Announcement

Collapse
No announcement yet.

Como vocês estudam o material de leitura de vocês?

Collapse
X
  • Filter
  • Hora
  • Mostrar
Limpar tudo
new posts
  • SamLeal
    • 19/11/17
    • 13

    Como vocês estudam o material de leitura de vocês?

    Boa tarde amigos concurseiros! Estou com uma d√ļvida e gostaria da ajuda de voc√™s. Eu ainda n√£o descobri a forma correta para estudar o meu material de leitura. Voc√™s leem e v√£o marcando e enquanto marcam escrevem? Fazem uma leitura preliminar de tudo? Como fazer para memorizar as informa√ß√Ķes que encontram no meio do caminho? Me ajudem a√* com a experi√™ncia de voc√™s! Please!!!!
  • henkkantebellum
    • 22/01/14
    • 2682

    #2
    Originally posted by SamLeal View Post
    Boa tarde amigos concurseiros! Estou com uma d√ļvida e gostaria da ajuda de voc√™s. Eu ainda n√£o descobri a forma correta para estudar o meu material de leitura. Voc√™s leem e v√£o marcando e enquanto marcam escrevem? Fazem uma leitura preliminar de tudo? Como fazer para memorizar as informa√ß√Ķes que encontram no meio do caminho? Me ajudem a√* com a experi√™ncia de voc√™s! Please!!!!
    Como eu fa√ßo: Primeira leitura + lenta, com marca√ß√£o/esquematiza√ß√£o do conte√ļdo. Leituras subsequentes cada vez mais r√°pidas.
    Como gente do quilate do Alex Meirelles j√° falou uma vez: Leitura preliminar + r√°pida.
    Como você vai fazer: como vc quiser!

    Como eu memorizo o que eu leio:
    1- Leitura + de uma vez. Você só memoriza aquilo que você vê e utiliza constantemente.
    2- Primeira leitura mais lenta, pra esquematizar o conte√ļdo, pra adaptar meu "modelo mental" ao texto e fix√°-lo atrav√©s das leituras subsequentes.
    3- Uso algumas t√©cnicas de memoriza√ß√£o, mas mesmo t√©cnicas n√£o substituem uma leitura constante e regular dos assuntos. Ou seja, n√£o tem milagre ou macete. √Č trabalho duro mesmo.
    4- Fazer exerc√*cios dos assuntos que voc√™ estudou (e esta dica eu j√° te dei da outra vez).

    Técnicas de memorização que eu particularmente utilizo:
    Relacionar palavras com sons (rimas, cad√™ncia musical de frases ou express√Ķes), com imagens, com anagramas
    Leitura ativa, em voz alta
    Leitura reiterada
    Exerc√*cios
    Resumo esquematizado
    Marca√ß√£o de conte√ļdo em livros, com destaque de palavras ou express√Ķes que eu considere importantes
    Fazer provas, simulados pra errar e relembrar o conceito correto através do "trauma" do erro
    Etc.

    Como você vai memorizar: Só você sabe!
    S√≥ voc√™ que sabe como sua mente funciona. Descubra como voc√™ memoriza seus conte√ļdos e utilize isso.
    Memorização é algo muito pessoal.

    Forma correta de estudar com o material de leitura: lendo.
    Prática. Repetição.
    Quem nunca estudou lendo vai sofrer mesmo. √Č um estilo de estudos dos mais cansativos e, por isso, √© um dos mais eficazes.

    Se quiser uma fonte da net, t√° a√* uma:
    https://geekiegames.geekie.com.br/bl...izacao-textos/
    Se te interessar, leia.

    ComentŠrio

    • SamLeal
      • 19/11/17
      • 13

      #3
      henkkantebellum obrigada! Voc√™ tem respondido a todas as minhas perguntas e me ajudado bastante. Eu percebi que fa√ßo a leitura preliminar antes de ir para v√*deo aula e quando chego l√° j√° sei bastante o assunto. Eu estava fazendo assim, mas quero que saiba que n√£o tenho sentido que essas duas maneiras em que estava fazendo tem me ajudado muito:
      Primeiro eu tentei o seguinte: fui lendo e marcando e tentava me fazer perguntas mentais para ver se acertava o assunto. Percebi que gastava mais de duas horas com essa técnica em seis páginas.
      Depois eu tentei ir apenas lendo e fazendo marca√ß√Ķes e tentando compreender, e percebi que gastava a mesma m√©dia de tempo.
      √Č normal demorar assim no come√ßo?
      Quando você fala "
      esquematizar o conte√ļdo" o que quer dizer com isso? N√£o entendi bem essa parte. Voc√™ marca o texto na leitura preliminar?

