 ano, o ideal é pelo menos 2 anos), falar com a família q vc vive e conscientizar q vc estará estudando, não tem tempo livre - geralmente acham q vc não tá fazendo nada, aí pedem pra fazer serviço de banco, de mercado etc - e seguir com seu quadro de horário.
                  Pra mim funcionou, passei no AFTE-RS e provavelmente pra segunda fase do AFRFB, e tenho certeza q não teria conseguido trabalhando de dia e estudando de noite.
                  Abraço e bons estudos

                  Rafael
                  Last edited by RafaHV; Thu, 14/01/10, 09:30 AM.

                  Comentário

                  • Guest's Avatar
                    INTELLECTUS

                    #10
                    Re: Para quem largou o emprego "só" pra estudar

                    A partir de novembro estou me dedicando só ao estudo. Tem que ser um decisão muito bem elaborada. No meu caso estudei e trabalhei até atingir um nível intermediário, já sinto que estou competitivo, então vou partir para o aperfeiçoamento com dedicação integral.
                    O que pesa quando se está trabalhando é o cansaço.
                    Acho, de modo geral, desaconselhável deixar emprego para quem está começando a vida de concurseiro. Depois de passar pelo estudo básico, ter certeza do que quer acho melhor. Cada um tem sua estória. Muita reflexão, e depois coragem.

                    Comentário

                    • Paulo
                      • 07/01/07
                      • 118

                      #11
                      Re: Para quem largou o emprego "só" pra estudar

                      Creio que depende de cada um.

                      No meu caso, não vale a pena. Notei que não consigo ficar muito tempo estudando. Resultado: durante as férias que tirei, estudei quase a mesma coisa que no período de trabalho.

                      Ou seja, depende de sua capacidade de concentração. Fico muito entediado com estudo.

                      Acho que largar o emprego é muito arriscado. SE passar, tudo está resolvido. Mas e se der errado? Havendo apoio familiar e de amigos, tudo bem. Senão...

                      Comentário

                      • Samy
                        • 12/12/07
                        • 51

                        #12
                        Re: Para quem largou o emprego "só" pra estudar

                        Eu era comerciante e comecei a estudar em outubro de 2007, estudei apenas 1 mes e meio e logo entrou dezembro, época do ano em que mais trabalhava, parei de estudar porque não dava conta de fazer as duas coisas ao mesmo tempo. Em janeiro, resolvi vender minha loja e me dedicar somente ao estudo. Em março já estava tudo resolvido, só que fiquei grávida e por motivos maiores não estudei durante a gravidez. Em maio de 2009, assim que vi a autorização para os concursos da RF, resolvi entrar de cabeça, passei a estudar de 8h a 10h por dia. Acho que de certo por enquanto: fui pra 2a. fase de analista - meu foco principal.
                        Se eu tivesse continuado trabalhando não teria conseguido estudar como estudei. Admiro as pessoas que tem força pra isso. Eu sei das minhas limitações e sei que não consigo fazer duas coisas bem feitas aos mesmo tempo, por isso optei por me dedicar a apenas 1. Vai de cada um...
                        Abraços,
                        Samy

                        Comentário

                        • emerson_amorim
                          • 19/10/08
                          • 51

                          #13
                          Re: Para quem largou o emprego "só" pra estudar

                          Pois é pessoal, parece que a resposta final fica por conta da personalidade e da conjuntura que cada um vive.

                          - Eu fui demitido em nov/08 (fator 1);
                          - Trabalhava numa área em que não me faltariam empregos (redes de computadores), mas estava insatisfeito com o que fazia e não queria continuar nela (fator 2);
                          - Antes de ser demitido, eu já estava pensando em estudar para concursos e até tinha comprado uns 2 livros, mas logo vi o tamanho da brincadeira e desisti de estudar trabalhando (fator 3);
                          - Tenho uma filha que amo muito e tomei a decisão de não "roubar" meu tempo com ela (é sagrado) por qualquer motivo, portanto trabalhando e estudando eu quebraria essa regra (fator 4).
                          - Fiz as contas vi que dava para segurar a onda por uns 2 anos sem trabalhar (fator 5);

                          Com certeza a pressão é grande. "Você é louco, e se não der certo?" Foi o mínimo que me disseram !!

