Announcement

Collapse
No announcement yet.

Analista Judiciário ou AFR???

Collapse
X
  • Filter
  • Hora
  • Mostrar
Limpar tudo
new posts
  • marcioverone
    • 23/01/15
    • 4

    Analista Judiciário ou AFR???

    Olá, alguem que é AFR poderia dar uma luz .
    Fui aprovado para Analista Judiciário, estou aguardando ser chamado. Porém quando vi os salários de AFR comecei a estudar para este concurso (estou estudando há 9 meses, 6 horas por dia).
    Mas agora foi aprovado aumento pala os Analistas Judiciários e no final da carreira(15 anos) o valor do salário será de R$ 18.700., sem contar os beneficios como: assistencia médica; vale alimentação, vale transporte, etc.
    Levando em conta somente a questão salarial, será que vale a pena trocar Analista Judiciário por AFR????Abaixo a tabela com a remuneração que o executivo aprovou:
  • ironpro
    • 03/07/13
    • 647

    #2
    O final de um AFR, desconsiderando o teto e a PR, é de aprox R$ 25.000 (com PR +ou- 28.000 pois tem limitação do teto, se não tivesse teto o salário passaria os 30.000). De qualquer modo, bem superior ao de um AJ.

    Se removerem o nível básico, que foi o que prometeram, o inicial sem PR vai pra 15.800 (hoje tá em 13.000) e com PR vai pra mais de 21.000. (hoje ta em 18.000) Por tanto, um AFR em início de carreira já ganha equivalente ao final de um AJ. Mas não deixe de levar em consideração que na SEFAZ ainda não existe nenhum benefício extra e o Governo faz o que quiser com a PR, inclusive a última esta atrasada há alguns meses. Em compensação AFR tem quinquênio, licença-prêmio e sexta-parte, coisa que os servidores federais não têm.

    Minha opinião é que AFR é um patamar acima de AJ, a carreira pode não estar em um bom momento, mas em um cenário de normalidade um AFR tende a ganhar bem mais que um AJ.

    Comentário

    • marcioverone
      • 23/01/15
      • 4

      #3
      ironpro, muito obrigado pela resposta!!!!
      Estava me baseando na remuneração de outro post deste forum, e quando ouvi falar que poderiam inclusive diminuir PR fiquei em dúvida se valeria a pena continuar estudando.Mas os valores que vc colocou em sua resposta estão bem acima do que eu tinha visto. Agora já deu um gás de novo!!!
      Valeu!!!!

      Comentário

      • pedroivo
        • 25/05/08
        • 214

        #4
        Sou analista judiciário... Não tem nem comparação a força das duas carreiras.
        O Judiciário é carreirão.. só na PLOA 2016, os tribunais querem criar 13 mil cargos.. some os 130 mil servidores atuais... Qualquer R$ 1 de aumento é um impacto enorme.
        A área fiscal tem um número menor de servidores e uma boa força de greve.. Se a área fiscal quiser valorização, ela consegue... Judiciário valorização só para os magistrados.
        Judiciário = Carreirão

        Comentário

        • FISCAL SP
          • 09/10/14
          • 54

          #5
          Quinquênio, licença-prêmio e sexta-parte... o Geraldão quer tirar tudo. Além disso, demora muito mais que 18 pro AFR atingir o topo da carreira. Mas, ainda sim, é um excelente cargo.

          Comentário

          • Loteria
            • 10/01/14
            • 473

            #6
            Putz...comparar fiscal icms sp com analista judiciário...ferrou!!!

            Na boa a carreira de fiscal icms sp não está tão mal assim. é muiiito superior ao analista judiciario

            Comentário

            • receitafederal
              • 19/08/11
              • 155

              #7
              I-Esse "aumento" do judiciário federal só vai ser implementado em julho de 2019 e absorve direitos adquiridos - em razão disso alguns servidores vão ter a remuneração reduzida em 2016( a própria lei prevê essa redução). Ou seja, esse aumento não vai cobrir nem a inflação e não corresponde de fato a 41%;

              II- servidores do judiciário não têm data base;

              III-Auditores têm mais poder de barganha, a greve surte mais efeito e etc; ao revés, o judiciário federal foi tratado nos orçamentos da UNIÃO de 2012 até hoje como carreirão do executivo, tipo INSS;

