Announcement

Collapse
No announcement yet.

DPU-2015

Collapse
X
  • Filter
  • Hora
  • Mostrar
Limpar tudo
new posts

  • juliaeleguida
    replied
    Oi mestre foi isto que eu entendi lendo o edital. E que só concorremos dentro do estado que solicitamos a vaga, não tem lista geral de classificação para o país. Quem tiver outro entendimento por favor dá um toque.

    Leave a comment:


  • Mestre55
    replied
    Oi galera estou com uma dúvida no seguinte deste edital:

    6.4.1 Antes de efetuar a inscrição, o candidato deverá conhecer o edital e certificar-se de que preenchidos todos os requisitos exigidos. No momento da inscrição, o candidato deverá optar pelo cargo e pela UF devaga, a qual determinará a sua cidade de realização das provas. As provas e a perícia médica serão realizadas na capital da UF de vaga pela qual o candidato optou no momento da inscrição.

    Isso quer dizer que, se eu moro no maranhão e me candidatar a uma vaga no DF tenho que realizar a prova no DF, não posso escolher realizá-la no maranhão? respondam por favor

    Leave a comment:


  • Ferconcursos
    replied
    Pessoal o Edital saiu!!!!!!!

    http://site.pciconcursos.com.br/arquivo/1314102.pdf

    Leave a comment:


  • Ateísta
    replied
    Pessoas, como aqui esta muito parado e estou meio sem tempo de postar as noticias da Folha, acompanhem o concurso por esse topico no forum do CorreioWeb.

    http://forum.concursos.correioweb.co...f=113&t=200137

    Leave a comment:


  • Ateísta
    replied
    Originally posted by Mari-Gyn View Post
    Pessoal, boa tarde!!!
    Alguma novidade sobre o edital que vcs saibam?
    Abraços!

    Nao sei se a FD esta enchendo linguiça novamente, ja que ela esta falando que o concurso sai em poucos dias desde fevereiro. Vamos ver ne, de qualquer forma, nao confiem muito no que ela diz!

    Leave a comment:


  • Ateísta
    replied





    Última Atualização - 12/03/2015 Confirmada divulgação do edital para este mês! R$3.191 para 2º grau



    A Defensoria Pública da União (DPU) reafirmou na última terça-feira, dia 10, a previsão de divulgação ainda este mês do edital do concurso para a área de apoio. Serão oferecidas pelo menos 60 vagas, sendo formado ainda cadastro de reserva, para utilização ao longo de até quatro anos. O concurso, de nível nacional, prevê aplicação de provas em todas as capitais e o Estado do Rio de Janeiro deverá ser contemplado com parte das vagas. Essa será uma grande oportunidade, especialmente para aqueles que possuem pelo menos o ensino médio completo, pois a maioria das chances destina-se a agente administrativo, segundo a própria defensoria. Além de exigir apenas esse grau de escolaridade, o cargo tem remuneração inicial de R$3.191,02.

    Exclusivamente para os graduados, a seleção será para analista (com a formação superior exigida podendo ser em qualquer área), arquivista, assistente social, bibliotecário, contador, economista, psicólogo, sociólogo, técnico em assuntos educacionais e técnico em Comunicação Social (Jornalismo, Relações Públicas e Publicidade e Propaganda), todos com ganhos iniciais de iniciais são de R$4.620,82. Em todos os casos, as contratações serão pelo regime estatutário, que prevê estabilidade e benefícios, como o auxílio-alimentação, de R$373, já incluído nas remunerações informadas. Os interessados devem se programar, uma vez que o prazo de inscrição deverá ser aberto logo após a publicação do edital, no site do organizador do concurso, o Cespe/UnB. A taxa será de R$70 para o nível médio e de R$100 para o superior, conforme o extrato de dispensa de licitação para contratar o organizador.

    Mais vagas – A expectativa é que o edital possa trazer mais do que as 60 vagas inicialmente previstas. Esse quantitativo corresponde a vagas oriundas do último concurso, de 2010. O montante pode ser ampliado com a liberação de recursos previstos no orçamento da União para 2015, cuja lei pode ser sancionada ainda este mês. São esperadas muitas contratações ao longo da validade do concurso (de dois anos, podendo dobrar), tendo em vista a grande necessidade de servidores. Apenas no Rio de Janeiro, são necessários 80 agentes, conforme o defensor-chefe da DPU no estado, Romeu César Fontes.

