Announcement

Collapse
No announcement yet.

PERITO - ÁREA 1

Collapse
X
  • Filter
  • Hora
  • Mostrar
Limpar tudo
new posts
  • Entusiasta
    • 25/11/11
    • 255

    Re: PERITO - ÁREA 1

    Tudo decorre da BESTEIRA de destinar vagas a PNEs. Sempre fui CONTRA ess cotas ridículas. Ou a pessoa é capaz por ser inteligente ou por ser competente. Toda vez tem problemas com ess cota de PNEs.

    Concurso público é um processo meritocrático, n meritório ou assistencialista.

    Comentário

    • "O"Desconhecido
      • 28/06/12
      • 139

      Re: PERITO - ÁREA 1

      Segundo o dicionário houaiss, Perito é:
      adjetivo e substantivo masculino
      1 que ou aquele que se especializou em determinado ramo de atividade ou assunto
      Ex.: p. em radiologia, em egiptologia etc.
      2 que tem experiência ou habilidade em determinada atividade
      Ex.: era p. no manuseio de cartas
      3 Rubrica: termo jurídico.
      diz-se de ou técnico nomeado pelo juiz ou pelas partes para que opine sobre questões que lhe são submetidas em determinado processo

      No entanto, o edital do concurso manda o candidato a Perito estudar mais de 30 disciplinas que vão desde direito processual penal, passando por mercado de capitais, estatística e auditoria, até chegar em todo tipo de contabilidade. Além de dezenas de leis.
      E para fechar a primeira etapa temos:
      c) exame de aptidão física, de caráter unicamente eliminatório;
      d) exame médico, de caráter unicamente eliminatório;
      e) avaliação psicológica, de caráter unicamente eliminatório; e
      f) avaliação de títulos, de caráter unicamente classificatório.

      Depois de tudo isso, ainda fica faltando o Curso de Formação Profissional.

      E para fechar como chave de ouro, temos um judiciário que pode mudar as infindáveis regras do jogo a qualquer minuto.
      Boa Sorte aos que vão encarar essa loucura, pois vocês precisarão.

      Comentário

      • fanchiquim
        • 03/08/11
        • 769

        Re: PERITO - ÁREA 1

        deixa de conversa, homi...
        bora estudar... e fazer abdonimal...
        Last edited by fanchiquim; Tue, 10/07/12, 09:16 AM.

        Comentário

        • JOHN_MALI
          • 25/05/12
          • 41

          Re: PERITO - ÁREA 1

          Ê Brasil viu...aconteceu, a liminar foi deferida. A cada dia que passa, eu tenho mais desânimo de ser brasileiro...isso é um absurdo! talvez seja bastante conveniente para aqueles que estão no poder fazer com que uma instituição tão séria e temida por eles comece a sucumbir, assim como estão fazendo com as forças armadas.

          segue o link:
          http://www.stf.jus.br/portal/cms/ver...onteudo=211951

          Comentário

          • rodrigouaua
            • 02/11/11
            • 762

            Re: PERITO - ÁREA 1

            Não acho que foi absurdo, acredito que absurdo sim é não disponibilizar vagas para os deficientes...

            Comentário

            • JOHN_MALI
              • 25/05/12
              • 41

              Re: PERITO - ÁREA 1

              É lógico que concordo que devem existir cotas para PNE's, mas, para algumas atividades, a deficiência pode se tornar um grande problema tanto para o bom andamento do serviço público quanto para a própria pessoa portadora, podendo implicar grandes constrangimentos durante sua vida profissional. No caso da carreira policial, acho que somente seria compatível com a deficiência um cargo de natureza administrativa. Agora pergunto: e quanto aos testes físico e médico?? se um PNE não precisar fazê-los, estará havendo a tão buscada isonomia? pra falar a verdade, acho que esse concurso vai se tornar um verdadeiro fiasco, pois acredito que vai chover ações judiciais impetradas por aqueles que vierem a ser reprovados nas fases subsequentes às provas escritas.
              Att,
              Last edited by JOHN_MALI; Tue, 10/07/12, 10:08 PM.

              Comentário

              • Tiago Costa
                • 12/03/12
                • 54

                Re: PERITO - ÁREA 1

                Originally posted by rodrigouaua View Post
                Não acho que foi absurdo, acredito que absurdo sim é não disponibilizar vagas para os deficientes...
                Rs...Até que enfim apareceu alguém coerente, de bom senso.
                Afinal mesmo eu sendo paralítico, ou tendo algum dos meus cinco sentidos não funcionando perfeitamente consigo proteger a sociedade, impedir crimes, combater traficantes colombianos na cabeça do cachorro, em cáceres, Rondônia Chuí e por aí vai. Já pensou entrando em tiroteio na cadeira de rodas e precisar que meu colega me empurre de um lado para o outro !?
                As pessoas são tão preconceituosas, não é mesmo !? Até parece que eu estou concorrendo a cargo policial.


                Parabéns, gênio !

