Announcement

Collapse
No announcement yet.

PetroBio Contabilidade (Cesg): questão de custos/lucro mínimo

Collapse
X
  • Filter
  • Hora
  • Mostrar
Limpar tudo
new posts
  • alexlba
    • 01/09/09
    • 23

    PetroBio Contabilidade (Cesg): questão de custos/lucro mínimo

    bom dia! alguém poderia me ajudar com esta questão?

    A Indústria Serena Ltda. fabrica óculos de sol completos (armação e lentes). Sua produção é de 50.000 óculos completos por mês. Toda a produção é vendida, havendo meses em que há pedidos por parte do comércio que não podem ser atendidos. Os custos fixos são apropriados à base de mão de obra e totalizam R$ 900.000,00 por mês; o tempo total de fabricação é de 40.000 horas, sendo o tempo de fabricação por produto de 0,30 hora, para a armação, e de 0,50 hora, para as lentes. O quadro de custos é o seguinte:

    Armação
    Custo Variável=18,00
    Custo Fixo=900.000/40.000h X 0,30h=6,75
    Soma=24,75

    Lentes
    Custo Variável=44,00
    Custo fixo=900.000/40.000h X 0,50h=11,25
    Soma=55,25

    Custo dos Óculos=24,75+55,25=80,00

    Dados adicionais
    • O preço de venda unitário é de R$ 120,00.
    • As despesas variáveis montam a 5% do preço de venda.
    • As despesas fixas são de R$ 1.100.000,00 por mês.
    • A empresa recebeu a proposta de um fornecedor oferecendo a armação a R$ 23,00.
    • O tempo gasto na fabricação da armação pode ser utilizado para a produção de lentes, com um acréscimo no custo fixo de 5%.
    • O mercado tem capacidade de absorver, no máximo, uma produção adicional de 15.000 unidades.

    Considerando-se exclusivamente as informações acima, qual seria, em reais, o valor máximo que a empresa estaria disposta a pagar pela armação, sabendo-se que exige um lucro mínimo de R$ 717.500,00, já considerando os acréscimos de produção e custos?
    (A) 23,00 (B) 23,50 (C) 24,75 (D) 26,25 (E) 27,50

    grato desde já...
    Last edited by alexlba; Thu, 22/07/10, 09:12 AM. Reason: edição do título
  • rossicar
    • 17/01/08
    • 830

    #2
    Re: PetroBio Contabilidade (Cesg): questão de custos/lucro mínimo

    Venda 120 x 65000 = 7800000
    (-) Custos (x)
    (-) desp. var. (390000)
    (-) desp. fixas (1100000)
    (=) lucro 717500

    x = 5592500

    x = custos variáveis + custos fixos
    custos variáveis + 945000 (aumento 5%) = 5592500
    cv = 4647500

    cv = 4647500/65000 = 71,5

    cv armação = 71,5 - 44 = 27,5, letra e

    Confere se o gaba está correto, por favor.

    Comentário

    • alexlba
      • 01/09/09
      • 23

      #3
      Re: PetroBio Contabilidade (Cesg): questão de custos/lucro mínimo

      o gabarito confere. meu engano estava em querer encontrar tudo de uma vez, o que embolou os cálculos. sua separação, primeiro encontrando os custos cheios e só depois separando em fixos e variáveis, foi o diferencial...

      muito agradecido pela ajuda!

      Comentário

      • Naldo Lima
        • 28/06/12
        • 94

        #4
        Re: PetroBio Contabilidade (Cesg): questão de custos/lucro mínimo

        Uma pergunta que não quer calar:

        Porque as despesas variáveis não aumentaram com o aumento de 15.000 unidades da produção?

        Até onde eu sei, as despesas variáveis variam proporcionalmente à produção.

        Me corrijam se eu estiver errado.

        Comentário

        • Naldo Lima
          • 28/06/12
          • 94

          #5
          Re: PetroBio Contabilidade (Cesg): questão de custos/lucro mínimo

          alguém poderia ajudar?

          Comentário

          • Jurasvilks
            • 05/07/12
            • 46

            #6
            Re: PetroBio Contabilidade (Cesg): questão de custos/lucro mínimo

            Naldo. As despesas variáveis aumentaram sim.

