Announcement

Collapse
No announcement yet.

PBH APP/CCT 2012 - Q. 33 e 34

Collapse
X
  • Filter
  • Hora
  • Mostrar
Limpar tudo
new posts
  • JoãoP22
    • 13/03/15
    • 8

    PBH APP/CCT 2012 - Q. 33 e 34

    Boa noite a todos.

    Vou fazer o concurso para a Prefeitura de BH desde ano, e estava resolvendo a prova do concurso anterior. Encontrei dificuldade para resolver as duas questões abaixo.

    Analise os dados abaixo para responder às questões 33 e 34:

    Um determinado município arrecadou, no exercício de 2011, as seguintes receitas:
    IPTU.............................................. ........ 65.000
    ISS............................................... ..........45.000
    IRRF.............................................. ........ 20.000
    Alienação de bens..................................... 5.000
    Cota-Parte ITR.......................................... 3.000
    Operações de Crédito Internas....................50.000
    Cota-Parte ICMS...................................... 15.000
    Cota-Parte IPVA......................................... 8.000
    Cota-Parte FPM....................................... 80.000
    Cota-Parte IOF Ouro................................... 5.000
    Cota-Parte IPI Exportação............................3.000
    Participações e Dividendos......................... 2.000
    Dívida Ativa Tributária (IPTU/ISS)............... 10.000
    ITBI.............................................. ........... 6.000
    Dívida Ativa não Tributária...........................4.000

    33. No exercício, o montante mínimo que deveria ter sido aplicado no financiamento da Manutenção e Desenvolvimento do Ensino seria de:
    A) R$ 46.800
    B) R$ 60.000
    C) R$ 62.500
    D) R$ 65.000
    E) R$ 79.250

    34. A parcela a ser transferida pelo município, destinada a financiar o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de valorização dos Profissionais da Educação, seria igual a:
    A) R$ 21.800
    B) R$ 26.600
    C) R$ 42.600
    D) R$ 46.000
    E) R$ 52.000


    A 33 eu tentei somar todas as receitas e coloquei 25% e não consegui encontrar nenhuma das alternativas. Também tentei somar somente as receitas dos impostos - com e sem as cota-partes - e também não consegui encontrar um resultado compatível com as alternativas. A questão 34 eu não consegui achar a porcentagem para o FUNDEB.

    Se alguém puder me ajudar nessas dúvidas, eu agradeceria muito.
  • JoãoP22
    • 13/03/15
    • 8

    #2
    Sobre a dúvida deste tópico, eu consegui chegar no resultado da questão 33: Tirei os itens que não tem a ver com receita de impostos (Alienação de Bens, Operações de Créditos Internas, Participações e Dividendos e Dívida Ativa não tributária) da soma total e cheguei no montante de R$ 260.000. Pegando os 25% necessários para repasse para Desenvolvimento do Ensino, chega aos R$ 65.000 que é a resposta desta questão.

    A 33 está resolvida, mas permanece a dúvida na questão 34, não consigo achar em lugar algum um texto exato que informe o repasse dos municípios ao FUNDEB (ou como chegou aos R$ 21.800 que é a alternativa correta segundo o gabarito). Aguardo retorno, grato desde já.

    PS: Se o meu pensamento sobre a resolução da questão 33 não estiver certo, tenham a liberdade de me corrigir.

    Comentário

    • rodrigopn
      • 23/07/09
      • 24

      #3
      Quanto a questão 33 você está certo, 25% de todos tributos, fica alerta que tal volume pode ser alterada para mais em cada Ente da Federação. No caso do Estado de São Paulo é 30%.
      Já a questão 34, você deve restringir os tributos. Inclui, Conforme MCASP 6ª edição, pag. 192:
      Estados e DF 20% da arrecadação dos seguintes impostos e transferências recebidas:
      ITCD

      IPVA
      ICMS
      Desoneração das Exportações
      FPE
      Cota-parte do IPI Exportação
      Municípios 20% das seguintes transferências recebidas:
      Desoneração das Exportações
      FPM
      Cota-parte do IPI Exportação
      Cota-parte do ICMS
      Cota-parte do IPVA
      Cota-parte do ITR
      Neste caso você poderá chegar a base de cálculo de R$ 109.000, sendo que 20% deste é R$ 21.800.

      Até!

      Comentário

      • JoãoP22
        • 13/03/15
        • 8

        #4
        Originally posted by rodrigopn View Post
        Quanto a questão 33 você está certo, 25% de todos tributos, fica alerta que tal volume pode ser alterada para mais em cada Ente da Federação. No caso do Estado de São Paulo é 30%.
        Já a questão 34, você deve restringir os tributos. Inclui, Conforme MCASP 6ª edição, pag. 192:
        Estados e DF 20% da arrecadação dos seguintes impostos e transferências recebidas:
        ITCD

        IPVA
        ICMS
        Desoneração das Exportações
        FPE
        Cota-parte do IPI Exportação
        Municípios 20% das seguintes transferências recebidas:
        Desoneração das Exportações
        FPM
        Cota-parte do IPI Exportação
        Cota-parte do ICMS
        Cota-parte do IPVA
        Cota-parte do ITR
        Neste caso você poderá chegar a base de cálculo de R$ 109.000, sendo que 20% deste é R$ 21.800.

        Até!

        Nossa, muito obrigado pela ajuda! rodrigopn

        Comentário


        Working...
        X