Announcement

Collapse
No announcement yet.

Defensoria Pública de Santa Catarina

Collapse
X
  • Filter
  • Hora
  • Mostrar
Limpar tudo
new posts
  • cac0612
    • 04/10/11
    • 5

    Defensoria Pública de Santa Catarina

    Pessoal, alguém ai interessado neste concurso? Tem noticias recentes sobre a previsão do edital?

    Obrigada!
  • cac0612
    • 04/10/11
    • 5

    #2
    Re: Defensoria Pública de Santa Catarina

    obs: só encontrei essa noticia...
    http://noticias.terra.com.br/brasil/...m+ate+ano.html

    e nunca mais li nada sobre..
    alguém ai de Santa Catarina pra dar uma luz?

    Comentário

    • Deralian
      • 29/05/12
      • 6

      #3
      Re: Defensoria Pública de Santa Catarina

      Também estou de olho nesse. Quando criarem essa necessária Defensoria Pública do Estado provavelmente irão abrir vagas aqui em Joinville.Por enquanto só expectativa.

      Comentário

      • JeffersonG
        • 06/12/11
        • 10

        #4
        Re: Defensoria Pública de Santa Catarina

        10 de outubro de 2012 11:54
        DPE/SC abrirá 150 vagas de nível médio e superior

        Do CorreioWeb

        Está em andamento a elaboração do primeiro concurso da Defensoria Pública de Santa Catarina. O decreto que permite a realização do certame foi assinado por Raimundo Colombo, governador do estado, e publicado no Diário Oficial catarinense. A previsão é de que o edital saia ainda nesta semana, oferecendo 150 vagas.

        Do total de chances, 60 são para defensores públicos e 90 para servidores (50 de nível superior e 40 de nível médio). Todos os concorrentes devem ser bacharéis em direito para concorrerem às cinco fases do concurso que conta com uma prova objetiva, duas práticas, uma oral e outra de títulos. Cinco por cento das vagas são voltadas para portadores de necessidades especiais.

        Disciplinas
        Aqueles que quiserem concorrer às vagas devem ter conhecimentos em direito administrativo, civil, constitucional, da criança e do adolescente, do consumidor, do trabalho, eleitoral, empresarial, penal, processual e tributário, além de direitos humanos, filosofia do direito, legislação do estado de Santa Catarina, princípios e atribuições institucionais da Defensoria Pública e sociologia jurídica.

        "http://www.dzai.com.br/papodeconcurseiro/blog/papodeconcurseiro?tv_pos_id=114150"

        Comentário

        • giresemppe
          • 15/04/10
          • 82

          #5
          Re: Defensoria Pública de Santa Catarina

          Ola estou entrando nessa área agora, um investimento de médio longo prazo. mas gostaria de saber quais são os cargos que não exigem a prática jurídica e também aqueles em que é possivel apresentar apenas a declaração de proibição legal de exercicio advocatício ja que meu cargo proibi tal exercicio?

          obrigado, abraço a todos.

          Comentário

          • vitoria_ohana
            • 18/10/12
            • 5

            #6
            Re: Defensoria Pública de Santa Catarina

            Possivelmente vagas para a área administrativa (nível médio) também serão abertas....entao para quem já esta estudando para a DP do RS....

            Comentário

            • jefersonld
              • 05/09/12
              • 7

              #7
              Re: Defensoria Pública de Santa Catarina

              17 mil inscritos e ainda não se encerrou o período de inscrições.
              Last edited by jefersonld; Tue, 22/01/13, 09:56 AM.

              Comentário

              • kakacatarina
                • 26/07/12
                • 44

                #8
                Re: Defensoria Pública de Santa Catarina

                Ola pessoal!
                Estou estudando Penal e queria saber de vocês, quais sao todos os topicos q vcs estão estudando naquela parte que diz assim no Edital: Código Penal: Parte Geral. Norma penal....Crime...Pena e medida de segurança...Extinção da punibilidade e reabilitação.
                Por exemplo, dentro desses tópicos estaria incluído o "erro de tipo"??? Tô na duvida do que exatamente está abrangido por esses tópicos...
                Obrigada. Abraços.

                Comentário

                • Angustiado
                  • 02/11/12
                  • 147

                  #9
                  Re: Defensoria Pública de Santa Catarina

                  Saiu hoje a homologação das inscrições.

                  São 14.615 candidatos para 40 vagas de nível médio.

                  Comentário

                  • Angustiado
                    • 02/11/12
                    • 147

                    #10
                    Re: Defensoria Pública de Santa Catarina

                    E 5.375 canditatos para as 50 vagas de Analista Técnico...
                    Last edited by Angustiado; Sat, 09/02/13, 12:55 PM. Reason: erro digitar

                    Comentário

                    • Jacqueline R
                      • 01/02/13
                      • 1

                      #11
                      Re: Defensoria Pública de Santa Catarina

                      Ola Pessoal....Só na expectativa para a prova de domingo...Floripa lá vamos nós!!! Alguém mais experiente no ramo de concursos pode dizer aproximadamente a média de acertos pra ficar entre os 50 analistas...ah e sem especialização.....
                      Valeu! Boa Sorte a todos!

