Announcement

Collapse
No announcement yet.

Contas Nacionais

Collapse
X
  • Filter
  • Hora
  • Mostrar
Limpar tudo
new posts
  • Jr
    Jr
    • 26/10/06
    • 3059

    Contas Nacionais

    Boa tarde
    Marlos, obrigado por ter aceitado o convite para estar aqui e pelo grande amigo que você é.
    Gostaria que ajudasse essa usuária, por favor.
    Até mais
    Jr

    Originally posted by Gabi - ES
    Oi, gente!

    Estou com dúvida no assunto de Contas Nacionais. Estudo pelo livro d Viceconti e faço os exercícios sempre consultando aqueles quadrinhos com as contas. Minha dúvida é como decorar aquilo. Existe algum macete, resumo ou algo do gênero?

    Segunda dúvida: para AFRF eu tenho que saber as 3 metologias das contas ou apenas a que está sendo utilizada hj (aquela dos usos e recursos)?
  • Marlos
    • 22/08/07
    • 238

    #2
    A estimativa pioneira da renda nacional no Brasil foi elaborada pela FGV-RJ em fins dos anos 40, mas um conjunto integrado de estatísticas, segundo as determinaçõs do System of National Accounts (SNA) da ONU, surge apenas em 1956.
    O Centro de Contas Nacionais da FGV permaneceu até 1986 como a instituição responsável pela elaboração e divulgação das contas. O IBGE, a partir de então, assume o sistema de contas nacionais, promovendo uma profunda revisão metodológica, substituindo o modelo de 5 contas para o de 4 contas, apenas.
    A conta do governo deixa de constar no sistema de contas nacionais, sendo que as atividades da APUs diluem-se nas contas restantes. Cria-se a conta corrente das administrações públicas, mas como instrumento à parte do sistema de contas nacionais.
    Em 1993, surge uma nova proposta do System of Nacional Accounts, recomendando um novo formato das contas nacionais. Em 1998, o IBGE divulga a nova metodologia bem como a série de contas nacionais, reelaborada segundo o novo desenho, desde 1990. Cabe repisar que a nova estrutrura de contas nacionais não envolve mudanças conceituais, mantendo os fundamentos anteriores. Buscava-se ser atualizado, harmônico e flexível, embora tenha ganhado uma complexidade maior.
    O sistema conta agora com um ferramental original chamado tabela de recursos e usos (TRU), em que se apresenta a oferta total como somatório da produção e importação e simultaneamente como somatório do consumo intermediário e da demanda final. Todas as informações são desagregadas por setor, de maneira que o consumo intermediário se identifica com a matriz insumo-produto, que fica assim definitivamente integrada ao sistema.
    As antigas quatro contas foram substituídas, no novo sistema, por uma estrutura denominada contas econômicas integradas (CEI), que apresenta três grandes grupamentos. Um é constituído pela conta de bens e serviços, um segundo sobre a conta de produção, que equivale a conta PIB do sistema anterior; conta de renda (geração, alocação, distribuição secundária e de usos), que equivale à conta renda nacional disponível bruta e a conta de acumulação, que equivale à conta de capital anterior. O grupamento C contém a conta das operações correntes com o resto do mundo, que substitui a conta de mesmo nome do sistema anterior.

    Comentário

    • Mag
      Mag
      • 25/11/06
      • 90

      #3
      Prof. a minha dúvida é exatamente sobre esta nova metodologia. Estou estudando o seu material do ponto, e tive esta dúvida comparando com o material do Viceconti. Vc apresenta esta metodologia anterior, ela continua sendo utilizada? Ainda é cobrado em prova? Ou deveriamos estudar somente esta nova metodologia de CEI, usos e recursos? Obrigada.

      Comentário

      • Marlos
        • 22/08/07
        • 238

        #4
        Ora, até acredito que isso vá se modificar. Contudo, vendo as provas anteriores (até AFRF 2005 e ENAP/2006), a metodologia empregada "antiga" de CN (exposta no curso do ponto) tem sido a utilizada pela banca ESAF.
        Com as novas modificações nas CN, acredito que em um futuro não muito distante, isso passe a ser cobrado com a nova cara.
        Temos que esperar para ver!
        Abraço,
        Marlos

        P.S. Veja na minha coluna do ponto um artigo sobre as PIB revisado, aperfeiçoamento estatístico, nova metodologia....

        Comentário

        • Mag
          Mag
          • 25/11/06
          • 90

          #5
          Li seu artigo do ponto, ajudou um pouco. Estou começando a estudar esta matéria, por isso os conceitos ainda estão meio confusos. Vou sugerir ao curso Mária que o convide pra dar aula aqui em POA. Obrigada.

          Comentário


          Working...
          X