Página 1 de 4 123 ... ÚltimaÚltima
Mostrando resultados 1 até 15 de 51

Tópico: TJ-PR Economista


  1. #1
    Registrado em
    20/11/12
    Localização
    PR
    Posts
    46

    Padrão TJ-PR Economista

    Tópico criado para comentários sobre a prova, recursos, ranking e afins.

    Minha opinião:
    Prova de conhecimentos específicos bem abrangente. Creio que algumas questões não faziam parte do conteúdo do edital, como por exemplo a questão sobre regulação econômica (price-cap).
    Acredito que a nota de corte para o número de vagas fique entre 70 e 75 pontos.

  2. #2

    Padrão Re: TJ-PR Economista

    Algumas... muitas... aí vira loteria... acreditava antes da prova que o corte ficaria em 85%... porém devido à quantidade de coisas cobradas fora do edital, à exaustão da prova e mais uma abstenção... já nem tenho noção... acho que serão aprovados de 5 a 10% do total de inscritos...

  3. #3
    Registrado em
    05/08/07
    Localização
    BSB/RJ/Floripa/Palestra Itália
    Posts
    704

    Padrão Re: TJ-PR Economista


  4. #4
    Registrado em
    22/08/10
    Localização
    São Paulo
    Posts
    465

    Padrão Re: TJ-PR Economista

    Onde tem o Ranking?

  5. #5
    Registrado em
    05/08/07
    Localização
    BSB/RJ/Floripa/Palestra Itália
    Posts
    704

    Padrão Re: TJ-PR Economista

    Citação Postado Originalmente por Perondi Ver Post
    Onde tem o Ranking?
    https://docs.google.com/spreadsheet/...EE&usp=sharing[/code#gid=0

  6. #6
    Registrado em
    20/11/12
    Localização
    PR
    Posts
    46

    Padrão Re: TJ-PR Economista

    Não entendi o pq dessas duas classificações: conceito 1 e 2. Alguém me explica?

  7. #7
    Registrado em
    05/08/07
    Localização
    BSB/RJ/Floripa/Palestra Itália
    Posts
    704

    Padrão Re: TJ-PR Economista

    Citação Postado Originalmente por dh_cvl Ver Post
    Não entendi o pq dessas duas classificações: conceito 1 e 2. Alguém me explica?
    Fizeram dois conceitos para a nota de títulos: um valendo 10 pontos e outro, 100. Só não sei o motivo.

  8. #8
    Registrado em
    05/08/07
    Localização
    BSB/RJ/Floripa/Palestra Itália
    Posts
    704

    Padrão Re: TJ-PR Economista

    Atenção candidatos(as):

    O prazo para interposição de recursos será entre os dias 16 e 17/12/2013. O candidato poderá acessar o sistema de recursos, clicar nos links indicados no quadro abaixo e preencher o formulário de interposição, seguindo as orientações apresentadas.


    http://www.nc.ufpr.br/

  9. #9
    Registrado em
    05/08/07
    Localização
    BSB/RJ/Floripa/Palestra Itália
    Posts
    704

    Padrão Re: TJ-PR Economista

    Recursos abertos!

    Instruções para Interposição de Recursos

    Os candidatos poderão interpor recurso contra o gabarito provisório das questões objetivas, obedecendo as seguintes instruções:

    1) Acessar o Sistema de Recursos disponível no site do Núcleo de Concursos até as 17h00min do dia 17 de dezembro de 2013.

    Atenção:
    Para acessar o sistema de recursos o(a) candidato(a) deverá fornecer seu número de inscrição. Essa informação consta no comprovante de ensalamento emitido pelo(a) candidato(a).

    2) O candidato deve cadastrar os questionamentos (por questão) no sistema de recursos e, ao final do processo imprimir os formulários de protocolo dos recursos (por questão), em folha branca tamanho A4.

    3) Ao preencher a justificativa do recurso não digite seu nome, número de inscrição ou texto que o identifique, pois seu recurso pode ser indeferido por este motivo.

    4) O recurso deverá ser protocolado na Secretaria do Concurso, localizada na Rua Mateus Leme, nº 1470, Térreo, Centro Cívico, das 09h às 17h, nos dias 16 e 17 de dezembro de 2013.

    5) Para maiores informações consulte os editais do concurso público disponíveis no site do Tribunal de Justiça do Paraná e do NC/UFPR.


    http://www.nc.ufpr.br/

  10. #10
    Registrado em
    23/09/08
    Localização
    São Paulo
    Posts
    95

    Padrão Re: TJ-PR Economista

    Alguem já entregou os recursos? De quais questões?