                Comentário

                • Simeão
                  • 11/12/06
                  • 30

                  Re: PERITO - ÁREA 1

                  Essa liminar será que não foi uma represália da PGR contra PF?

                  Originally posted by Tiago Costa View Post
                  Rs...Até que enfim apareceu alguém coerente, de bom senso.
                  Afinal mesmo eu sendo paralítico, ou tendo algum dos meus cinco sentidos não funcionando perfeitamente consigo proteger a sociedade, impedir crimes, combater traficantes colombianos na cabeça do cachorro, em cáceres, Rondônia Chuí e por aí vai. Já pensou entrando em tiroteio na cadeira de rodas e precisar que meu colega me empurre de um lado para o outro !?
                  As pessoas são tão preconceituosas, não é mesmo !? Até parece que eu estou concorrendo a cargo policial.


                  Parabéns, gênio !

                  Comentário

                  • Na luta_ARFB
                    • 27/05/12
                    • 9

                    Re: PERITO - ÁREA 1

                    Originally posted by Simeão View Post
                    Essa liminar será que não foi uma represália da PGR contra PF?
                    Não pode ser represália, pelo que li, a ação corre na justiça há alguns anos e chegou através de recurso especial ao STJ e, agora, através de RE ao STF. Ou seja, já estava em trâmite desde antes dos fatos ocorridos recentemente.

                    Comentário

                    • dan-vitoria
                      • 17/07/11
                      • 19

                      Re: PERITO - ÁREA 1

                      E ai quem continua estudando?vamos trocar informações!!!!

                      Comentário

                      • fanchiquim
                        • 03/08/11
                        • 769

                        Re: PERITO - ÁREA 1

                        Originally posted by dan-vitoria View Post
                        E ai quem continua estudando?vamos trocar informações!!!!
                        Eu!...

                        Comentário

                        • marcel22222
                          • 12/03/12
                          • 17

                          Re: PERITO - ÁREA 1

                          http://www.facebook.com/#!/Professor.Fenelon


                          Fenelon Portilho escreveu:

                          "ÚLTIMAS INFORMAÇÕES A RESPEITO DO CONCURSO DA POLÍCIA FEDERAL

                          Conforme prometi para meus alunos, tão logo eu tivesse alguma informação, informaria para todos.

                          O Diretor Geral do DPF, esteve na última semana, em Belo Horizonte, em solenidade de posse do novo Superintendente Regional do DPF em Minas Gerais, onde foi indagado a respeito do andamento do concurso.

                          O DG, informou que o concurso corre
                          o risco de ser suspenso, até que a Presidente da República publique um Decreto isentando o DPF da reserva de vagas para portadores de deficiências.

                          Que fique claro que tal reserva não existe na Polícia Militar, Guarda Nacional, etc., devido ao fato de que a carreira policial é atípica, exigindo 100% da capacidade dos candidatos que poderão enfrentar situações de alto risco onde terão que lutar com todas as forças para proteger a própria vida e a vida dos colegas em missões em locais inóspitos onde, muitas vezes, terão que transportar feridos por longas distâncias, principalmente em algumas fronteiras, desprovidas de infra estrutura viária, assistência médica, etc. Segundo o DG, ele se preocupa muito com a integridade física dos Servidores.

                          Além do mais, é impossível criar regras para medir qual deficiência comprometeria ou não a atividade policial, abrindo precedentes para um grande número de ações judiciais.

                          Hoje, já existem inúmeros portadores de deficiência no DPF, porém prestaram concurso para a Carreira Administrativa, carreira exclusiva para funções burocráticas internas, jamais participando de situações de alto risco e claro, com salário diferenciado. Portanto, se trata de outro concurso.

                          Resumindo, dependendo do desfecho judicial, é possível o cancelamento do evento atual.

                          Vamos aguardar o resultado da queda de braço entre o Supremo, AGU, Governo, Ministro da Justiça, DG, candidatos portadores e não portadores.
                          Nessa queda de braço, só alguém pode perder: A Sociedade.

                          Como palavra de consolo, digo a todos os candidatos: Continuem estudando porque um dia o concurso vai acontecer e será a sua chance de realizar seu sonho e trabalhar nessa maravilhosa e séria Instituição."






                          Fenelon Portilho Errata: "O concurso corre o risco de ser cancelado, porque suspenso já está. Aí haveria um novo concurso somente após publicação do decreto."
                          Last edited by marcel22222; Sun, 05/08/12, 10:02 PM.

                          Comentário

                          • MBowman
                            • 05/07/11
                            • 149

                            Re: PERITO - ÁREA 1

                            quem é formado em administraçao nao poderá sob hipotese alguma,fazer concurso para a área 1?

                            Comentário

                            • Druida
                              • 12/07/11
                              • 308

                              Re: PERITO - ÁREA 1

                              Originally posted by marcel22222 View Post
                              http://www.facebook.com/#!/Professor.Fenelon


                              Fenelon Portilho escreveu:

                              "ÚLTIMAS INFORMAÇÕES A RESPEITO DO CONCURSO DA POLÍCIA FEDERAL

                              Conforme prometi para meus alunos, tão logo eu tivesse alguma informação, informaria para todos.