                          Mas agora estou aqui, indo para a segunda fase do concurso de Analista (salvo uma Zebra sem precedentes), e muito confiante de que em breve estarei na RFB.

                          É isso, depende do somatório dos fatores que cada um vive no momento.

                          É mais fácil tomar a decisão que todos esperam de você !! Mas assim você será apenas mais um !!

                          Abraços galera e rumo à Receita.

                          Comentário

                          • Ronaldo Moska
                            • 14/05/09
                            • 375

                            #14
                            Re: Para quem largou o emprego "só" pra estudar

                            Originally posted by emerson_amorim View Post

                            Com certeza a pressão é grande. "Você é louco, e se não der certo?" Foi o mínimo que me disseram !!
                            Por isso que pedi demissão e fiquei no sapatinho. Não falei pra ninguém da família. Exceto para uma das minhas irmãs e minha esposa. nenhum amigo sabe e nem minha mãe.

                            isso me poupa de muita pressaõ.

                            Tinha um cargo elevado numa multinacional e ganhava bem. Muita gente ia querer me internar se soubesse da minah real decisão.
                            Quando passar conta a hisória real para todos.

                            Alguns vão ficar plutos, mas isso é importante pra mim no momento.

                            abraços

                            Comentário

                            • Roger75
                              • 19/04/08
                              • 1489

                              #15
                              Re: Para quem largou o emprego "só" pra estudar

                              Pois é, a decisão é difícil. Se por um lado ficar trabalhando pode te possibilitar um dinheirinho para investir em cursos/materiais e pagar suas contas básicas - além de diminuir um pouco a pressão de ter que passar - por outro lado às vezes penso se não estou "perdendo" tempo de estudo, pois poderia conseguir mais horas disponíveis e, assim, a possibilidade de passar num concurso bom aumentaria. Assim já garantiria logo isto que tanto quero, que é ter uma maior estabilidade no emprego e uma vida um pouco mais confortável.
                              É realmente difícil conciliar estudo e trabalho, ainda mais quando seu serviço fica longe de casa.
                              Mas também tenho receio de virar um completo vagabundo se parar de trabalhar... fora que, em casa, se me virem disponível já vão me mandar comprar pãozinho de manhã ou lavar a louça, ou então ficar cuidando de criança... acho que terei que ir para alguma biblioteca estudar, neste caso. É foda.

                              Comentário

                              • Guest's Avatar
                                Ricardo_BH

                                #16
                                Re: Para quem largou o emprego "só" pra estudar

                                Geralmente quem está trabalhando sofre menos pressão e tem mais recursos para investir na preparação (cursos, viagens, livros, etc). Acredito que hoje o fator psicológico é o diferencial para ser aprovado, o restante está muito nivelado, assim quanto menos pressão melhor.
                                Por outro lado, as empresas estão sugando 110% da energia do empregado e isto se reflete na qualidade do estudo pós-trampo.
                                Pra quem está só estudando, acho que ocorre o contrário: mais tempo, porém mais pressão e quase sempre menos recursos.
                                Um bom teste é medir quantas horas líquidas a mais você estuda nas férias.
                                Eu neste momento me encontro de férias do trabalho e posso garantir que minhas HBC aumentaram muito pouco, ou seja mais tempo nem sempre é igual a mais estudo. Mas isto se resolve com disciplina.
                                Por fim, acho prematuro sair antes de se atingir menos um nível intermediário
                                de conhecimento. Do nível básico para o intermediário dá pra conciliar trabalho e estudo, do intermediário para o avançado requer um esforço maior.