              Não tem comparação

              Comentário

              • ssalexandre
                • 21/10/09
                • 526

                #8
                Originally posted by receitafederal View Post
                I-Esse "aumento" do judiciário federal só vai ser implementado em julho de 2019 e absorve direitos adquiridos - em razão disso alguns servidores vão ter a remuneração reduzida em 2016( a própria lei prevê essa redução). Ou seja, esse aumento não vai cobrir nem a inflação e não corresponde de fato a 41%;

                II- servidores do judiciário não têm data base;

                III-Auditores têm mais poder de barganha, a greve surte mais efeito e etc; ao revés, o judiciário federal foi tratado nos orçamentos da UNIÃO de 2012 até hoje como carreirão do executivo, tipo INSS;

                Não tem comparação

                Eu sou Analista Judiciário e estou doidinho pra trocar de carreira pra a área fiscal. Mesmo com os aumentos ainda assim ficamos numa situação difícil. Se passar os aumentos pela derrubada do veto hoje (02/09) em Brasília, vamos demorar uns cem anos pra ter outro aumento.
                O Poder Judiciário é muito mal visto pela sociedade pois parece que são os servidores que emperram a Justiça. Na verdade não são os servidores, mas o próprio CPC, recursos e recursos mil, os MM e etc.
                Eu troco as carreiras pelo mesmo salário (brincadeira).
                Acredito que ao longo do tempo a carreira de AFR vai melhorar, com certeza.

                Comentário

                • receitafederal
                  • 19/08/11
                  • 155

                  #9
                  Originally posted by ssalexandre View Post



                  Acredito que ao longo do tempo a carreira de AFR vai melhorar, com certeza.
                  a curto e longo prazo AFR é a decisão mais acertada, tb to pedindo p sair rsrs

                  Comentário

                  • Fiscal ICMS/SP
                    • 19/08/15
                    • 3

                    #10
                    Gente, concordo vcs!!! Sou técnico judiciário, torcendo pela derrubada do vetohj em Brasília, mas com a certeza de que se for derrubado, seremos os mais esquecidos do planeta, por um bom tempo. Por isso, bora estudar pra carreira fiscal!!!! Marcioverone, continue estudando!!!! Só juiz tem vez no judiciário, servidor nem pensar!!! Fora o esquema de castas...rrssssss Abraço a todos!!!

                    Comentário

                    • Menina Veneno
                      • 25/03/14
                      • 6

                      #11
                      Só pelo simples fato de não trabalhar no judiciário a carreira de AFR vale muito mais. Judiciário= stress, nervoso, assédio moral por parte dos juízes e dos superiores,levar trabalho para casa entre outros absurdos que você só encontra nos Tribunais de injustiça .A única coisa boa de ser Analista Judiciário é a estabilidade, o plano de saúde e o recesso de final de ano. Uma boa parte do salário de Analista Judiciário serve para pagar psicologo e anti depressivos para aguentar a barra de trabalhar em um Tribunal de injustiça.

                      Comentário

                      • marcioverone
                        • 23/01/15
                        • 4

                        #12
                        Caramba, vcs carregaram minha bateria!!!!! Vou continuar estudando forte para Fiscal!!!
                        Como sempre trabalhei na iniciativa privada, não tenho noção de como é por dentro do funcionalismo publico, as respostas de vcs ajudaram muito!!
                        Valeu, obrigado a todos!!!!

                        Comentário

                        • ssalexandre
                          • 21/10/09
                          • 526

                          #13
                          Originally posted by Menina Veneno View Post
                          Só pelo simples fato de não trabalhar no judiciário a carreira de AFR vale muito mais. Judiciário= stress, nervoso, assédio moral por parte dos juízes e dos superiores,levar trabalho para casa entre outros absurdos que você só encontra nos Tribunais de injustiça .A única coisa boa de ser Analista Judiciário é a estabilidade, o plano de saúde e o recesso de final de ano. Uma boa parte do salário de Analista Judiciário serve para pagar psicologo e anti depressivos para aguentar a barra de trabalhar em um Tribunal de injustiça.

                          Faço minhas as suas palavras...