                              O Diretor Geral do DPF, esteve na última semana, em Belo Horizonte, em solenidade de posse do novo Superintendente Regional do DPF em Minas Gerais, onde foi indagado a respeito do andamento do concurso.

                              O DG, informou que o concurso corre
                              o risco de ser suspenso, até que a Presidente da República publique um Decreto isentando o DPF da reserva de vagas para portadores de deficiências.

                              Que fique claro que tal reserva não existe na Polícia Militar, Guarda Nacional, etc., devido ao fato de que a carreira policial é atípica, exigindo 100% da capacidade dos candidatos que poderão enfrentar situações de alto risco onde terão que lutar com todas as forças para proteger a própria vida e a vida dos colegas em missões em locais inóspitos onde, muitas vezes, terão que transportar feridos por longas distâncias, principalmente em algumas fronteiras, desprovidas de infra estrutura viária, assistência médica, etc. Segundo o DG, ele se preocupa muito com a integridade física dos Servidores.

                              Além do mais, é impossível criar regras para medir qual deficiência comprometeria ou não a atividade policial, abrindo precedentes para um grande número de ações judiciais.

                              Hoje, já existem inúmeros portadores de deficiência no DPF, porém prestaram concurso para a Carreira Administrativa, carreira exclusiva para funções burocráticas internas, jamais participando de situações de alto risco e claro, com salário diferenciado. Portanto, se trata de outro concurso.

                              Resumindo, dependendo do desfecho judicial, é possível o cancelamento do evento atual.

                              Vamos aguardar o resultado da queda de braço entre o Supremo, AGU, Governo, Ministro da Justiça, DG, candidatos portadores e não portadores.
                              Nessa queda de braço, só alguém pode perder: A Sociedade.

                              Como palavra de consolo, digo a todos os candidatos: Continuem estudando porque um dia o concurso vai acontecer e será a sua chance de realizar seu sonho e trabalhar nessa maravilhosa e séria Instituição."






                              Fenelon Portilho Errata: "O concurso corre o risco de ser cancelado, porque suspenso já está. Aí haveria um novo concurso somente após publicação do decreto."
                              Engraçado, a Polícia Civil do DF, que seria a carreira que mais se aproxima da PF, reserva não 5%, mas 20% para PNEs para o cargo de Perito Policial.

                              Comentário

                              • SMILODON
                                • 02/05/11
                                • 34

                                Re: PERITO - ÁREA 1

                                Originally posted by MBowman View Post
                                quem é formado em administraçao nao poderá sob hipotese alguma,fazer concurso para a área 1?
                                Será que é difícil entender que a área 1 é exclusivo para Contador e Economista?? Faz um curso idiota e agora quer entrar na vaga dos outros?? Faz outra graduação mais útil e tenta ser perito. Não dá para imaginar perito da PF em administração... Vai periciar o quê?? Se os sócios administraram bem ou mal a empresa?? Kkkk é inimaginável a situação.

                                Colega, faz outro curso superior ou tente outro concurso.

                                abço
                                Last edited by SMILODON; Thu, 13/09/12, 02:30 PM.

                                Comentário

                                • fanchiquim
                                  • 03/08/11
                                  • 769

                                  Re: PERITO - ÁREA 1

                                  fazer a prova pode; mas não passa disso...

                                  Comentário

                                  • Tiago Costa
                                    • 12/03/12
                                    • 54

                                    Re: PERITO - ÁREA 1

                                    Originally posted by SMILODON View Post
                                    Será que é difícil entender que a área 1 é exclusivo para Contador e Economista?? Faz um curso idiota e agora quer entrar na vaga dos outros?? Faz outra graduação mais útil e tenta ser perito. Não dá para imaginar perito da PF em administração... Vai periciar o quê?? Se os sócios administraram bem ou mal a empresa?? Kkkk é inimaginável a situação.

                                    Colega, faz outro curso superior ou tente outro concurso.

                                    abço
                                    Você acha legal depreciar o colega e o curso que ele fez ?

                                    Sem comentários...

                                    Comentário

                                    • zeorsh
                                      • 22/10/12
                                      • 12

                                      Re: PERITO - ÁREA 1

                                      Originally posted by fiscal84 View Post
                                      PGR pede suspensão de concursos para a PF sem previsão de vagas para portadores de deficiência

                                      O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, ajuizou, no Supremo Tribunal Federal (STF), a Reclamação (RCL) 14145, em que pede a suspensão de concursos públicos para o provimento de vagas nos cargos de escrivão, perito criminal e delegado de Polícia Federal, cujos editais, de números 9/2012, 10/2012 e 11/2012, foram publicados no dia 11 de junho passado.