                                Comentário

                                • Lemming
                                  • 20/03/09
                                  • 63

                                  #17
                                  Re: Para quem largou o emprego "só" pra estudar

                                  Olá pessoal! Ver esse tipo de tópico me anima um bocado, pois tomei a decisão de não trabalhar há +- 1 mês.

                                  Ao meu ver, a decisão depende de três conjuntos principais:
                                  a) condição real de parar de trabalhar: tanto no aspecto financeiro como no aspecto mental. Contar ou não com apoio da familia é uma variável chave que pode ajudar ou complicar muito.
                                  Tem gente que precisa sair, fazer algo produtivo no trabalho para poder render mais nos livros. Outros conseguem render bem em casa.
                                  Ter uma mulher que só fica de "mimimi larga os livros e vamos pro barzinho" não ajuda em nada.

                                  b) Objetivo / metas: ter bem definido o que se quer.
                                  Quando se define o que quer, acho que a cabeça trabalha bem melhor. Na minha opinião, não importa qual a motivação pessoal, o importante é a motivação por si só. Que seja o salário alto de um RFB/AFT, ou a simples possibilidade de fazer algo que realmente gosta.

                                  c) disciplina: temos que encarar a rotina como se fosse um trabalho, tem hora pra lanchar e bater papo? claro. Mas no mais, é ralar mesmo. Montar uma planilha de horários, metas de curto e longo prazo, cronogroma da matéria, tudo ajuda muito.

                                  No meu caso particular:
                                  Acabei de passar pelas provas que realmente gostaria de seguir. Não deu muito certo (ainda tem um resultado do ibge na segunda-feira, torcam ai heheh). O próximo ciclo de provas é daqui a +- 2 anos, infelizmente. Ou felizmente... afinal, é um tempo bom para me preparar bem, né?
                                  Tenho uma poupança p/ me segurar só estudando por pouco mais de 2 anos e conto com razoável apoio da familia.

                                  Acho que o mais dificil foi não assumir num concurso menor: foi minha primeira aprovação, em primeiro lugar ainda. Nessa altura da vida estaria tudo ótimo: 40hrs e 2.5k de salário, ainda não tenho filhos nem nada. Mas poxa, e daqui a 5 anos?
                                  O custo que isso implicaria era muito elevado. Ia chegar cansado do trabalho, pouquissimo tempo pra estudos e pouquissimo tempo ainda para lazer.
                                  Nessa decisão, o que me ajudou um bocado foi um depoimento de uma menina no ponto dos concursos, que também deixou de assumir para seguir estudando p/ RFB. E isso que o cargo que ela abriu mão era bem melhor! heheh. Imagino que ela tenha passado nesse último concurso, estava entre os primeiros nessa etapa inicial.

                                  Lógico que sempre tem gente que chama de louco, fala que é burrice, muito arriscado etc. Claro que é arriscado: se não fosse, todo mundo tomaria a mesma decisão e seria feliz.
                                  Encarei a minha escolha como um investimento. Tem gente que investe num MBA, vou usar o $$ em hbc.
                                  Mas e se não der certo?
                                  Se não der certo, como alguem comentou, encheremos um pouco a "jarrinha de conhecimento". Dará uma base boa pros próximos. Uma hora paramos de bater na trave!
                                  Last edited by Lemming; Fri, 19/02/10, 08:52 AM.

                                  Comentário

                                  • FKbo 79
                                    • 18/03/09
                                    • 239

                                    #18
                                    Re: Para quem largou o emprego "só" pra estudar

                                    Vale sim. Porém, só largue o ganha pão quando já estiver no ponto em que o trabalho esteja impedindo sua aprovação. Só nos finalmentes, após ter feito as matérias básicas e quando já tiver uma previsão razoavel de certeza de que o Edital esperado irá abrir.
                                    Last edited by FKbo 79; Sun, 28/03/10, 12:34 AM.