    Leave a comment:


  • Mari-Gyn
    replied
    Pessoal, boa tarde!!!
    Alguma novidade sobre o edital que vcs saibam?
    Abraços!

    Leave a comment:


  • Ateísta
    replied
    Se ele sair cedo, talvez as nomeaçoes sejam esse ano. De qualquer forma, nao deem muita bola pra F.D, pois ela esta anunciando que o concurso sai em poucos dias desde o inicio desse mes.

    Leave a comment:


  • Ateísta
    replied
    Última Atualização - 26/02/2015 Área de apoio: concurso está próximo. 2º e 3º graus



    Os interessados na estabilidade empregatícia federal devem intensificar os estudos para o concurso da Defensoria Pública da União (DPU), cujo edital deverá ser publicado nos próximos dias. Serão oferecidas, inicialmente, 60 vagas imediatas, a maioria no cargo de agente administrativo, função de nível médio e que proporciona ganhos iniciais de R$3.191,02, e para graduados em qualquer formação, com remuneração básica de R$4.620,82, ambos já inclusos os R$373 de auxílio-alimentação. No nível superior, os candidatos poderão concorrer ao cargo de analista técnico administrativo, mas haverá também oportunidades específicas para as especialidades de arquivista, assistente social, bibliotecário, contador, economista, psicólogo, sociólogo, técnico em assuntos educacionais e técnico em Comunicação Social (Jornalismo, Relações Públicas e Publicidade e Propaganda).

    A boa notícia é que esse quantitativo de vagas tende a aumentar com a proximidade da abertura da seleção, já que a informação é de que a oferta é oriunda ainda do concurso anterior, feito em 2010, não representando a atual carência do órgão. A maior prova disso é que a seleção da área de apoio da DPU, anunciada com exclusividade pela FOLHA DIRIGIDA em março do ano passado, previa apenas a formação de cadastro de reserva. Em 2010, foram oferecidas 311 vagas, mas a DPU efetuou 954 convocações.


    Além disso, com a aprovação do orçamento da União para 2015, é possível que o número de oportunidades cresça, tamanha a carência de pessoal nas 56 unidades da DPU distribuídas pelo país, incluindo as do Rio de Janeiro, Niterói, São João de Meriti e Volta Redonda. É esperada também a instalação de cerca de 200 novas subseções judiciárias, cerca de 25 por ano, ao longo dos próximos oito anos, com a meta de ampliação e interiorização dos serviços do órgão. A abertura das novas defensorias e o quantitativo de vagas dependem de autorização legal e da disponibilidade orçamentária, a ser votada no Congresso Nacional nos próximos dias.

    Preparativos - Segundo fontes ligadas ao órgão, o edital está praticamente pronto, com apenas algumas pendências relacionadas a questões burocráticas entre a DPU e o organizador do concurso, o Cespe/UnB. Apesar de não ter sido divulgado ainda o cronograma da seleção, sabe-se que as inscrições serão efetuadas no site do Cespe e, de acordo com o extrato de dispensa de licitação quando da definição do organizador, serão cobradas taxas de R$70 dos candidatos a agente administrativo e R$100 para os cargos de nível superior.

    O que estudar - Como a banca que irá elaborar as provas é a mesma do concurso anterior, o Cespe, boa escolha faz quem revisa e exercita as disciplinas que foram cobradas em 2010. De acordo com especialistas entrevistados, cujas dicas podem ser conferidas na FOLHA DIRIGIDA Online, leva grande vantagem quem se antecipa nos estudos à publicação do edital. Portanto, os futuros candidatos podem se basear no concurso anterior, que, na época, cobrou 80 questões, sendo 30 de conhecimentos básicos e 50 de específicos. Para agente, as disciplinas básicas foram Língua Portuguesa, Noções de Informática, Legislação relacionada à Defensoria Pública e Direitos Constitucional e Administrativo.


    Leave a comment:


  • MADAME NORRA
    replied
    Pelo jeito será: edital em março, provas em maio. E as nomeações???

    Leave a comment:


Working...
X