                                      http://www.stf.jus.br/portal/cms/ver...=211717&tip=UN


                                      Como cidadão eu acredito que “estes caras” (PGR e STF) estão extrapolando o propósito do regramento jurídico brasileiro (CF, Art.37, inciso VIII; Decreto 3.298/99 Art. 37 e 38; e a Lei 7.853/89). Não precisa ser um jurista daquele calibre para compreender que para algumas funções públicas aptidões plenas precisam ser demonstradas. Mas como são “aqueles caras” as maiores autoridades no assunto fica mais árdua a missão de defender este país.

                                      Falando como contribuinte, pois é direito meu cobrar a “eficiência na prestação de serviços públicos”, eu não gostaria de ver mal retribuído o meu investimento tributário quando eu precisar de um policial que não tem as aptidões plenas que a função exige.

                                      Falando como candidato, a revolta é ainda maior. Pois terei que, após aprovado no concurso de provas ou provas de títulos, demonstrar minhas aptidões físicas plenas conforme exigido pela carreira mediante:

                                      I – teste em barra fixa;
                                      II – teste de impulsão horizontal;
                                      III – teste de corrida de 12 (doze) minutos; e
                                      IV – teste de natação (50 metros).


                                      Aí fica difícil. Mas é isso mesmo, vamos continuar estudando, pois são pouquíssimas vagas e, já adianto, para aqueles que passarem recomendo se acostumarem com a ideia de ter que carregar alguém nas costas e esquecer que alguém te carregará. E se você pensa (PGR e a ministra do STF) que peritos especialistas em contabilidade e economia não precisarão de condições físicas para desempenhar suas funções, esqueceu que polícia é polícia, simples assim.

                                      E tem mais, sou contra a generalização por meio de cotas raciais também, quais estão em discussão para obrigatoriedade nos concursos federais. Perito é expert, é mérito puro, que entrem os melhores, independente de cor ou raça.

                                      P@!*)..... inclui onde dá, não fiquem inventando moda para se aparecer. Talvez seja mais fácil mesmo e interessante sacanear a PF ao invés de promover as verdadeiras inclusões que o país precisa.

                                      Cotas? Tudo bem. Mas considerem as várias ressalvas que cada profissão exige. Afinal, a função do serviço público não é precipuamente incluir, mas atender as necessidades da sociedade.
                                      Last edited by zeorsh; Sun, 28/10/12, 08:38 AM.

                                      Comentário

                                      • SMILODON
                                        • 02/05/11
                                        • 34

                                        Re: PERITO - ÁREA 1

                                        Amigo Zeorsh,

                                        Você falou tudo!! é isso aí... faca na caveira!!

                                        Abção

                                        Originally posted by zeorsh View Post
                                        Como cidadão eu acredito que “estes caras” (PGR e STF) estão extrapolando o propósito do regramento jurídico brasileiro (CF, Art.37, inciso VIII; Decreto 3.298/99 Art. 37 e 38; e a Lei 7.853/89). Não precisa ser um jurista daquele calibre para compreender que para algumas funções públicas aptidões plenas precisam ser demonstradas. Mas como são “aqueles caras” as maiores autoridades no assunto fica mais árdua a missão de defender este país.

                                        Falando como contribuinte, pois é direito meu cobrar a “eficiência na prestação de serviços públicos”, eu não gostaria de ver mal retribuído o meu investimento tributário quando eu precisar de um policial que não tem as aptidões plenas que a função exige.

                                        Falando como candidato, a revolta é ainda maior. Pois terei que, após aprovado no concurso de provas ou provas de títulos, demonstrar minhas aptidões físicas plenas conforme exigido pela carreira mediante:

                                        I – teste em barra fixa;
                                        II – teste de impulsão horizontal;
                                        III – teste de corrida de 12 (doze) minutos; e
                                        IV – teste de natação (50 metros).


                                        Aí fica difícil. Mas é isso mesmo, vamos continuar estudando, pois são pouquíssimas vagas e, já adianto, para aqueles que passarem recomendo se acostumarem com a ideia de ter que carregar alguém nas costas e esquecer que alguém te carregará. E se você pensa (PGR e a ministra do STF) que peritos especialistas em contabilidade e economia não precisarão de condições físicas para desempenhar suas funções, esqueceu que polícia é polícia, simples assim.

                                        E tem mais, sou contra a generalização por meio de cotas raciais também, quais estão em discussão para obrigatoriedade nos concursos federais. Perito é expert, é mérito puro, que entrem os melhores.

                                        P@!*)..... inclui onde dá, não fiquem inventando moda para se aparecer. Talvez seja mais fácil mesmo e interessante sacanear a PF ao invés de promover as verdadeiras inclusões que o país precisa.

                                        Cotas? Tudo bem. Mas considerem as várias ressalvas que cada profissão exige. Afinal, a função do serviço público não é precipuamente incluir, mas atender as necessidades da sociedade.