      ComentŠrio

      • henkkantebellum
        • 22/01/14
        • 2682

        #4
        Originally posted by SamLeal View Post
        henkkantebellum obrigada! Voc√™ tem respondido a todas as minhas perguntas e me ajudado bastante. Eu percebi que fa√ßo a leitura preliminar antes de ir para v√*deo aula e quando chego l√° j√° sei bastante o assunto. Eu estava fazendo assim, mas quero que saiba que n√£o tenho sentido que essas duas maneiras em que estava fazendo tem me ajudado muito:
        Primeiro eu tentei o seguinte: fui lendo e marcando e tentava me fazer perguntas mentais para ver se acertava o assunto. Percebi que gastava mais de duas horas com essa técnica em seis páginas.
        Depois eu tentei ir apenas lendo e fazendo marca√ß√Ķes e tentando compreender, e percebi que gastava a mesma m√©dia de tempo.
        √Č normal demorar assim no come√ßo?
        Quando você fala "
        esquematizar o conte√ļdo" o que quer dizer com isso? N√£o entendi bem essa parte. Voc√™ marca o texto na leitura preliminar?
        Cara, não é normal você levar tudo isso pra ler só seis páginas. E você sabe disso.
        Sua preocupa√ß√£o √© dar fluidez ao conte√ļdo, e n√£o trav√°-lo desse jeito.

        T√°, vou te mostrar um exemplo de uma esquematiza√ß√£o de conte√ļdo.
        Não é marcar texto. Não é isso.
        Perceba.

        Esse √© o in√*cio da CF/88, sem o pre√Ęmbulo

        "Art. 1¬ļ A Rep√ļblica Federativa do Brasil, formada pela uni√£o indissol√ļvel dos Estados e Munic√*pios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democr√°tico de Direito e tem como fundamentos:

        I - a soberania;

        II - a cidadania

        III - a dignidade da pessoa humana;

        IV - os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa;

        V - o pluralismo pol√*tico.

        Par√°grafo √ļnico. Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constitui√ß√£o.

        Art. 2¬ļ S√£o Poderes da Uni√£o, independentes e harm√īnicos entre si, o Legislativo, o Executivo e o Judici√°rio.

        Art. 3¬ļ Constituem objetivos fundamentais da Rep√ļblica Federativa do Brasil:

        I - construir uma sociedade livre, justa e solid√°ria;

        II - garantir o desenvolvimento nacional;

        III - erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais;

        IV - promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação.

        Art. 4¬ļ A Rep√ļblica Federativa do Brasil rege-se nas suas rela√ß√Ķes internacionais pelos seguintes princ√*pios:

        I - independência nacional;

        II - prevalência dos direitos humanos;

        III - autodeterminação dos povos;

        IV - não-intervenção;

        V - igualdade entre os Estados;

        VI - defesa da paz;

        VII - solu√ß√£o pac√*fica dos conflitos;

        VIII - rep√ļdio ao terrorismo e ao racismo;

        IX - cooperação entre os povos para o progresso da humanidade;

        X - concess√£o de asilo pol√*tico.

        Par√°grafo √ļnico. A Rep√ļblica Federativa do Brasil buscar√° a integra√ß√£o econ√īmica, pol√*tica, social e cultural dos povos da Am√©rica Latina, visando √* forma√ß√£o de uma comunidade latino-americana de na√ß√Ķes".

        Agora, como eu esquematizo:


        Art 1
        A Rep√ļblica Federativa do Brasil
        Formada pela uni√£o indissol√ļvel
        U, E, M e DF = se √© uni√£o indissol√ļvel destes entes, ent√£o √© uma Federa√ß√£o, forma de ESTADO, com entes aut√īnomos entre si
        Constitui-se em Estado Democr√°tico de Direito = Democr√°tico = Regime de Governo = Democracia
        Estado Democrático de Direito = Estado se submete as próprias leis que este cria. E, no caso, as leis advém dos representantes do povo OU do próprio povo.