                      Comentário

                      • Débora Ramos
                        • 13/02/13
                        • 4

                        #12
                        Re: Defensoria Pública de Santa Catarina

                        Boa sorte a todos!!Vamos com tudo!

                        Comentário

                        • Débora Ramos
                          • 13/02/13
                          • 4

                          #13
                          Re: Defensoria Pública de Santa Catarina

                          Alguém sabe se as provas serão aplicadas na UFSC também? A minha ficou para Palhoça na UNISUL.

                          Comentário

                          • Angustiado
                            • 02/11/12
                            • 147

                            #14
                            Re: Defensoria Pública de Santa Catarina

                            Muitos candidatos, muitos lugares de provas.

                            Para vaga de técnico adm. temos +- 384 concurseiros por vaga, é gente pra dedéu eheheh

                            Mas vamos pras contas: 35% de abstenção normal, 50% de candidatos que que se inscreveram para ver no que vai dar...e as faltas daqueles por conta do clima de guerra instaurado pela bandidagem...

                            Vamo que vamos!

                            Comentário

                            • Angustiado
                              • 02/11/12
                              • 147

                              #15
                              Re: Defensoria Pública de Santa Catarina

                              Que silêncio! Ninguém fez não a prova para Técnico Adm?

                              Eu fiz... e me ferrei legal...5,8 de nota

                              Informática e conhecimentos específicos deram azia.

                              Não fiquem vexados de informar nota baixa ou alta demais...porque a maioria que informa desempenho são aqueles que estão no meio, tira uma nota que o deixa no limite entre "passou" e "se ferrou" e ficam na agonia de saber a verdade. rsrsrs

                              Aquele que tira um notão, fica de boa e nem corre atrás de comparações e rankings, só espera o resultado, e aquele que tira nota "aijisus" (eu incluso) se finge de morto e some.

                              Mas é aquí que nos encontramos sempre e é aquí que aprendemos bastante com os bons e com os mau...ops, nem tão bons exemplos assim.

                              Vamos lá...como foi a prova para você?

                              Comentário

                              • kakacatarina
                                • 26/07/12
                                • 44

                                #16
                                Re: Defensoria Pública de Santa Catarina

                                Olá pessoal!

                                Informem suas notas de Técnico no seguinte ranking:
                                https://docs.google.com/spreadsheet/...y%201PSU1SQTBQ OEZ4eDhMcHc&usp=sharing#gid=0

                                O ranking de Analista é o seguinte:
                                https://docs.google.com/spreadsheet/...-yHqdGxmaU1QaE YwM19TR2FFTW5wbG0yaXc&usp=sharing

                                Comentário

                                • jefersonld
                                  • 05/09/12
                                  • 7

                                  #17
                                  Re: Defensoria Pública de Santa Catarina

                                  Pessoal questões que cabem recurso:

                                  Questão 38
                                  Há duas assertivas corretas, letras “B” e “E”. A questão deve ser anulada.
                                  A assertiva “B” afirma que “As convenções antenupciais começam a vigorar desde a data do casamento”. A afirmativa é correta.
                                  Com o casamento, opera-se a condição suspensiva própria da convenção firmada:
                                  “ [...]
                                  As convenções antenupciais constituem negócio jurídico condicional, pois sua eficácia fica condicionada à ocorrência de casamento. Com efeito, o casamento, no caso, opera como condição suspensiva, pois enquanto aquele não ocorrer, o pacto antenupcial não entra em vigor."
                                  Frisa-se que o registro em livro especial pelo Oficial de Registro de Imóveis, nos termos do art. 1.657 do Código Civil, aplica-se apenas em relação aos efeitos a terceiros, sendo os efeitos em relação ao cônjuge automáticos a partir da celebração do casamento.
                                  Requer-se, pois, a anulação da questão.