            Eram de 5%(120 x 50.000) = 300.000

            Passaram a ser 5%(120 x 65.000) = 390.000

            Comentário

            • Paulo Guimarães
              • 21/08/12
              • 169

              #7
              Re: PetroBio Contabilidade (Cesg): questão de custos/lucro mínimo

              Originally posted by Naldo Lima View Post
              Uma pergunta que não quer calar:

              Porque as despesas variáveis não aumentaram com o aumento de 15.000 unidades da produção?

              Até onde eu sei, as despesas variáveis variam proporcionalmente à produção.

              Me corrijam se eu estiver errado.
              Olá, Naldo!

              Esta é uma dúvida bastante oportuna.

              Em determinada atividade, principalmente fabril, existem os custos fixos, os custos variáveis, as despesas fixas e as variáveis. Lembrando lá do início da disciplina Contabilidade de Custos, aprendemos que custos são o consumo de bem ou serviço aplicado durante o processo produtivo (produção) de outros bens ou serviços (formação de estoques/produto pronto). Já as despesas representam o consumo de bem ou serviço, direta ou indiretamente, para a obtenção de receita, para a geração de receita. Segundo a doutrina (e considerando a estrutura da DRE e a aplicação do princípio da confrontação entre despesas e receitas), a "despesa" que gera a receita diretamente é o CPV/CMV; as despesas que indiretamente geram a receita (na verdade, mantêm a capacidade da entidade de gerar a receita) são as despesas administrativas e as depesas com vendas.
              No entanto, agora respondendo diretamente a sua pergunta, nem as despesas gerais/administrativas e muito menos as depesas variáveis (com vendas) guardam qualquer relação com a produção, pois o que guarda relação com o volume de produção são os custos.
              Complementando, as depesas gerais/administrativas são fixas e não guardam relação nem com a produção (volume) e nem com as vendas (volume); as depesas com vendas (variáveis) guardam relação com o volume de vendas. Os custos (fixos e variáveis) obviamente guardam relação somente com a produção, respeitadas as suas características.

              Espero que eu tenha ajudado.

              Um abraço e boa sorte!

              Paulo Guimarães
              Last edited by Paulo Guimarães; Sun, 03/02/13, 10:34 AM.

              Comentário

              • MatMen
                • 17/03/11
                • 165

                #8
                Re: PetroBio Contabilidade (Cesg): questão de custos/lucro mínimo

                Alguém poderia me explicar por que apesar de só poder aumentar 15000 unidades na produção dos óculos, usando somente 7500h para fabricar lentes adicionais, sobrando 7500h (das 15000h usadas na fabricação das armações), existe a necessidade de se terceirizar todo o segmento de armações? Por que essas horas que irão sobrar (7500h) não podem ser usadas para continuar a fabricar armações? Para o tempo não ficar ocioso.

                Obrigado!

                Comentário

                • Paulo Guimarães
                  • 21/08/12
                  • 169

                  #9
                  Re: PetroBio Contabilidade (Cesg): questão de custos/lucro mínimo

                  Olá, MatMen!

                  Nesta questão, que versa sobre a análise da relação custo X volume X lucro, face à capacidade instalada informada, o controller da fábrica, diante da oferta por terceiros de R$ 23,00/und da armação aplicada na produção dos óculos, procurou verificar quanto estaria disposto a pagar por esta armação - em vez de continuar a sua produção- , considerando o aumento de 5% nos custos fixos e o lucro esperado de R$ 717,5k. A sua observação é interessante, mas o examinador, face à demanda máxima informada (50.000 und + 15.000 und) e à eficiência para a produção das lentes (05h/und), não levou em consideração a ociosidade de 7.500hs. Ademais, como são custos variáveis, eles podem deixar de ser aplicados na produção sem problemas e, particularmente neste caso, sendo substituídos pelo "custo" de aquisição da totalidade das armações necessárias à nova demanda de 65.000 und. Não podemos esquecer que, caso fossem aplicados custos MOD proporcionais às 7.500hs ociosas para as armações, estes itens também receberiam custos de materiais diretos e CIFs, o que oneraria a produção. Portanto, a análise do controller é pertinente.
                  Esta é uma boa questão da CESGRANRIO, que avalia uma compreensão mais profunda de um processo produtivo um pouco mais complexo. E, ao que parece, vc fez uma observação interessante porque possui boa compreensão do tema. Parabéns!

                  Espero que eu tenha ajudado.

                  Boa sorte!

                  Paulo Guimarães
                  Last edited by Paulo Guimarães; Wed, 13/02/13, 11:50 AM.

                  Comentário


                  Working...
                  X