                          Comentário

                          • marcioverone
                            • 23/01/15
                            • 4

                            #14
                            ssalexandre e menina veneno, é tão ruim assim trabalhar no judiciário????

                            Comentário

                            • Menina Veneno
                              • 25/03/14
                              • 6

                              #15
                              99% dos lugares é assim, 1% é pura sorte ( isso para Analista Judiciário- área judiciária).

                              Comentário

                              • admbruno
                                • 31/05/12
                                • 88

                                #16
                                Não tenho dúvidas que a carreira fiscal é muito melhor!

                                Judiciário é só o magistrado quem manda e os outros abaixam a cabeça.

                                Judiciário é muito arcaico, normalmente o pessoal formado em direito (não são todos), mas o que eu tenho visto aqui, principalmente os MM, eles não tem visão administrativa nenhuma. É mto ruim!

                                Na maioria dos lugares é uma briga danada por causa de FC e os caras se vendem, literalmente, por causa disso.

                                ICMS SP é muito melhor!!!! Além do pessoal da carreira fiscal ser muito mais unido!

                                Comentário

                                • The Boss
                                  • 29/04/15
                                  • 498

                                  #17
                                  Originally posted by admbruno View Post
                                  Não tenho dúvidas que a carreira fiscal é muito melhor!

                                  Judiciário é só o magistrado quem manda e os outros abaixam a cabeça.

                                  Judiciário é muito arcaico, normalmente o pessoal formado em direito (não são todos), mas o que eu tenho visto aqui, principalmente os MM, eles não tem visão administrativa nenhuma. É mto ruim!

                                  Na maioria dos lugares é uma briga danada por causa de FC e os caras se vendem, literalmente, por causa disso.

                                  ICMS SP é muito melhor!!!! Além do pessoal da carreira fiscal ser muito mais unido!
                                  Colega,

                                  Assino em baixo pelos que os colegas falaram aqui do JUDICIÁRIO.

                                  Pura latada mesmo.

                                  ÁREA FISCAL É MIL VEZES MELHOR E TEM MAIS SEGURANÇA A LONGO PRAZO.

                                  Aqui está virando um carreirão.

                                  E DIGO MAIS: AQUI É MUITO INSEGURO - INSEGURANÇA JURÍDICA TOTAL. Exemplo: teve uma ação aqui que o pessoal ganhou, transitou em julgado etc (a famosa ação dos 13,23%). Foram concedidos aumentos a vários servidores. Detalhe: veio um decisão agora do TST e no Tribunal que trabalho vão cortar tudo de 800 servidores (de um total de 1000). Aqui é pura latada total (perdas que variam de R$500,00 a R$1.000,00 no salário dos servidores nessa crise). RESUMO: VAMOS TER QUE REBOLAR.

                                  Falow

                                  Comentário

                                  • Petrolino
                                    • 13/06/12
                                    • 143

                                    #18
                                    Boa tarde pessoal,

                                    Desculpe invadir este post, mas como o intuito é a comparação entre as carreiras, resolvi postar aqui. Eu sei que a decisão de que carreira escolher é muito mais pessoal do q qualquer outra coisa, mas o que vcs acham da minha análise: hoje sou servidor do ciclo de gestão e trabalho em Brasília, quero fazer ICMS-SP. Primeiro pq sou de Curitiba, e é muito mais fácil visitar meus pais e parentes de SP-CWB do que BSB-CWB. Segundo pq acredito q a longo prazo, a carreira de fiscal será mais valorizada, pq aqui ganhamos por subsídio, nem um centavo a mais do que na tabela. No ICMS-SP tem a PR, que apesar de não ser certa, dá um bom up salarial, fora as vantagens de Licença-prêmio, anuênio, incorporação da função, q no fim da carreira dá uma boa diferença. Será que é uma análise acertada?

