Announcement

Collapse
No announcement yet.

Curso de graduaÇÃo tecnologica vale?

Collapse
X
  • Filter
  • Hora
  • Mostrar
Limpar tudo
new posts
  • camorim
    • 15/08/09
    • 81

    Curso de graduaÇÃo tecnologica vale?

    Alguem acha que dá para prestar sendo tecnologo?
  • JuFarhat
    • 17/04/12
    • 77

    #2
    Re: Curso de graduaÇÃo tecnologica vale?

    Veja se seu curso atende aos requisitos do edital:
    Item 3.1, alínea i:
    "curso de nível superior com currículo igual ou superior a 04 (quatro) anos, ou curso superior que possa ser integralizado no tempo médio de 04 (quatro) anos, ou ainda curso superior que tenha, no seu currículo mínimo, tempo útil obrigatório de 2100 (duas mil e cem) horas-aula"

    Comentário

    • Rosa Calucci
      • 23/09/08
      • 863

      #3
      Re: Curso de graduaÇÃo tecnologica vale?

      O meu é dos tecnológicos antigos e tem muito mais de 2100 horas. Olha no seu diploma. Eu sei que os novos cursos a maioria não têm.

      Comentário

      • camorim
        • 15/08/09
        • 81

        #4
        Re: Curso de graduaÇÃo tecnologica vale?

        Alguem sabe se judicialmente ha a possibilidade de tomar posse com um curso de menos de 2100 horas?

        Comentário

        • PaRaDoXo
          • 13/06/13
          • 59

          #5
          Re: Curso de graduaÇÃo tecnologica vale?

          Originally posted by camorim View Post
          Alguem sabe se judicialmente ha a possibilidade de tomar posse com um curso de menos de 2100 horas?
          Item 3.1, alínea i:
          "curso de nível superior com currículo igual ou superior a 04 (quatro) anos, ou curso superior que possa ser integralizado no tempo médio de 04 (quatro) anos, ou ainda curso superior que tenha, no seu currículo mínimo, tempo útil obrigatório de 2100 (duas mil e cem) horas-aula"


          Os requisitos são todos alternativos e não mutuamente exclusivos. Tem que preencher um deles e todo mundo foca nas 2100 horas.
          Eu já vi decisão no MS contra requisito de edital exigido em lei em relação aos 4 anos. Se eu não estivesse com pouquíssimo tempo, até pesquisava para ti.
          Faz o concurso e passa; depois se preocupa com ação. Cada segundo agora é importante. Manda ver nos estudos e boa sorte!

          Comentário

          • ETL-concurso
            • 18/05/11
            • 2

            #6
            Re: Curso de graduaÇÃo tecnologica vale?

            Também tenho esta dúvida!!!

            Acontece que no item 3.1 fala "..., no seu currículo mínimo, tempo útil obrigatório de 2100 horas"

            Meu curso é de tecnólogo e consta 2270 horas de carga horária "total".

            Neste caso, há alguma diferença entre tempo útil obrigatório e carga horária total?

            Tentei pesquisar alguma coisa, mas não achei nada concreto. Nestas pesquisas, li que matérias eletivas, estágio supervisionado, etc não fazem parte da carga útil obrigatória, mas como disse, não consegui confirmar estas informações.

            Se alguém puder ajudar, obrigado!

            ps: E como o PaRaDoXo disse: primeiro temos que passar! Mas o problema todo é estudar com uma incerteza te martelando na cabeça.

            Valeu

            Comentário

            • Maanaim
              • 10/12/11
              • 28

              #7
              Re: Curso de graduaÇÃo tecnologica vale?

              Existe auditor-fiscal com curso tecnológico (Petróleo e Gás).
              Não sei quantas horas são, mas um curso superior com menos do que isso é, no mínimo, de qualidade duvidosa!

              Comentário

              • camorim
                • 15/08/09
                • 81

                #8
                Re: Curso de graduaÇÃo tecnologica vale?

                Alguem já fez alguma consulta na SEFAZ sobre a aceitação de diplomas com carga horaria menor que 2100 horas?

