Announcement

Collapse
No announcement yet.

Concurso Ministério da Saúde 2017

Collapse
X
  • Filter
  • Hora
  • Mostrar
Limpar tudo
new posts
  • rsoaresjr
    • 28/04/16
    • 8

    Concurso Ministério da Saúde 2017

    Antes de tudo, não sei se é aqui o local para divulgação deste concurso, mas caso esteja no lugar errado peço desde de já desculpas e que também o coloquem no lugar correto.


    De acordo com a autorização do Ministério do Planejamento publicada no Diário Oficial da União da última quarta-feira, 21 de setembro, o Ministério da Saúde tem prazo de 6 meses para publicar o edital do concurso público, ou seja, até o dia 21 de março de 2017. Conforme o documento, serão ofertadas 102 vagas, sendo 34 vagas para o cargo de administrador, 34 para analista técnico de políticas sociais e 34 para contador por meio de contratação estatutária, que garante estabilidade. A lotação das vagas e outros detalhes ainda não foram divulgados. Os três cargos exigem nível superior completo. Os aprovados e nomeados farão jus à remuneração inicial no valor de R$4.973,02 para os cargos de administrador e contador e R$6.202,88 para analista. Já incluso o valor do auxílio-alimentação, de R$458.


    Segundo o Planejamento, a seleção foi autorizada em caráter excepcional, em função de acordo com a Justiça do Trabalho, motivado por ação civil pública (nº 0751- 2007-018-10-00-4), de autoria do Ministério Público do Trabalho, relacionada à recomposição de pessoal no Subsistema de Atenção à Saúde Indígena.



    Último concurso O último concurso realizado para o órgão foi em 2013. A seleção teve 18.959 inscritos, e o índice de faltosos foi de 32,44%. Foram cobradas 120 questões de Conhecimentos Básicos (50) e Específicos (70), além de uma redação. Na ocasião, o atual Cebraspe (Cespe/UnB) organizou o certame e para ser aprovado no exame discursivo o concorrente precisaria obter, no mínimo, quatro dos dez pontos possíveis. A oferta é de 265 vagas, nos cargos de administrador (224), analista técnico-administrativo (16), bibliotecário (3), contador (7), economista (9) e engenheiros civil (3) e eletricista (3). Todos os selecionados foram convocados no ano seguinte e garantiram atuação sob o regime estatutário, que dá direito a estabilidade. A carga de trabalho é de 40 horas semanais. Fonte: http://blog.grancursosonline.com.br/...-ate-r-62-mil/
  • rsoaresjr
    • 28/04/16
    • 8

    #2
    Agora a dúvida que não quer calar, para este cargo de Analista Técnico de Políticas Sociais, quais seriam os cursos para se poder prestar neste caso?

    Comentário


    Working...
    X