                                    Comentário

                                    • Menina Veneno
                                      • 25/03/14
                                      • 6

                                      #19
                                      Originally posted by Petrolino View Post
                                      Boa tarde pessoal,

                                      Desculpe invadir este post, mas como o intuito é a comparação entre as carreiras, resolvi postar aqui. Eu sei que a decisão de que carreira escolher é muito mais pessoal do q qualquer outra coisa, mas o que vcs acham da minha análise: hoje sou servidor do ciclo de gestão e trabalho em Brasília, quero fazer ICMS-SP. Primeiro pq sou de Curitiba, e é muito mais fácil visitar meus pais e parentes de SP-CWB do que BSB-CWB. Segundo pq acredito q a longo prazo, a carreira de fiscal será mais valorizada, pq aqui ganhamos por subsídio, nem um centavo a mais do que na tabela. No ICMS-SP tem a PR, que apesar de não ser certa, dá um bom up salarial, fora as vantagens de Licença-prêmio, anuênio, incorporação da função, q no fim da carreira dá uma boa diferença. Será que é uma análise acertada?
                                      PR?? Vc tem acompanhado a crise na Sefaz SP? Tio Alckmin cortou a PR dos AFR, agora será paga 1 vez por ano, com um percentual obscuro e confuso difícil de entender, PR virou latada.E não acredito que vai melhorar a longo prazo, a tendência é sempre piorar, a galera que entrou em 2009 recebe cerca de 60 mil a menos do que a galera que entrou em 2006, na Sefaz SP as coisas sempre mudam para pior ( quando se trata de salário). Se a sua intenção é vir para SP pela proximidade com Curitiba, acho válido, mas em termos de salário a situação não melhora. Continua sendo um bom concurso, tanto que meu foco é esse, mas não tenha expectativa de aumento, se o fator monetário é o principal, sugiro outros fiscos. Licença prêmio pode ser que um dia seja retirada, aqui em São Paulo, PSDB comanda o Estado a cerca de 20 anos e tem a política do Estado mínimo. Devemos contar apenas com o salário que é certo e garantido, o resto é perfumaria.

                                      Comentário

                                      • fiscal_icms_sp
                                        • 16/08/12
                                        • 150

                                        #20
                                        Originally posted by Menina Veneno View Post

                                        PR?? Vc tem acompanhado a crise na Sefaz SP? Tio Alckmin cortou a PR dos AFR, agora será paga 1 vez por ano, com um percentual obscuro e confuso difícil de entender, PR virou latada.E não acredito que vai melhorar a longo prazo, a tendência é sempre piorar, a galera que entrou em 2009 recebe cerca de 60 mil a menos do que a galera que entrou em 2006, na Sefaz SP as coisas sempre mudam para pior ( quando se trata de salário). Se a sua intenção é vir para SP pela proximidade com Curitiba, acho válido, mas em termos de salário a situação não melhora. Continua sendo um bom concurso, tanto que meu foco é esse, mas não tenha expectativa de aumento, se o fator monetário é o principal, sugiro outros fiscos. Licença prêmio pode ser que um dia seja retirada, aqui em São Paulo, PSDB comanda o Estado a cerca de 20 anos e tem a política do Estado mínimo. Devemos contar apenas com o salário que é certo e garantido, o resto é perfumaria.

                                        Sou AFR e foi oficializado que a PR do primeiro e segundo trimestre será de 90% (valor máximo para os 3 primeiros trimestre do ano).

                                        Com a mudança do cálculo da meta, provavelmente será muito fácil a PR do último trimestre vir acima de 100%.

                                        ​Também ganharemos Vale Refeição de 15 reais por dia trabalhado a partir de Janeiro de 2016.

                                        Comentário

                                        • EDSOFC
                                          • 13/04/15
                                          • 30

                                          #21
                                          Originally posted by fiscal_icms_sp View Post


                                          Sou AFR e foi oficializado que a PR do primeiro e segundo trimestre será de 90% (valor máximo para os 3 primeiros trimestre do ano).

                                          Com a mudança do cálculo da meta, provavelmente será muito fácil a PR do último trimestre vir acima de 100%.

                                          ​Também ganharemos Vale Refeição de 15 reais por dia trabalhado a partir de Janeiro de 2016.
                                          fiscal_icms_sp, existe alguma gratificação no salário para quem tenha pós-graduação?

                                          Comentário

                                          • Loteria
                                            • 10/01/14
                                            • 473

                                            #22
                                            Originally posted by EDSOFC View Post

                                            fiscal_icms_sp, existe alguma gratificação no salário para quem tenha pós-graduação?