  11. #11
    Registrado em
    02/04/13
    Localização
    Brasília
    Posts
    11

    Padrão Re: TJ-PR Economista

    Citação Postado Originalmente por Speed Racer Ver Post
    Alguem já entregou os recursos? De quais questões?
    Infelizmente não conheço ninguém em Curitiba para protocolar meus recursos.
    Vc mora em CWB??
    Já postou a nota naquele ranking ??

  12. #12
    Registrado em
    23/09/08
    Localização
    São Paulo
    Posts
    95

    Padrão Re: TJ-PR Economista

    Já postei sim, EconomistaSP. Poxa, eu tb não sou de Curitiba, mas queria fazer alguns recursos, só que tb não tenho ninguém pra entregar pra mim...paciência...


    Citação Postado Originalmente por fmlsilva Ver Post
    Infelizmente não conheço ninguém em Curitiba para protocolar meus recursos.
    Vc mora em CWB??
    Já postou a nota naquele ranking ??

  13. #13
    Registrado em
    05/08/07
    Localização
    BSB/RJ/Floripa/Palestra Itália
    Posts
    704

    Padrão Re: TJ-PR Economista

    Também não vou conseguir protocolar.
    Vou postar meus recursos para quem quiser fazer.


    Questão 21

    A afirmativa número 3, ao contrário do que considerou o gabarito preliminar, está correta.
    De fato, a memória principal é um conjunto de circuitos de apoio ao processador presentes numa placa-mãe, cuja qualidade influi diretamente na qualidade e no desempenho do computador.
    Na placa-mãe estão encaixados os módulos da memória principal, também chamados de "pentes" de memória RAM ("Random Access Memory"), conhecida como memória de acesso aleatório. Esses módulos de memória são os responsáveis pelo armazenamento dos dados e das instruções que o processador precisa para executar suas tarefas.
    Assim, a afirmativa 3 deve ser considerada correta, alterando o gabarito preliminar da questão para a letra "d".

    Referências:

    Antônio, João. Informática para Concursos. 4ª ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010. p. 74.
    Santos, André Alencar dos. Informática Descomplicada: Teoria e Exercícios para Concursos Públicos. 4ª ed. Brasília: Gran Cursos, 2009.
    ==================
    Questão 38

    O Tratado Norte-Americano de Livre Comércio (NAFTA) é uma zona de livre comércio entre os Estados Unidos, Canadá e México. O fato de a alternativa "d" não ter citado o México não a torna errada, pois, de fato, o NAFTA estabeleceu o fim das barreiras alfandegárias entre os EUA e Canadá, que é a afirmativa do item, devendo, portanto, ser considerada correta.

    "http://www.ustr.gov/trade-agreements/free-trade-agreements/north-american-free-trade-agreement-nafta"

    ====================
    Questão 39


    O item 4, considerado correto pelo gabarito preliminar, afirma que, de 1991 a 2010, o poder executivo paranaense foi chefiado, fora interinidades e vices, por apenas dois governadores titulares, Roberto Requião e Jaime Lerner.

    Ora, o estado do Paraná foi governado por Mário Pereira, entre 2 de abril de 1994 e 1º de janeiro de 1995, e por Álvaro Dias, entre 15 de março de 1987 e 15 de março de 1991.

    Assim, a afirmativa 4 deve ser considerada incorreta, o que, por conseguinte, implica a anulação da questão por não haver alternativa a ser assinalada, uma vez que apenas o item 5 está correto.

    Referências:

    "Paraná". Enciclopédia Barsa volume 10. (1973). São Paulo: Encyclopaedia Britannica do Brasil Publicações Ltda. pp.281-292.

    "Paraná". Enciclopédia Delta Universal volume 11. (1982). Rio de Janeiro: Delta. pp.6089-6091.
    ========================
    Questão 40

    A alternativa "a", considerada correta por esta eminente banca examinadora, afirma que no governo do General Dutra (1946-1951), o Brasil passou a receber um grande volume de importações dos Estados Unidos, especialmente produtos têxteis e alimentícios. Ora, não houve aumento de importações de produtos têxteis oriundos dos Estados Unidos, mas sim de combustíveis e alimentos, principalmente.

    A alternativa "d", por sua vez, assevera que o governo de Jânio Quadros (1961-1964) deu lugar ao regime militar, cujo primeiro presidente foi Castello Branco, o que, de fato, está correto.

    De acordo com o regime constitucional de eleição para presidente vigente no Brasil, quem é eleito é o candidato a presidente, e com ele, o seu vice. Não há votação para vice-presidente no país.