                                    Comentário

                                    • Guest's Avatar
                                      Ricardo_BH

                                      #19
                                      Re: Para quem largou o emprego "só" pra estudar

                                      Sei não viu...estou tendo muita dificuldade para conciliar estudo x trabalho...acho que minha teoria anterior está rachando...rs.

                                      Quanto dinheiro seria necessário acumular para poder parar de trabalhar e se dedicar somente aos estudos?
                                      Pensei em uma cobertura de uns 5 anos, o que daria umas 60 x os gastos mensais.
                                      Para alguém (hipótese) com despesas mensais em torno de R$3.000,00 seria uns R$150k (remunerados pela poupança).

                                      Comentário

                                      • Ronaldo Moska
                                        • 14/05/09
                                        • 375

                                        #20
                                        Re: Para quem largou o emprego "só" pra estudar

                                        Originally posted by Ricardo_BH View Post
                                        Sei não viu...estou tendo muita dificuldade para conciliar estudo x trabalho...acho que minha teoria anterior está rachando...rs.

                                        Quanto dinheiro seria necessário acumular para poder parar de trabalhar e se dedicar somente aos estudos?
                                        Pensei em uma cobertura de uns 5 anos, o que daria umas 60 x os gastos mensais.
                                        Para alguém (hipótese) com despesas mensais em torno de R$3.000,00 seria uns R$150k (remunerados pela poupança).
                                        Some na conta alguns milhares pra cursos e livros, caso não os tenha.
                                        Só de livros gastei mais de 2.000,00, mole....

                                        Comentário

                                        • Ronaldo Moska
                                          • 14/05/09
                                          • 375

                                          #21
                                          Re: Para quem largou o emprego "só" pra estudar

                                          Originally posted by amsnetbr
                                          eu sempre questionei isso. se o cara esta na iniciativa privada pode se dar o luxo de largar emprego pq nao cair na real e estudar para um cargo publico de menor expressão com trampo tranquilo. Muitos de nós somos meio arrogantes mesmo. Eu fui um assim. Estudava para AFRF e tive q largar emprego. Um amigo me disse na epoca. Faz um concursos desses de trampo 6h q paga pouco e depois vc estuda para AFRF. Eu nao segui seu conselho, ele largou trampo de 12 na vida privada para cargo no mpe ganhando menos de 2500,00 . Conclusao : Ele é AFRF e ano passado cai nessa real e sou ATA e vejo que se tivesse tomado essa atitude seria bem diferente pq hj estudo mesmo numero de horas q na epoca quando nao trampava.

                                          E somente a opiniao de concurseiro cansado de tomar porrada


                                          Abracos

                                          Anderson
                                          É, cara. Acho que pode ser boa estratégia sim. Mas qtas horas líquidas vc consegue fazer por diatrabalhando no MF ?

                                          A carga horária é respeitada?? é que nunca vivi isso na vida. Sair com 6 horas ou 8 horas de trabalho....ainda nao acredito q isso exista !! hehehhe

                                          valeu !!

                                          Comentário

                                          • Silort
                                            • 08/11/08
                                            • 336

                                            #22
                                            Re: Para quem largou o emprego "só" pra estudar

                                            Você tem que ter muita garra porque é bem diferente. Acontece que de início vc fica super animado, compra todos os livros e começa a estudar mas com o tempo, os problemas de casa ficam mais fortes e vc acaba se envolvendo. No início todo mundo respeita mas o tempo vai passando vc nao vai mostrando resultado e o foco fica perdido. Estou há um ano em casa meu objetivo era o TCU e hoje estou muito frustrada, pq o planejado não ocorreu nem por minha parte nem da minha família. Em função de vários problemas familiares, meu foco teve de ser mudado no meio do caminho (não posso ir + para BSB) e tenho feito vários concursos para minha área mas sem sucesso. A minha experiência não tem sido muito boa. Sei que eu deveria ser mais forte e não deixar me abalar mas tá difícil. Cada um tem sua história, se vc tem uma família que te apóia verdadeiramente, e te dará liberdade pra estudar o que realmente precisa e que tem toda paciência para saber esperar, vale a pena sim! mas se for diferente, acho melhor continuar no seu trabalho e fazer seu esforço pra estudar sozinho, sem envolver muita gente.