                Comentário

                • rfkrfk
                  • 11/10/15
                  • 11

                  #9
                  Não há fundamento nesses requisitos de escolaridade exigidos, eles não pediram área específica, não pediram bacharelado,licenciatura ou curso tecnológico. Então só porque você ficou um tempo a mais na universidade,você terá preferência ? Só por isso vc será mais capacitado ? Um bacharel em educação física que estudou 4 anos é mais capacitado que um tecnólogo em Gestão Pública que estudou 2 ?

                  Comentário

                  • seo jorge
                    • 26/03/09
                    • 978

                    #10
                    consulta sobre aceitar diploma com menos de 2100 h ? E precisa ? o p. 2º art 13 da LC 69 é cristalino. De lá vc pode extrair a conclusão de que determinado curso pode ter menos de 4 anos, mas se tiver, no mínimo, 2100h será aceito. ponto.

                    Comentário

                    • Blaschikoff
                      • 02/06/15
                      • 2

                      #11
                      Se uma pessoa tiver um tecnólogo com menos de 2100 horas, porém tiver uma pós em tributário por exemplo, será que consegue ser aceito, caso passe?

                      Comentário

                      • rfkrfk
                        • 11/10/15
                        • 11

                        #12
                        Olha, enviei a seguinte msg no email deles :
                        Boa tarde,


                        Gostaria que alguém por gentileza me esclarecesse uma dúvida, relacionado a escolaridade exigida para o cargo de e Auditor Fiscal da Receita Estadual, onde constava da seguinte forma no último edital:



                        i) ter concluído, em data anterior à publicação do edital de abertura do concurso público no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro, curso de nível superior com currículo igual ou superior a 04 (quatro) anos, ou curso superior que possa ser integralizado no tempo médio de 04 (quatro) anos, ou ainda curso superior que tenha, no seu currículo mínimo, tempo útil obrigatório de 2100 (duas mil e cem) horas-aula;



                        Se no edital não há exigência por bacharelado, licenciatura ou curso tecnólogo, e também não apresenta como requisito especialidade em alguma área. Então...



                        Qual o motivo para se exigir 2100 horas-aula ? Por exemplo, por que um bacharel em educação física, que tenha concluído seu curso em 4 anos com 3200 horas-aula no diploma, poderia tomar posse no cargo de AFRE em detrimento de um tecnólogo em Gestão Pública que tenha 1800 horas-aula em seu currículo... só por que ele ficou mais tempo na universidade ?



                        Poderiam me esclarecer a definição desta expressão "...ou curso superior que possa ser integralizado no tempo médio de 04 (quatro) anos". Um curso superior em tecnologia, de duração de 2 anos, que possa ser integralizado em 4 anos, atenderia a esse requisito ?


                        A RESPOSTA :




                        Em resposta a dúvida enviada dia 20 de outubro para esta Ouvidoria, referente ao protocolo interno nº 211577, sobre os critérios de seleção para o cargo de Auditor Fiscal, nos cabe esclarecer que a exigência questionada encontra respaldo na Lei Complementar 69/90 que dispõe sobre a carreira de Fiscal de Renda da Secretaria de Estado de Fazendo do Estado do Rio de Janeiro. Destaco o art. 13 que estabelece:

                        Art. 13 - São requisitos para a inscrição no concurso:

                        I - Ser brasileiro;
                        II - Não possuir menos de 18 (dezoito) anos, na data de publicação no Diário Oficial do Estado do edital de abertura do concurso;
                        III - Ter concluído o 3º (terceiro) grau, com currículo igual ou superior a 4 (quatro) anos, em data anterior à publicação do edital de abertura do concurso no Diário Oficial do Estado;
                        IV - Estar em dia com as obrigações eleitoral e militar;
                        V - Não registrar antecedentes criminais;
                        VI - Comprovar o pagamento do valor da inscrição;
                        VII - Firmar declaração de aceitação do estágio confirmatório, das decisões do Conselho Superior de Fiscalização Tributária, e das demais regras previstas nesta Lei Complementar.
                        § 1º - A comprovação dos requisitos mencionados nos incisos III, IV e V deverá ser feita após a homologação do resultado do concurso e antes da nomeação.
                        § 2º - Ficam equiparados, para os efeitos do inciso III deste artigo, os cursos de 3º grau que possam ser integralizados no tempo médio de 4 (quatro) anos, ou aqueles que tenham, no seu currículo mínimo, o tempo útil obrigatório de 2100 (duas mil e cem) horas-aula.