                                            Não existe. Já havia feito essa pergunta tb

                                            abç

                                            Comentário

                                            • Loteria
                                              • 10/01/14
                                              • 473

                                              #23
                                              Originally posted by fiscal_icms_sp View Post


                                              Sou AFR e foi oficializado que a PR do primeiro e segundo trimestre será de 90% (valor máximo para os 3 primeiros trimestre do ano).

                                              Com a mudança do cálculo da meta, provavelmente será muito fácil a PR do último trimestre vir acima de 100%.

                                              ​Também ganharemos Vale Refeição de 15 reais por dia trabalhado a partir de Janeiro de 2016.

                                              Que excelente notícia. Já tem data pra ser paga???

                                              Pessoal, pelo amor de Deus...lutem pelos seus direitos. Vcs não tem ideia da força que tem quando agem como uma classe unida.

                                              Bora estudar

                                              Comentário

                                              • boneca-emilia
                                                • 14/08/15
                                                • 18

                                                #24
                                                Originally posted by EDSOFC View Post

                                                fiscal_icms_sp, existe alguma gratificação no salário para quem tenha pós-graduação?
                                                Isso non ecziste !!!

                                                Comentário

                                                • ssalexandre
                                                  • 21/10/09
                                                  • 526

                                                  #25
                                                  Preciso sair urgente desse judiciário, pelo amor de Deus!!!!!

                                                  Comentário

                                                  • boneca-emilia
                                                    • 14/08/15
                                                    • 18

                                                    #26
                                                    kkkkkkkkkkk

                                                    Comentário

                                                    • inteligivel
                                                      • 25/11/06
                                                      • 465

                                                      #27
                                                      Trabalhei no MPF como técnico, hoje sou AFR. Tenho vários amigos no Judiciário e MP.

                                                      Não me arrependo de ter escolhido a Sefaz-SP por alguns motivos:
                                                      1) lotação (apesar de não ser natural de São Paulo, gostaria de morar no interior pela boa relação custo beneficio, buscando uma melhor qualidade de vida sem estar em um grande centro);
                                                      2) ser atividade fim (salvo alguns setores no MP e Judiciário, ser um mero servo de alguém não condiz com o meu perfil - como também não sou da área jurídica, meu trabalho sempre foi menosprezado. Na Fazenda, pelo contrário, apesar de estar em um setor onde o trabalho não é lá muito complexo, tenho bem mais liberdade para trabalhar);
                                                      3) salário, mesmo sem PR é melhor que no Judiciário (hoje eu desconsidero a PR para todos efeitos);

                                                      Se eu já fosse analista no Judiciário ou MP e estivesse em uma boa lotação e em um bom setor, possivelmente não estudaria para Fiscal. Mas como técnico sem formação jurídica, acho que foi uma escolha acertada e não me arrependo de ter seguido esse caminho.

                                                      Bons estudos e boa escolha!

                                                      Comentário

                                                      • sassaki04d
                                                        • 06/02/12
                                                        • 774

                                                        #28
                                                        Originally posted by inteligivel View Post
                                                        Trabalhei no MPF como técnico, hoje sou AFR. Tenho vários amigos no Judiciário e MP.

                                                        Não me arrependo de ter escolhido a Sefaz-SP por alguns motivos:
                                                        1) lotação (apesar de não ser natural de São Paulo, gostaria de morar no interior pela boa relação custo beneficio, buscando uma melhor qualidade de vida sem estar em um grande centro);
                                                        2) ser atividade fim (salvo alguns setores no MP e Judiciário, ser um mero servo de alguém não condiz com o meu perfil - como também não sou da área jurídica, meu trabalho sempre foi menosprezado. Na Fazenda, pelo contrário, apesar de estar em um setor onde o trabalho não é lá muito complexo, tenho bem mais liberdade para trabalhar);
                                                        3) salário, mesmo sem PR é melhor que no Judiciário (hoje eu desconsidero a PR para todos efeitos);

                                                        Se eu já fosse analista no Judiciário ou MP e estivesse em uma boa lotação e em um bom setor, possivelmente não estudaria para Fiscal. Mas como técnico sem formação jurídica, acho que foi uma escolha acertada e não me arrependo de ter seguido esse caminho.