                                        Comentário

                                        • Druida
                                          • 12/07/11
                                          • 308

                                          Re: PERITO - ÁREA 1

                                          Originally posted by zeorsh View Post
                                          Como cidadão eu acredito que “estes caras” (PGR e STF) estão extrapolando o propósito do regramento jurídico brasileiro (CF, Art.37, inciso VIII; Decreto 3.298/99 Art. 37 e 38; e a Lei 7.853/89). Não precisa ser um jurista daquele calibre para compreender que para algumas funções públicas aptidões plenas precisam ser demonstradas. Mas como são “aqueles caras” as maiores autoridades no assunto fica mais árdua a missão de defender este país.

                                          Falando como contribuinte, pois é direito meu cobrar a “eficiência na prestação de serviços públicos”, eu não gostaria de ver mal retribuído o meu investimento tributário quando eu precisar de um policial que não tem as aptidões plenas que a função exige.

                                          Falando como candidato, a revolta é ainda maior. Pois terei que, após aprovado no concurso de provas ou provas de títulos, demonstrar minhas aptidões físicas plenas conforme exigido pela carreira mediante:

                                          I – teste em barra fixa;
                                          II – teste de impulsão horizontal;
                                          III – teste de corrida de 12 (doze) minutos; e
                                          IV – teste de natação (50 metros).


                                          Aí fica difícil. Mas é isso mesmo, vamos continuar estudando, pois são pouquíssimas vagas e, já adianto, para aqueles que passarem recomendo se acostumarem com a ideia de ter que carregar alguém nas costas e esquecer que alguém te carregará. E se você pensa (PGR e a ministra do STF) que peritos especialistas em contabilidade e economia não precisarão de condições físicas para desempenhar suas funções, esqueceu que polícia é polícia, simples assim.

                                          E tem mais, sou contra a generalização por meio de cotas raciais também, quais estão em discussão para obrigatoriedade nos concursos federais. Perito é expert, é mérito puro, que entrem os melhores.

                                          P@!*)..... inclui onde dá, não fiquem inventando moda para se aparecer. Talvez seja mais fácil mesmo e interessante sacanear a PF ao invés de promover as verdadeiras inclusões que o país precisa.

                                          Cotas? Tudo bem. Mas considerem as várias ressalvas que cada profissão exige. Afinal, a função do serviço público não é precipuamente incluir, mas atender as necessidades da sociedade.
                                          Não cuspa para cima, pois pode cair em sua testa! pode ser que um dia você necessite ser carregado por alguém com alguma deficiência! aliás, quem sabe você não será "agraciado" dessa forma, para sentir na pele, para, a partir daí, mudar seu conceito. Seria, no mínimo, divertido!

                                          Comentário

                                          • Tiago Costa
                                            • 12/03/12
                                            • 54

                                            Re: PERITO - ÁREA 1

                                            Acho que você não entendeu o que o colega quis dizer...

                                            Originally posted by Druida View Post
                                            Não cuspa para cima, pois pode cair em sua testa! pode ser que um dia você necessite ser carregado por alguém com alguma deficiência! aliás, quem sabe você não será "agraciado" dessa forma, para sentir na pele, para, a partir daí, mudar seu conceito. Seria, no mínimo, divertido!

                                            Comentário

                                            • zeorsh
                                              • 22/10/12
                                              • 12

                                              Re: PERITO - ÁREA 1

                                              Originally posted by Druida View Post
                                              Não cuspa para cima, pois pode cair em sua testa! pode ser que um dia você necessite ser carregado por alguém com alguma deficiência! aliás, quem sabe você não será "agraciado" dessa forma, para sentir na pele, para, a partir daí, mudar seu conceito. Seria, no mínimo, divertido!
                                              Na hipótese da “diversão” proposta pelo colega gostaria de utilizar uma estruturação lógica:

                                              Condição necessária para carregar alguém: aptidão física.
                                              Sem condições para carregar alguém: deficiência física incapacitante.
                                              Logo, não há como ser carregado por pessoa (infelizmente) incapaz.
                                              Se, por ventura, for capaz, não é deficiente*, não precisa da cota.

                                              (*) talvez tenha que provar sua capacidade via MS, se for o caso.

                                              Eu não vou mudar meu conceito, pois para realizar algumas tarefas precisamos muito mais do que força de vontade, precisamos de condições.


                                              Antes a graça milagrosa de me ver carregado por “incapaz” a infelicidade de presenciar um acidente ou morte causados pela interferência de indivíduo sem condições de estar na hora e local.

                                              Há lugar para todos, respeitando as condições de cada um.

                                              Comentário

                                              • Druida
                                                • 12/07/11
                                                • 308

                                                Re: PERITO - ÁREA 1

                                                Originally posted by zeorsh View Post
                                                Na hipótese da “diversão” proposta pelo colega gostaria de utilizar uma estruturação lógica:

                                                Condição necessária para carregar alguém: aptidão física.
                                                Sem condições para carregar alguém: deficiência física incapacitante.
                                                Logo, não há como ser carregado por pessoa (infelizmente) incapaz.
                                                Se, por ventura, for capaz, não é deficiente*, não precisa da cota.