                                            Comentário

                                            • Ronaldo Moska
                                              • 14/05/09
                                              • 375

                                              #23
                                              Re: Para quem largou o emprego "só" pra estudar

                                              Originally posted by Silort View Post
                                              Você tem que ter muita garra porque é bem diferente. Acontece que de início vc fica super animado, compra todos os livros e começa a estudar mas com o tempo, os problemas de casa ficam mais fortes e vc acaba se envolvendo. No início todo mundo respeita mas o tempo vai passando vc nao vai mostrando resultado e o foco fica perdido. Estou há um ano em casa meu objetivo era o TCU e hoje estou muito frustrada, pq o planejado não ocorreu nem por minha parte nem da minha família. Em função de vários problemas familiares, meu foco teve de ser mudado no meio do caminho (não posso ir + para BSB) e tenho feito vários concursos para minha área mas sem sucesso. A minha experiência não tem sido muito boa. Sei que eu deveria ser mais forte e não deixar me abalar mas tá difícil. Cada um tem sua história, se vc tem uma família que te apóia verdadeiramente, e te dará liberdade pra estudar o que realmente precisa e que tem toda paciência para saber esperar, vale a pena sim! mas se for diferente, acho melhor continuar no seu trabalho e fazer seu esforço pra estudar sozinho, sem envolver muita gente.
                                              Já tentou estudar em biblioteca?

                                              Comentário

                                              • Guest's Avatar
                                                Ricardo_BH

                                                #24
                                                Re: Para quem largou o emprego "só" pra estudar

                                                Originally posted by Silort View Post
                                                Você tem que ter muita garra porque é bem diferente. Acontece que de início vc fica super animado, compra todos os livros e começa a estudar mas com o tempo, os problemas de casa ficam mais fortes e vc acaba se envolvendo. No início todo mundo respeita mas o tempo vai passando vc nao vai mostrando resultado e o foco fica perdido. Estou há um ano em casa meu objetivo era o TCU e hoje estou muito frustrada, pq o planejado não ocorreu nem por minha parte nem da minha família. Em função de vários problemas familiares, meu foco teve de ser mudado no meio do caminho (não posso ir + para BSB) e tenho feito vários concursos para minha área mas sem sucesso. A minha experiência não tem sido muito boa. Sei que eu deveria ser mais forte e não deixar me abalar mas tá difícil. Cada um tem sua história, se vc tem uma família que te apóia verdadeiramente, e te dará liberdade pra estudar o que realmente precisa e que tem toda paciência para saber esperar, vale a pena sim! mas se for diferente, acho melhor continuar no seu trabalho e fazer seu esforço pra estudar sozinho, sem envolver muita gente.

                                                Imagino como deve ser a pressão da família. Semana passada ventilei a idéia de parar de trabalhar para me dedicar somente aos estudos e desde então meu telefone não tem descanso...agora sou o assunto da famíla...rs.
                                                Fico pensando como seria a reação de todos depois dos primeiros e inevitáveis fracassos.

                                                Comentário

                                                • Eng.ª Erica
                                                  • 30/05/07
                                                  • 106

                                                  #25
                                                  Re: Para quem largou o emprego "só" pra estudar