                                                        Bons estudos e boa escolha!
                                                        Minha situação é praticamente igual ao do inteligível (mesmo cargo, mesmas premissas, mesmas opções de vida)

                                                        A única coisa que adicionaria é que no MPU (e no judiciário também costuma ser assim) a infraestrutura era infinitamente maior (melhores cadeiras, prédios, materiais, sistemas), a moralidade era mais comum e, na média, os servidores eram muito mais profissionais do que aqui na Fazenda.

                                                        Na SEFAZ-SP a impressão que dá é que você não está em uma organização grande e de importância estratégica, mas em uma empresa de fundo de quintal, que toma as decisões de qualquer jeito e que preza pela a hierarquia feudal.

                                                        Mas como disse o inteligível, os fatores 1,2,3 são realmente muito relevantes e me fizeram vir pra cá, mesmo com esses contratempos. Vai de cada um.

                                                        Comentário

                                                        • ssalexandre
                                                          • 21/10/09
                                                          • 526

                                                          #29
                                                          Originally posted by inteligivel View Post
                                                          Trabalhei no MPF como técnico, hoje sou AFR. Tenho vários amigos no Judiciário e MP.

                                                          Não me arrependo de ter escolhido a Sefaz-SP por alguns motivos:
                                                          1) lotação (apesar de não ser natural de São Paulo, gostaria de morar no interior pela boa relação custo beneficio, buscando uma melhor qualidade de vida sem estar em um grande centro);
                                                          2) ser atividade fim (salvo alguns setores no MP e Judiciário, ser um mero servo de alguém não condiz com o meu perfil - como também não sou da área jurídica, meu trabalho sempre foi menosprezado. Na Fazenda, pelo contrário, apesar de estar em um setor onde o trabalho não é lá muito complexo, tenho bem mais liberdade para trabalhar);
                                                          3) salário, mesmo sem PR é melhor que no Judiciário (hoje eu desconsidero a PR para todos efeitos);

                                                          Se eu já fosse analista no Judiciário ou MP e estivesse em uma boa lotação e em um bom setor, possivelmente não estudaria para Fiscal. Mas como técnico sem formação jurídica, acho que foi uma escolha acertada e não me arrependo de ter seguido esse caminho.

                                                          Bons estudos e boa escolha!

                                                          Eu sou Analista e a Justiça Federal não está lá essas coisas. Entre JF e Sefaz-SP, troco sem pensar, pelo mesmo salário. Como sou Contador, aqui eu sou alienígena, visto como um ser de outra dimensão... Fora isso, a lei do aumento está vetado e tá difícil derrubar o veto. Mas se Deus quiser vai dar certo.
                                                          Mesmo assim, a Sefaz sempre foi meu sonho de consumo. Tenho alguns amigos AFR que me dizem pra eu ficar onde estou pois num tá fácil pra ninguém. Eu discordo, pois se for pra trocar seis por meia dúzia eu troco com alegria no coração.

                                                          Comentário

                                                          • hugo_quinto
                                                            • 19/01/13
                                                            • 179

                                                            #30
                                                            Não sou AFR, mas sou AFTM em SP e também trabalhei em tribunal federal. Sinceramente não tem comparação e a questão não é só remuneratória!! Só de não ter um cara que precisa de um tapete vermelho quando entra na repartição já ajuda demais no ambiente de trabalho...

                                                            Resumindo: os auditores são muito mais valorizados e têm um ambiente de trabalho mais horizontalizado do que o tribunal, o que ajuda muito. Além disso, têm estrutura remuneratória mais bem privilegiada.

                                                            Saudade ZERO do tribunal! Para mim foi mega insalubre... Fui pago para carregar processo e numerar páginas! Juro que entrei e saí sem saber quase nada de direito do trabalho!

                                                            Um bom exemplo de como funcionava o tribunal foi nessa conversa com um diretor:

                                                            Eu: há bolsas de pós graduação aqui no tribunal?
                                                            Ele: claro que sim..... para MAGISTRADOS!!!!! (e caiu na risada!!)


                                                            Estuuuda rapaziada!!! Não vão se arrepender!


                                                            Abraços!

                                                            Comentário


                                                            Working...
                                                            X