                                                (*) talvez tenha que provar sua capacidade via MS, se for o caso.

                                                Eu não vou mudar meu conceito, pois para realizar algumas tarefas precisamos muito mais do que força de vontade, precisamos de condições.


                                                Antes a graça milagrosa de me ver carregado por “incapaz” a infelicidade de presenciar um acidente ou morte causados pela interferência de indivíduo sem condições de estar na hora e local.

                                                Há lugar para todos, respeitando as condições de cada um.
                                                Acho que você deve pesquisar melhor a respeito das deficiências que, atualmente, qualificam alguém como PNE para concorrer em concursos públicos.

                                                Por exemplo, você já ouviu falar na súmula 377 do STJ? É apenas um exemplo, em que um candidato se enquadra como PNE e, como você diz, é capaz de carregar alguém - considerando, é claro, que tenha a respectiva aptidão física, com exceção da baixa visão em um olho.

                                                Não quero mudar seu conceito, todavia, PNE não é somente quem só tem um braço ou somente uma perna.

                                                Enfim, esse seu conceito a respeito de PNE parece estar equivocado, mas trata-se de discussão infindável, como aquela referente a pessoas que não toleram negros, indígenas, nordestinos.

                                                Só creio que alguém que pretende o cargo de PPF deve ter uma visão mais ampla sobre esse assunto. Afina, nessa atividade a maior importância está na inteligência, antes mesmo da força bruta.

                                                Comentário

                                                • zeorsh
                                                  • 22/10/12
                                                  • 12

                                                  Re: PERITO - ÁREA 1

                                                  Originally posted by Druida View Post
                                                  Acho que você deve pesquisar melhor a respeito das deficiências que, atualmente, qualificam alguém como PNE para concorrer em concursos públicos.

                                                  Por exemplo, você já ouviu falar na súmula 377 do STJ? É apenas um exemplo, em que um candidato se enquadra como PNE e, como você diz, é capaz de carregar alguém - considerando, é claro, que tenha a respectiva aptidão física, com exceção da baixa visão em um olho.

                                                  Não quero mudar seu conceito, todavia, PNE não é somente quem só tem um braço ou somente uma perna.

                                                  Enfim, esse seu conceito a respeito de PNE parece estar equivocado, mas trata-se de discussão infindável, como aquela referente a pessoas que não toleram negros, indígenas, nordestinos.

                                                  Só creio que alguém que pretende o cargo de PPF deve ter uma visão mais ampla sobre esse assunto. Afina, nessa atividade a maior importância está na inteligência, antes mesmo da força bruta.

                                                  Ok, vamos afinar a inteligência.

                                                  01 - 12.07.2012 – concurso suspenso, motivo: não fazer reserva de vagas para pessoas portadoras de necessidades especiais.

                                                  02 - Considerando uma decisão passada (TRF-1), que não é mais cabível conforme o STF, eu expressei a minha opinião.

                                                  Minha opinião, qual tenho direito de ter, independente do colega se julgar capaz de mensurar minha inteligência, é a favor daquela interpretação inicial, já não mais cabível, do TRF1:

                                                  “as atribuições afetas aos cargos de delegado, escrivão, perito e agente de Polícia Federal não são compatíveis com nenhum tipo de deficiência física, pois todos os titulares desses cargos estarão sujeitos a atuar em campo, durante atividades de investigação, podendo ser expostos a situações de conflito armado, que demandam pleno domínio dos sentidos e das funções motoras e intelectuais”.

                                                  Ainda segundo o TRF-1, nos termos do artigo 301 do Código de Processo Penal (CPP), “os membros da carreira policial têm o dever legal de agir e prender quem quer que seja encontrado em flagrante delito, e para isso precisam desfrutar de boa condição física. Portanto, seria desnecessária a reserva de vagas para os cargos a serem preenchidos pelos mencionados concursos”.

                                                  03 – Independente das decisões sumuladas por estes colegiados de elevada competência jurídica, eu, como cidadão, posso expressar minhas decepções com relação às decisões. Isso não implica no resultado do colega julgar-se apto a me classificar como de horizontes limitados e intolerante.

                                                  04 – o que tenho dito até agora, e não compreendo a razão do colega não ter compreendido, visto que é tão inteligente para classificar a inteligências dos outros, é que há um lugar para todos, mas que as condições de cada um devem ser consideradas.

                                                  05 – Se um indivíduo tem a visão prejudicada, sim, poderá sem problemas carregar o companheiro (foi só um exemplo, talvez o mais grosseiro), mas poderá não ser capaz de encontrá-lo em uma situação de combate com elevado estresse e baixa luminosidade, coisa que o homem médio, apto e treinado faria, ou deveria fazer. (a propósito, você já fez algum treinamento com gás? com dois olhos já fica difícil, com apenas um poderemos ter problemas)

                                                  06 – Nós podemos trocar infindáveis posts argumentando esta questão e eu não vou mudar minha interpretação, mesmo que o colega me insulte desqualificando minha inteligência. Há vários exemplos de condições incapacitantes.
                                                  Como eu tentei explicar na proposição lógica, se um indivíduo é capaz, mas por alguma classificação arbitrária é considerado inapto ou deficiente, é caso de MS – Mandado de Segurança. Logo, não precisa de cotas. Provará ser apto.