                        A exigência editalícia tem fundamento na própria Lei que regulamenta a Carreira de Fiscal de Renda, a qual exige ter concluído o 3º (terceiro) grau, com currículo igual ou superior a 4 (quatro) anos, em data anterior à publicação do edital de abertura do concurso no Diário Oficial do Estado com equiparação aos cursos de 3º grau com carga horária de 2100 horas-aula para o cargo em questão e curso superior conforme seus incisos.

                        Segundo a Lei de Diretrizes e Bases – LBD nº 9394/96 no artigo 39, parágrafo segundo, incisos I, II e III, fica estabelecido que cursos na área tecnológica se equiparam aos cursos de grau superior:

                        "§ 2o A educação profissional e tecnológica abrangerá os seguintes cursos: (Incluído pela Lei nº 11.741, de 2008)

                        I – de formação inicial e continuada ou qualificação profissional; (Incluído pela Lei nº 11.741, de 2008)

                        II – de educação profissional técnica de nível médio; (Incluído pela Lei nº 11.741, de 2008)

                        III – de educação profissional tecnológica de graduação e pós-graduação. (Incluído pela Lei nº 11.741, de 2008)

                        Os cursos Superiores de Tecnologia poderão ser aceitos, desde que cumpram a carga horária mínima (2.100 horas), não podendo ser contabilizadas as horas de estágio supervisionado nesse montante.

                        Entende-se, portanto, que tendo o candidato a formação em curso superior ou equivalente (correspondente a cursos de nível superior na área tecnológica), com o mínimo de horas-aulas exigidas na Lei Complementar, aprovado no exame de conhecimento teórico/técnico da carreira de Auditor Fiscal estará apto a assumir o cargo.

                        Esperamos ter atendido a sua manifestação de forma satisfatória e permanecemos à disposição caso sejam necessários quaisquer esclarecimentos adicionais.

                        Atenciosamente,


                        Felipe Greco
                        Ramal: 21 2334-4939
                        Ouvidoria - Secretaria de Estado de Fazenda do Rio de Janeiro





                        Comentário

                        • fvidal
                          • 01/09/15
                          • 2

                          #13
                          Estou num caso parecido, mas essa resposta não esclareceu para mim. Sou formada em tecnólogo em processamento de dados na PUC. No meu histórico tenho as seguintes informações:
                          Horas-Aulas CFE (Conselho Federal de Educação): 1800
                          Horas-Aulas PUC: 2385
                          Horas- Aulas Cumpridas: 2445

                          Também possuo MBA em Gestão com 360 horas. Não sei se isso conta.

                          Minha dúvida é sobre o currículo mínimo.
                          " os cursos de 3º grau que possam ser integralizados no tempo médio de 4 (quatro) anos, ou aqueles que tenham, no seu currículo mínimo, o tempo útil obrigatório de 2100 (duas mil e cem) horas-aula."

                          Serão consideradas as Horas Aulas CFE ou as Horas Aulas PUC ou Cumpridas?
                          Se for as do CFE, o meu curso não cumpre os requisitos, se for as cumpridas ou da PUC ele cumpre.

                          Alguém sabe responder?

                          Acho que vou entrar em contato com a ouvidoria também.

                          Comentário

                          • fvidal
                            • 01/09/15
                            • 2

                            #14
                            Pessoal, falei com a ouvidoria. O negócio é o seguinte, tem que ver o total de hora-aula do curso no MEC.
                            Se for mais de 2100 horas atende, senão não.

                            Comentário

                            • Marlon.fds
                              • 19/09/15
                              • 4

                              #15
                              E onde será que vejo isso??? Revirei o site do MEC e nada.

                              Comentário


                              Working...
                              X