    O fato de o vice-presidente João Goulart ter assumido no lugar de Jânio Quadros, não anula o governo deste.

    Assim, solicito a alteração do gabarito para a letra "d" em razão dos motivos apresentados.

    Referências:

    BENEVIDES, Maria Victoria de Mesquita. O Governo Jânio Quadros. São Paulo: Brasiliense, 2ª edição, 1999.

    FIGUEIREDO, José Lima de. "Eugênio G.Dutra, Traços Biográficos" Tipografia Mercantil 1946, página 27

    QUADROS, Jânio e ARINOS, Afonso. História do Povo Brasileiro. São Paulo: J. Quadros Editores Culturais, SP, 1967

    VITOR, Mário, Cinco Anos Que Abalaram o Brasil, Editora: Civilização Brasileira, 1965.
    ===========================
    Questão 46

    Segundo o economista britânico John Maynard Keynes, um aumento prévio e generalizado da preferência por liquidez pelo motivo precaução pode causar ou aumentar os efeitos de uma crise econômica.

    O motivo precaução, segundo Keynes, é o estímulo para reter fundos para enfrentar despesas e/ou negócios vantajosos que são imprevisíveis.
    A demanda por moeda precaucionária é, assim, função do nível esperado de preços e da incerteza presente na economia. Se é esperada uma queda do nível geral de preços, o comportamento racional é a retenção de moeda, porque assim cada agente aumentaria a sua capacidade de realizar negócios mais proveitosos no futuro.

    Keynes argumentou, ainda, que o futuro econômico é incerto, no sentido de que não pode ser conhecido com antecedência nem ser estatisticamente prognosticado através de tábuas de probabilidades.

    Quando as expectativas são pessimistas (ou o grau de confiança nas expectativas é fraco), os agentes demandam segurança no presente para enfrentar o futuro incerto.

    Keynes mostrou que a moeda é o ativo mais seguro, aquele capaz de acalmar nossas inquietudes em relação ao futuro desconhecido e imprevisível.

    A preferência pela liquidez, decorrente das vagas conjecturas dos agentes sobre o desconhecido, pode ser estimulada por um número significativo de argumentos: fatores políticos, climáticos e estritamente econômicos, entre outros.

    Em síntese, a demanda por moeda pelo motivo precaução é função do nível esperado de preços e da incerteza.

    Assim, resta evidente que a afirmativa 2 também está correta, assim como o item 3. Contudo, não há alternativa que contemplo essas duas opções.

    Referências:

    Carvalho, F. Cardim de. On bank's liquidity preference. In: International Seminar on Post Keynesian Economics, 5. Proceedings. Knoxville, 1998.

    Keynes, J. Essays in persuasion. London, MacMillan, 1972.
    ________. The general theory of employment, interest and money. London, MacMillan, 1973.
    ========================
    Questão 53

    Na literatura sobre orçamentos públicos, considera-se como sistema orçamentário que permite maior aproximação com a participação cidadã o chamado "orçamento participativo".

    Segundo José Ronaldo Montalvão, Analista de Orçamento e Planejamento da Secretária de Orçamento Federal do Ministério do Planejamento, "o orçamento participativo possibilita à população participar diretamente sobre a alocação dos recursos públicos. É a população que sabe bem quais são as necessidades que ela tem e irá definir o que deverá ser
    estabelecido como prioridade. E uma vez estabelecidas quais são as prioridades, isso entra na proposta orçamentária, para ser votada e aprovada".

    Assim, solicito a anulação da referida questão em razão de não haver a opção pertinente ao orçamento participativo, o qual não pode ser confundido com a alternativa considerada correta pela banca (orçamento voltado para a prática).

    Referências:

    BENEVIDES, Maria Victoria e DUTRA, Olivio. Orçamento Participativo e Socialismo. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2001.

    GENRO, Tarso e SOUZA, Ubiratan de. Orçamento Participativo: A experiência de Porto Alegre. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2001.

    SÁNCHEZ, Félix R. Orçamento participativo - teoria e prática. São Paulo: Editora Cortez, 2002.
    ===========================
    Questão 68

    Venho por meio desta via recursal solicitar a anulação da referida questão em razão de não constar no conteúdo programático o assunto "crescimento demográfico".
    De acordo com jurisprudência dos tribunais, o edital é a lei do concurso, não havendo óbice, inclusive, para que o Poder Judiciário analise o edital do concurso e verifique se o conteúdo cobrado nas questão da prova constam do programa exigido do certame.
    Assim, solicito a esta eminente banca examinadora que anule a referida questão em razão dos motivos apresentados.
    Referência:
    TJ-DF - APELACAO CIVEL APC 20050110466467 DF (TJ-DF)
    ========================
    Questão 93

    O Tribunal de Justiça do Paraná elaborará a proposta orçamentária do Poder Judiciário do Paraná, mas dentro dos limites estipulados conjuntamente com os demais Poderes na lei de diretrizes orçamentárias.

