Announcement

Collapse
No announcement yet.

DÚVIDA QUESTÃO 07 PÁGINA 38 DO LIVRO ECONOMIA PARA CONCURSOS

Collapse
X
  • Filter
  • Hora
  • Mostrar
Limpar tudo
new posts
  • Fábio de Castro
    • 15/07/07
    • 15

    DÚVIDA QUESTÃO 07 PÁGINA 38 DO LIVRO ECONOMIA PARA CONCURSOS

    Professor, não entendi por que a letra a) desse quesito está errada, pois o total de investimentos brutos da economia é igual a FBCF + Ve = 300 + 20 = 320. Como a depreciação é igual a 20(pelos cálculos realizados para se achar a resposta correta) então, excluindo-se esta quantidade do investimento total obteremos 300.
  • Marlos
    • 22/08/07
    • 238

    #2
    Fábio,

    O seu raciocínio está correto. O problema é que o entedimento da banca é o seguinte: embora a assertiva está correta, o que ela desejou equivocadamente demonstrar é que o investimento total da economia é de 320 e é esse dado obtido pela produtora da informação primária (IBGE). Só agora com o ajuste metodológico do IBGE, o aperfeiçoamento estatístico é que a alteração mais significativa apareceu na incorporação da depreciação do estoque de capital público no cálculo do PIB. Se o governo realiza novas obras em escolas e postos de saúde, seria razoável que descontasse parte do desgaste (obsolescência) da obra, deixando de economizar essa fração de seus investimentos. A nova sistemática incorpora essa conta fazendo com que a taxa de investimento global caia de 20% (taxa bruta) para menos de 10% ( taxa líquida).

    Infelizmente, a banca quis jogar com o conhecimento de Poupança bruta do setor privado - depreciação = poupança líquida do setor privado. A importância da depreciação estaria só aí para a banca examinadora.

    Vejamos as opções:
    A variável investimento tem na sua gestação a formação bruta de capital fixo (300) mais a variação de estoques (20), totalizando 320. A conta de depreciação faz parte da poupança bruta do setor privado.
    A assertiva a está incorreta.
    Existe poupança externa igual a 100, já que há déficit do balanço de pagamentos em transações correntes igual àquele montante.
    A assertiva c está incorreta.
    A identidade macroeconômica investimento-poupança se realiza com os dados da questão sem a necessidade de incremento da poupança privada, como veremos no cálculo a seguir.
    As assertivas d e e estão incorretas.
    A assertiva b, portanto, está correta. Assim, por meio da identidade macroeconômica básica investimento igual à poupança, assume-se que a formação bruta de capital fixo mais a variação de estoques se iguala ao somatório das poupanças privada, pública e externa, ou seja:
    FBCF + VE = Sp (ou Spl + D) + Sg + Se
    300 + 20 = 100 + D + 100 + 100
    D = 20.
    A assertiva b está correta.

    Essa questão é antiga e as bancas já melhoram muito.
    Abraços e bons estudos!
    Marlos

    Comentário


    Working...
    X