                                                  Nossa pessoal, li o depoimento de vocês e percebi que tem famílias que pressionam demais os candidatos, falando que não podem parar de trabalhar etc.
                                                  O mais engraçado é que comentários assim, creio eu, já deixariam a pessoa com menos confiança ainda para fazerem o que acham melhor.
                                                  Eu mesma conheci uma pessoa que trabalhava num lugar em que ia chorando, pois não gostava do que fazia, tinha acumulado R$ 60 mil em dez/08, sendo que as contas mensais dela giravam em torno de R$ 600,00, o que significa que o dinheiro total dela duraria bastante tempo caso ela decidisse apenas estudar.
                                                  À época, eu insisti para ela largar tudo, pois ela estudava desde 2006, tinha estudado na USP (sinal de que burra ela não era) e tinha $$$ guardado. Os pais dela nunca a apoiaram, falaram que ela não passaria, que a concorrência era grande etc. e tal. Resultado: ela comprou apartamento (torrou o $$$) e continua trabalhando no mesmo lugar.
                                                  Quando li o depoimento da Gisele no Ponto, a que tirou a 2ª melhor nota na discursiva de AFRFB e passou da posição 985ª para 316ª, na hora pensei naquela outra pessoa. A Gisele morava sozinha e tinha juntado $$ para apenas 1 ano, mas ela ACREDITOU e confiava em seu potencial.
                                                  Acho que isso faz muita diferença para a pessoa. Quando queremos algo de verdade, nós mudamos nossa postura, logo, estudar passa a ser um trabalho, bastante árduo às vezes. Nós nos educamos, nos disciplinamos, mudamos o foco.
                                                  O que acho é que tem muita gente que apenas quer, mas não se entrega de verdade. É como num emprego, você tem que ter horário para entrar, nem sempre terá horário para sair, terá que se destacar, pois não basta estar lá de corpo presente, e terá que fazer o seu melhor sempre, sob o risco de ser demitido.
                                                  Last edited by Eng.ª Erica; Sat, 03/04/10, 12:14 PM.

                                                  Comentário

                                                  • vavita
                                                    • 01/06/09
                                                    • 253

                                                    #26
                                                    Re: Para quem largou o emprego "só" pra estudar

                                                    Originally posted by Eng.ª Erica View Post
                                                    O que acho é que tem muita gente que apenas quer, mas não se entrega de verdade. É como num emprego, você tem que ter horário para entrar, nem sempre terá horário para sair, terá que se destacar, pois não basta estar lá de corpo presente, e terá que fazer o seu melhor sempre, sob o risco de ser demitido.
                                                    Vc disse tudo! Estudar para concurso e trabalhar é dupla jornada! Qm foi que disse q vida de concurseiro não é uma profississão?

                                                    Comentário

                                                    • AFT-DOURADOS
                                                      • 27/12/09
                                                      • 1599

                                                      #27
                                                      Re: Para quem largou o emprego "só" pra estudar

                                                      Originally posted by vavita View Post
                                                      Vc disse tudo! Estudar para concurso e trabalhar é dupla jornada! Qm foi que disse q vida de concurseiro não é uma profississão?
                                                      nao tenho dúvidas,
                                                      e acredito que devemos logo propor uma NORMA REGULAMENTADORA dessas condicoes de trabalho do concurseiro.

                                                      Tenho certeza de que meus livros possuem algum produto insalubre, pois quanto mais estudo mais louco eu fico.

                                                      Por sua vez, creio também que essa NR deva estabelecer as condiçoes mínimas de estudo e o tempo máximo permitido.

                                                      O governo deveria pagar adicional de insalubridade e de penosidade, afinal penoso todos concordamos que é!


                                                      ops. agora que ví que nao é a sala do AFT.

                                                      Comentário


                                                      • #28
                                                        Re: Para quem largou o emprego "só" pra estudar