    Assim, a assertiva está incompleta, não podendo ser considerada correta, devendo,portanto, ser anulada.

    Referência:

    Constituição Estadual do Paraná, art. 98, §1º

  14. #14
    Registrado em
    23/09/08
    Localização
    São Paulo
    Posts
    95

    Padrão Re: TJ-PR Economista

    Bob Batera, vc vai apresentar títulos?


    Citação Postado Originalmente por Bob Batera Ver Post
    Também não vou conseguir protocolar.
    Vou postar meus recursos para quem quiser fazer.


    Questão 21

    A afirmativa número 3, ao contrário do que considerou o gabarito preliminar, está correta.
    De fato, a memória principal é um conjunto de circuitos de apoio ao processador presentes numa placa-mãe, cuja qualidade influi diretamente na qualidade e no desempenho do computador.
    Na placa-mãe estão encaixados os módulos da memória principal, também chamados de "pentes" de memória RAM ("Random Access Memory"), conhecida como memória de acesso aleatório. Esses módulos de memória são os responsáveis pelo armazenamento dos dados e das instruções que o processador precisa para executar suas tarefas.
    Assim, a afirmativa 3 deve ser considerada correta, alterando o gabarito preliminar da questão para a letra "d".

    Referências:

    Antônio, João. Informática para Concursos. 4ª ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010. p. 74.
    Santos, André Alencar dos. Informática Descomplicada: Teoria e Exercícios para Concursos Públicos. 4ª ed. Brasília: Gran Cursos, 2009.
    ==================
    Questão 38

    O Tratado Norte-Americano de Livre Comércio (NAFTA) é uma zona de livre comércio entre os Estados Unidos, Canadá e México. O fato de a alternativa "d" não ter citado o México não a torna errada, pois, de fato, o NAFTA estabeleceu o fim das barreiras alfandegárias entre os EUA e Canadá, que é a afirmativa do item, devendo, portanto, ser considerada correta.

    "http://www.ustr.gov/trade-agreements/free-trade-agreements/north-american-free-trade-agreement-nafta"

    ====================
    Questão 39


    O item 4, considerado correto pelo gabarito preliminar, afirma que, de 1991 a 2010, o poder executivo paranaense foi chefiado, fora interinidades e vices, por apenas dois governadores titulares, Roberto Requião e Jaime Lerner.

    Ora, o estado do Paraná foi governado por Mário Pereira, entre 2 de abril de 1994 e 1º de janeiro de 1995, e por Álvaro Dias, entre 15 de março de 1987 e 15 de março de 1991.

    Assim, a afirmativa 4 deve ser considerada incorreta, o que, por conseguinte, implica a anulação da questão por não haver alternativa a ser assinalada, uma vez que apenas o item 5 está correto.

    Referências:

    "Paraná". Enciclopédia Barsa volume 10. (1973). São Paulo: Encyclopaedia Britannica do Brasil Publicações Ltda. pp.281-292.

    "Paraná". Enciclopédia Delta Universal volume 11. (1982). Rio de Janeiro: Delta. pp.6089-6091.
    ========================
    Questão 40

    A alternativa "a", considerada correta por esta eminente banca examinadora, afirma que no governo do General Dutra (1946-1951), o Brasil passou a receber um grande volume de importações dos Estados Unidos, especialmente produtos têxteis e alimentícios. Ora, não houve aumento de importações de produtos têxteis oriundos dos Estados Unidos, mas sim de combustíveis e alimentos, principalmente.

    A alternativa "d", por sua vez, assevera que o governo de Jânio Quadros (1961-1964) deu lugar ao regime militar, cujo primeiro presidente foi Castello Branco, o que, de fato, está correto.

    De acordo com o regime constitucional de eleição para presidente vigente no Brasil, quem é eleito é o candidato a presidente, e com ele, o seu vice. Não há votação para vice-presidente no país.

    O fato de o vice-presidente João Goulart ter assumido no lugar de Jânio Quadros, não anula o governo deste.

    Assim, solicito a alteração do gabarito para a letra "d" em razão dos motivos apresentados.

    Referências:

    BENEVIDES, Maria Victoria de Mesquita. O Governo Jânio Quadros. São Paulo: Brasiliense, 2ª edição, 1999.