        Par√°grafo √ļnico. Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constitui√ß√£o (defini√ß√Ķes de Rep√ļblica + Regime democr√°tico)

        Fundamentos:

        I - a soberania;

        II - a cidadania

        IV- e da livre iniciativa
        (primeira parte eu juntei considerando as rimas)


        III - a dignidade da pessoa

        IV - trabalho

        V - pluralismo pol√*tico.

        Art. 2¬ļ S√£o Poderes da Uni√£o, independentes e harm√īnicos entre si, o Legislativo, o Executivo e o Judici√°rio (check and balances, modelo de Montesquieu)

        Art. 3¬ļ Constituem objetivos fundamentais da Rep√ļblica Federativa do Brasil:
        COGEP
        Construir uma sociedade (...)
        OBJETIVOS
        Garantir o desenvolvimento (...)
        Erradicar a pobreza (...)
        Promover o bem de (...)

        I - construir uma sociedade livre, justa e solid√°ria;

        II - garantir o desenvolvimento nacional;

        III - erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais;

        IV - promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação.

        Art. 4¬ļ A Rep√ļblica Federativa do Brasil rege-se nas suas rela√ß√Ķes internacionais pelos seguintes princ√*pios:

        I - independência nacional (soberania interna)

        II - prevalência dos direitos humanos (exemplo: pacto da Costa Rica)

        III - autodeterminação dos povos (respeito a soberania externa)

        IV - não-intervenção (respeito a soberania externa)

        V - igualdade entre os Estados (respeito a soberania externa)

        VI - defesa da paz (paz)

        VII - solu√ß√£o pac√*fica dos conflitos (paz)

        VIII - rep√ļdio ao terrorismo e ao racismo (paz)

        IX - cooperação entre os povos para o progresso da humanidade (cooperação)

        X - concess√£o de asilo pol√*tico (artigo que faz refer√™ncia direta ao esp√*rito p√≥s ditadura existente na √©poca da CF 88, o qual revelava certos traumas daquela √©poca)
        Voc√™ consegue juntar princ√*pios com ideias parecidas e armazenar menos informa√ß√Ķes para memoriza√ß√£o


        Par√°grafo √ļnico. A Rep√ļblica Federativa do Brasil buscar√° a integra√ß√£o econ√īmica, pol√*tica, social e cultural dos povos da Am√©rica Latina, visando √* forma√ß√£o de uma comunidade latino-americana de na√ß√Ķes (Use o Mercosul como refer√™ncia, por exemplo)

        Expliquei como faz?


        Leia o texto mas deixe as informa√ß√Ķes flu√*rem.
        Esquematização necessita de um pouco de "background". Não é tão simples assim, mas você pega o jeito.

        ComentŠrio

        • SamLeal
          • 19/11/17
          • 13

          #5
          Valeeeeuuu! Deus te abençoe! Tu tem me ajudado um bocado!

          ComentŠrio

          • henkkantebellum
            • 22/01/14
            • 2682

            #6
            Originally posted by SamLeal View Post
            Valeeeeuuu! Deus te abençoe! Tu tem me ajudado um bocado!
            De nada!

            Como eu disse, esquematização e formas de memorização são pessoais.
            Você que tem que usar os seus esquemas.

            N√£o trave suas leituras. Deixe o conte√ļdo respirar.
            A primeira leitura n√£o √© pra voc√™ for√ßar memoriza√ß√£o assim. Isto est√° errado! Isto te toma muito tempo, o conte√ļdo n√£o anda, voc√™ se cansa sem necessidade.
            Fora que é ineficaz, porque se você não revê/pratica o que leu nos outros dias, você vai esquecer!
            Ficou um temp√£o for√ßando memoriza√ß√£o de um conte√ļdo curto (num √ļnico dia) pra esquecer logo mais.
            Memorização vem com leituras repetidas. E no decorrer dos dias.

            Pra leitura, normalmente eu vou rascunhando nos livros.
            Eu preciso de papel. Preciso de l√°pis e caneta.
            N√£o curto tablets pra fazer marca√ß√£o de conte√ļdo.
            Mas isso não te impede de usar tablets ou coisas parecidas. Você que sabe o que melhor atenda seus anseios.

            ComentŠrio

            • SamLeal
              • 19/11/17
              • 13

              #7
              henkkantebellum poderia me ajudar com mais uma coisa? Quando vai estudar a lei seca, você lê antes ou depois da doutrina?

              ComentŠrio


              Working...
              X