                                                        Olá pessoal,
                                                        Escrevo para contar a minha experiência pois tive muita coragem e há pouco mais de um mês que me dedico apenas aos estudos. No ano passado, conseguia estudar cerca de cinco horas por dia e alguns dias o dia todo quando não trabalhava. Consegui ótimos resultados, fui aprovada para a segunda fase do ATRFB, mas infelizmente não passei (fui mal na discursiva). Penso que havia muitas pessoas mais bem preparadas do que eu (estudei oito meses), porém hoje meu maior arrependimento é não ter largado meu emprego no início de 2009 (quando pensei em iniciar a vida de concurseira) para me dedicar apenas aos estudos. Fico pensando: "Será que eu teria passado na Receita?" (pois trabalhando cheguei tão perto).
                                                        Comecei a trabalhar como ATA, no entanto eram oito horas por dia para receber dois mil por mês sem plano de carreira nem muita perspectiva. Tentei estudar junto. Durante o expediente, lá onde eu estava não dava. De noite, eu ficava tão cansada que absorvia muito pouco. Resultado: exonerei. Cá estou só estudando.
                                                        Para os que me julgam um tanto insana, digo que sofri muitíssimo para tomar essa decisão e tenho inúmeros medos. Mas eu não irei me arrepender, pois acho que para atingir seu objetivo você deve abrir mão do que é necessário e mergulhar de cabeça. Felizmente, minha família me dá um baita apoio. É isso! Fica aí a minha experiência!

                                                        Comentário

                                                        • MariaClara
                                                          • 14/01/10
                                                          • 98

                                                          #29
                                                          Re: Para quem largou o emprego "só" pra estudar

                                                          Acredito que a pressão para passar quando se está trabalhando é menor, até porquê trabalhando há como se sustentar. Lembrando que isso se o trabalho cumprir horários e não como um que já tive em que havia hora pra entrar e não tinha hora pra sair, ou seja, saí de lá.

                                                          Comentário

                                                          • Roger75
                                                            • 19/04/08
                                                            • 1489

                                                            #30
                                                            Re: Para quem largou o emprego "só" pra estudar

                                                            Originally posted by Antonieta View Post
                                                            Olá pessoal,
                                                            Escrevo para contar a minha experiência pois tive muita coragem e há pouco mais de um mês que me dedico apenas aos estudos. No ano passado, conseguia estudar cerca de cinco horas por dia e alguns dias o dia todo quando não trabalhava. Consegui ótimos resultados, fui aprovada para a segunda fase do ATRFB, mas infelizmente não passei (fui mal na discursiva). Penso que havia muitas pessoas mais bem preparadas do que eu (estudei oito meses), porém hoje meu maior arrependimento é não ter largado meu emprego no início de 2009 (quando pensei em iniciar a vida de concurseira) para me dedicar apenas aos estudos. Fico pensando: "Será que eu teria passado na Receita?" (pois trabalhando cheguei tão perto).
                                                            Comecei a trabalhar como ATA, no entanto eram oito horas por dia para receber dois mil por mês sem plano de carreira nem muita perspectiva. Tentei estudar junto. Durante o expediente, lá onde eu estava não dava. De noite, eu ficava tão cansada que absorvia muito pouco. Resultado: exonerei. Cá estou só estudando.
                                                            Para os que me julgam um tanto insana, digo que sofri muitíssimo para tomar essa decisão e tenho inúmeros medos. Mas eu não irei me arrepender, pois acho que para atingir seu objetivo você deve abrir mão do que é necessário e mergulhar de cabeça. Felizmente, minha família me dá um baita apoio. É isso! Fica aí a minha experiência!
                                                            Muita gente tem a idéia de que passar num concurso "escada", para servir de base para um cargo que pague mais, é o melhor caminho. Mas como pôde ser observado, no seu caso, talvez ter passado para ATA e assumido não foi um negócio tão bom assim. Mas acho também que você só saberia, de fato, se ia dar certo se tentasse ver como era esse trabalho, e assim é a vida: algumas vezes a gente se dá bem, outras se dá mal... enfim, toda experiência é válida para que demos valor ao atingirmos nosso objetivo, quando passarmos no concurso que realmente queremos. E família é tudo: mesmo que estejamos na fossa, sabemos que podemos contar com ela, assim como ela sabe que poderá contar conosco quando estivermos em condições mais favoráveis.

                                                            Comentário


                                                            Working...
                                                            X