                                                  07 – Um dia........, considerando que o perito criminal não venha a ser exposto àquelas condições policiais, mediante alterações nas atribuições do cargo, desqualificando-o como policial, não vejo problema algum em termos uma pessoa com uma deficiência física qualquer exercendo a função de perito criminal, desde que domine plenamente o conteúdo.

                                                  Comentário

                                                  • Druida
                                                    • 12/07/11
                                                    • 308

                                                    Re: PERITO - ÁREA 1

                                                    Originally posted by zeorsh View Post
                                                    Ok, vamos afinar a inteligência.

                                                    01 - 12.07.2012 – concurso suspenso, motivo: não fazer reserva de vagas para pessoas portadoras de necessidades especiais.

                                                    02 - Considerando uma decisão passada (TRF-1), que não é mais cabível conforme o STF, eu expressei a minha opinião.

                                                    Minha opinião, qual tenho direito de ter, independente do colega se julgar capaz de mensurar minha inteligência, é a favor daquela interpretação inicial, já não mais cabível, do TRF1:

                                                    “as atribuições afetas aos cargos de delegado, escrivão, perito e agente de Polícia Federal não são compatíveis com nenhum tipo de deficiência física, pois todos os titulares desses cargos estarão sujeitos a atuar em campo, durante atividades de investigação, podendo ser expostos a situações de conflito armado, que demandam pleno domínio dos sentidos e das funções motoras e intelectuais”.

                                                    Ainda segundo o TRF-1, nos termos do artigo 301 do Código de Processo Penal (CPP), “os membros da carreira policial têm o dever legal de agir e prender quem quer que seja encontrado em flagrante delito, e para isso precisam desfrutar de boa condição física. Portanto, seria desnecessária a reserva de vagas para os cargos a serem preenchidos pelos mencionados concursos”.

                                                    03 – Independente das decisões sumuladas por estes colegiados de elevada competência jurídica, eu, como cidadão, posso expressar minhas decepções com relação às decisões. Isso não implica no resultado do colega julgar-se apto a me classificar como de horizontes limitados e intolerante.

                                                    04 – o que tenho dito até agora, e não compreendo a razão do colega não ter compreendido, visto que é tão inteligente para classificar a inteligências dos outros, é que há um lugar para todos, mas que as condições de cada um devem ser consideradas.

                                                    05 – Se um indivíduo tem a visão prejudicada, sim, poderá sem problemas carregar o companheiro (foi só um exemplo, talvez o mais grosseiro), mas poderá não ser capaz de encontrá-lo em uma situação de combate com elevado estresse e baixa luminosidade, coisa que o homem médio, apto e treinado faria, ou deveria fazer. (a propósito, você já fez algum treinamento com gás? com dois olhos já fica difícil, com apenas um poderemos ter problemas)

                                                    06 – Nós podemos trocar infindáveis posts argumentando esta questão e eu não vou mudar minha interpretação, mesmo que o colega me insulte desqualificando minha inteligência. Há vários exemplos de condições incapacitantes.
                                                    Como eu tentei explicar na proposição lógica, se um indivíduo é capaz, mas por alguma classificação arbitrária é considerado inapto ou deficiente, é caso de MS – Mandado de Segurança. Logo, não precisa de cotas. Provará ser apto.

                                                    07 – Um dia........, considerando que o perito criminal não venha a ser exposto àquelas condições policiais, mediante alterações nas atribuições do cargo, desqualificando-o como policial, não vejo problema algum em termos uma pessoa com uma deficiência física qualquer exercendo a função de perito criminal, desde que domine plenamente o conteúdo.
                                                    Prezado,

                                                    acredito que exagerei em meu comentário inicial. Mas isso ocorreu porque, por acaso, estou sob o manto da citada súmula, mesmo sabendo que posso desempenhar as atribuições do cargo em questão.

                                                    Como você perguntou "a propósito, você já fez algum treinamento com gás?", respondo-lhe que sim, já fiz treinamento com gases lacrimogênios. Aliás, obtive ótimo desempenho nesse ponto, bem como nas demais atividades, inclusive nas provas de tiro. Esse treinamento a que me refiro, foi o curso de formação de Agente Penitenciário Federal, realizado na ANP.

                                                    Por conta disso, fiquei indignado com suas ponderações, porquanto candidatos como eu não podem concorrer na ampla concorrência, tampouco como PNE, já que não há reservas de vagas.