                                  Questão 49
                                  Todas as assertivas estão incorretas. A questão deve ser anulada.
                                  A afirmativa dada como certa, letra “E”, está flagrantemente incorreta. Ela aduz que “A pessoa jurídica tem por domicílio a sede ou a filial, para os atos nele praticados”.
                                  O primeiro equívoco constatado se dá em relação ao pronome utilizado. O pronome utilizado – “nele” – por estar no singular, remete ao leitor a ideia de que os atos foram praticados ou na sede ou na filial. Aliás, aqui há equívoco inclusive no gênero, pois tanto sede como filial são substantivos femininos.
                                  Assim, não há alternativa quando os atos são praticados apenas na sede ou na filial, pois o artigo 75, §1º do Código Civil claramente dispõe que, havendo diversos estabelecimentos, “cada um deles será considerado domicílio para os atos nele praticados”.
                                  Não há alternativa. Há vinculação de domicílio ao lugar onde o ato é praticado, respectivamente.
                                  O segundo erro é em relação à conceituação, pois o mesmo art. 75, §1º fala em “diversos estabelecimentos”. A afirmativa fala apenas em sede e filial.
                                  Havendo apenas sede e filial é possível que o domicílio seja fixado com base no inciso V do art. 75 do CC, ou seja, através de eleição de domicílio especial. Por isso, não é válido afirmar que a pessoa jurídica terá por domicílio a sede ou a filial. Aqui seria indispensável a presença da condição
                                  “não havendo eleição de domicílio especial”.
                                  Por ambas as razões, ou apenas acolhendo-se a uma delas, impõe-se a invalidação da assertiva, eis que incorreta.
                                  Requer-se, pois, pela inexistência de afirmativas corretas, a anulação da questão.

                                  Questão 40
                                  Há duas assertivas incorretas, letras “B” e “C”. A questão deve ser anulada.
                                  A assertiva “B” afirma que “A família natural é aquela cujo vínculo é biológico”.
                                  A família natural não é aquela formada pelo vínculo biológico, porque ela não é a única. A família extensa ou ampliada também se constitui por vínculo biológico:
                                  Parentes próximos com vínculo de afinidade e afetividade.
                                  A utilização do pronome aquela denota a clara ideia de exclusividade, o que resulta na incorreção da afirmação.
                                  Aliás, vale mencionar que família natural e família extensa ou ampliada, com base no artigo 25 do ECA, são institutos totalmente distintos: o primeiro é formado pelos pais e descendentes, e o segundo por (outros) parentes próximos, com vínculo de afinidade e afetividade.
                                  Requer-se, pois, a anulação da questão.

                                  Comentário

                                  • jefersonld
                                    • 05/09/12
                                    • 7

                                    #18
                                    Re: Defensoria Pública de Santa Catarina

                                    A questão 24 também possui erro:

                                    Todas as assertivas estão incorretas. A questão deve ser anulada.

                                    No menu “Gerenciar” do Windows 7 não possui a opção Serviços, conforme apresentado na imagem 1 o nome correto é “Serviços e Aplicativos”, apenas para salientar a amplitude do erro na elaboração da questão a opção “Serviços” remete a uma outra opção do Windows 7 conforme apresentado na imagem 2.

                                    Desta forma deve-se proceder com a anulação da questão visto que a assertiva “D” também está incorreta.

                                    Imagem 1

                                    Imagem 2

                                    Comentário

                                    • Angustiado
                                      • 02/11/12
                                      • 147

                                      #19
                                      Re: Defensoria Pública de Santa Catarina

                                      Resposta da banca para o pedido de anulação das questões 24, 38 e 40 = indeferido

                                      Agora só resta rezar...rsrsrs

                                      Comentário

                                      • Angustiado
                                        • 02/11/12
                                        • 147

                                        #20
                                        Re: Defensoria Pública de Santa Catarina

                                        Jornal A Noticia (http://www.clicrbs.com.br/anoticia/j...2&section=2000)

                                        "SC vai ganhar 45 defensores públicos
                                        Joinville deve receber cinco advogados depois de mutirão em abril

                                        O governador Raimundo Colombo autorizou, ontem, a nomeação de 45 defensores públicos em SC, admitidos por concurso. A Defensoria Pública está sendo criada no Estado (antes, contava com a Defensoria Dativa, por meio de convênio com OAB) por uma exigência do Supremo Tribunal Federal (STF) e tem o objetivo de garantir aos cidadãos de baixa renda o direito à defesa judicial gratuita.

                                        Em Joinville, o órgão ainda não está atendendo. Segundo o defensor público da União João Vicente Panitz, a Defensoria Pública da União (DPU), que atende apenas a casos da Justiça na esfera federal, vem recebendo, em média, dez visitas por dia de pessoas procurando assistência jurídica em casos que competem à Defensoria Pública estadual.

                                        Diante da situação, Panitz pretende recorrer ao Ministério Público de SC (MPSC) para exigir que a população seja atendida. “Muitas pessoas que não têm condições de contratar um advogado não sabem a quem recorrer e, em alguns casos urgentes, a pessoa, inclusive, pode vir a ser presa por não contar com essa assistência jurídica”, ressalta Panitz.

                                        A Defensoria Pública estadual anuncia que realizará um mutirão a partir do dia 9 de abril. “Estamos chamando 30 defensores públicos para uma força-tarefa, para atender a ações penais, e Joinville está entre os municípios que serão contemplados”, explica o corregedor-geral da Defensoria Pública, George Dias Zaccarão. Serão 20 dias de mutirão. “Depois, pretendemos designar cinco defensores para começar a atuar em Joinville”, antecipa. O serviço será prestado, em princípio, em um local provisório, que ainda não foi definido."

                                        Comentário


                                        Working...
                                        X