                                                    Mas se olharmos para o principal paradigma nesse aspecto, temos a Polícia Civil do DF, que reserva não 5%, mas 20% de suas vagas para perito aos PNEs! ora, seria interessante verificar o história daquela coorporação, a PCDF, e fazer uma análise dos prejuízos por ela suportados.

                                                    Enfim, você tem sua opinião e eu a minha, e a vida segue. E querendo ou não, teremos que acatar as decisões que virão no Judiciário, sejam elas boas para mim ou melhores para você.

                                                    Comentário

                                                    • zeorsh
                                                      • 22/10/12
                                                      • 12

                                                      Re: PERITO - ÁREA 1

                                                      Originally posted by Druida View Post
                                                      Prezado,

                                                      acredito que exagerei em meu comentário inicial. Mas isso ocorreu porque, por acaso, estou sob o manto da citada súmula, mesmo sabendo que posso desempenhar as atribuições do cargo em questão.

                                                      Como você perguntou "a propósito, você já fez algum treinamento com gás?", respondo-lhe que sim, já fiz treinamento com gases lacrimogênios. Aliás, obtive ótimo desempenho nesse ponto, bem como nas demais atividades, inclusive nas provas de tiro. Esse treinamento a que me refiro, foi o curso de formação de Agente Penitenciário Federal, realizado na ANP.

                                                      Por conta disso, fiquei indignado com suas ponderações, porquanto candidatos como eu não podem concorrer na ampla concorrência, tampouco como PNE, já que não há reservas de vagas.

                                                      Mas se olharmos para o principal paradigma nesse aspecto, temos a Polícia Civil do DF, que reserva não 5%, mas 20% de suas vagas para perito aos PNEs! ora, seria interessante verificar o história daquela coorporação, a PCDF, e fazer uma análise dos prejuízos por ela suportados.

                                                      Enfim, você tem sua opinião e eu a minha, e a vida segue. E querendo ou não, teremos que acatar as decisões que virão no Judiciário, sejam elas boas para mim ou melhores para você.

                                                      Prezado colega.

                                                      É verdade. Eu proporcionei um exemplo grosseiro, você se indignou e respondeu daquela maneira, julgando ser a mais justa diante de suas razões.

                                                      De fato eu tenho as minhas razões e você tem as suas e dificilmente mudaremos nossas posições.

                                                      Sabemos que continuar com este assunto não será produtivo para ambos e muito menos para aqueles que pertencem a este fórum.

                                                      Por fim, não espero que as decisões jurídicas a repeito do tema sejam melhores para você ou para mim. Espero que estejam adequadas aos interesses da sociedade.
                                                      Last edited by zeorsh; Sun, 28/10/12, 08:40 AM.

                                                      Comentário

                                                      • SMILODON
                                                        • 02/05/11
                                                        • 34

                                                        Re: PERITO - ÁREA 1

                                                        Originally posted by zeorsh View Post
                                                        Prezado colega.

                                                        É verdade. Eu proporcionei um exemplo grosseiro, você se indignou e respondeu daquela maneira, julgando ser a mais justa diante de suas razões.

                                                        De fato eu tenho as minhas razões e você tem as suas e dificilmente mudaremos nossas posições.

                                                        Sabemos que continuar com este assunto não será produtivo para ambos e muito menos para aqueles que pertencem a este fórum.

                                                        Por fim, não espero que as decisões jurídicas a repeito do tema sejam melhores para você ou para mim. Espero que estejam adequadas aos interesses da sociedade.
                                                        Colocando um fim, ou não, nessa discussão, penso o seguinte:

                                                        Os deficientes não poderiam ser excluídos do certame. O decreto que os classificam é em certo ponto sem lógica. O cara tem que ser perfeito, não pode ter uma unha encravada. Assim, penso que todos poderiam participar do concurso em condições de igualdade. A prova física seria o divisor, talvez alguém com uma deficiência mínima, que era impossibilitado pelo Decreto, mas poderá perfeitamente cumprir com todas as provas físicas. Acredito que alguém com um braço faça barra melhor q muitos aqui.

                                                        Todos devem estar em condição de concorrência e igualdade em todas fases do concurso. Se passar em todas as provas, merecerá a vaga.

                                                        Talvez essa é a briga dos deficientes, em ter o direito de pelo menos tentar.

                                                        Comentário

                                                        • derson
                                                          • 25/03/12
                                                          • 3

                                                          Re: PERITO - ÁREA 1

                                                          afinal, as inscrições vão ser reabertas qdo o concurso voltar?

                                                          Comentário

                                                          • natyMG
                                                            • 24/07/11
                                                            • 153

                                                            Re: PERITO - ÁREA 1

                                                            as inscrições serão reabertas? Haverá concurso para perito na área 1????

                                                            Comentário

                                                            • Pegaso
                                                              • 18/03/13
                                                              • 176

                                                              Re: PERITO - ÁREA 1

                                                              http://www.dpf.gov.br/agencia/notici...ncurso-publico

                                                              Comentário


                                                              Working...
                                                              X