    FIGUEIREDO, José Lima de. "Eugênio G.Dutra, Traços Biográficos" Tipografia Mercantil 1946, página 27

    QUADROS, Jânio e ARINOS, Afonso. História do Povo Brasileiro. São Paulo: J. Quadros Editores Culturais, SP, 1967

    VITOR, Mário, Cinco Anos Que Abalaram o Brasil, Editora: Civilização Brasileira, 1965.
    ===========================
    Questão 46

    Segundo o economista britânico John Maynard Keynes, um aumento prévio e generalizado da preferência por liquidez pelo motivo precaução pode causar ou aumentar os efeitos de uma crise econômica.

    O motivo precaução, segundo Keynes, é o estímulo para reter fundos para enfrentar despesas e/ou negócios vantajosos que são imprevisíveis.
    A demanda por moeda precaucionária é, assim, função do nível esperado de preços e da incerteza presente na economia. Se é esperada uma queda do nível geral de preços, o comportamento racional é a retenção de moeda, porque assim cada agente aumentaria a sua capacidade de realizar negócios mais proveitosos no futuro.

    Keynes argumentou, ainda, que o futuro econômico é incerto, no sentido de que não pode ser conhecido com antecedência nem ser estatisticamente prognosticado através de tábuas de probabilidades.

    Quando as expectativas são pessimistas (ou o grau de confiança nas expectativas é fraco), os agentes demandam segurança no presente para enfrentar o futuro incerto.

    Keynes mostrou que a moeda é o ativo mais seguro, aquele capaz de acalmar nossas inquietudes em relação ao futuro desconhecido e imprevisível.

    A preferência pela liquidez, decorrente das vagas conjecturas dos agentes sobre o desconhecido, pode ser estimulada por um número significativo de argumentos: fatores políticos, climáticos e estritamente econômicos, entre outros.

    Em síntese, a demanda por moeda pelo motivo precaução é função do nível esperado de preços e da incerteza.

    Assim, resta evidente que a afirmativa 2 também está correta, assim como o item 3. Contudo, não há alternativa que contemplo essas duas opções.

    Referências:

    Carvalho, F. Cardim de. On bank's liquidity preference. In: International Seminar on Post Keynesian Economics, 5. Proceedings. Knoxville, 1998.

    Keynes, J. Essays in persuasion. London, MacMillan, 1972.
    ________. The general theory of employment, interest and money. London, MacMillan, 1973.
    ========================
    Questão 53

    Na literatura sobre orçamentos públicos, considera-se como sistema orçamentário que permite maior aproximação com a participação cidadã o chamado "orçamento participativo".

    Segundo José Ronaldo Montalvão, Analista de Orçamento e Planejamento da Secretária de Orçamento Federal do Ministério do Planejamento, "o orçamento participativo possibilita à população participar diretamente sobre a alocação dos recursos públicos. É a população que sabe bem quais são as necessidades que ela tem e irá definir o que deverá ser
    estabelecido como prioridade. E uma vez estabelecidas quais são as prioridades, isso entra na proposta orçamentária, para ser votada e aprovada".

    Assim, solicito a anulação da referida questão em razão de não haver a opção pertinente ao orçamento participativo, o qual não pode ser confundido com a alternativa considerada correta pela banca (orçamento voltado para a prática).

    Referências:

    BENEVIDES, Maria Victoria e DUTRA, Olivio. Orçamento Participativo e Socialismo. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2001.

    GENRO, Tarso e SOUZA, Ubiratan de. Orçamento Participativo: A experiência de Porto Alegre. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2001.

    SÁNCHEZ, Félix R. Orçamento participativo - teoria e prática. São Paulo: Editora Cortez, 2002.
    ===========================
    Questão 68

    Venho por meio desta via recursal solicitar a anulação da referida questão em razão de não constar no conteúdo programático o assunto "crescimento demográfico".
    De acordo com jurisprudência dos tribunais, o edital é a lei do concurso, não havendo óbice, inclusive, para que o Poder Judiciário analise o edital do concurso e verifique se o conteúdo cobrado nas questão da prova constam do programa exigido do certame.
    Assim, solicito a esta eminente banca examinadora que anule a referida questão em razão dos motivos apresentados.
    Referência:
    TJ-DF - APELACAO CIVEL APC 20050110466467 DF (TJ-DF)
    ========================
    Questão 93

    O Tribunal de Justiça do Paraná elaborará a proposta orçamentária do Poder Judiciário do Paraná, mas dentro dos limites estipulados conjuntamente com os demais Poderes na lei de diretrizes orçamentárias.

    Assim, a assertiva está incompleta, não podendo ser considerada correta, devendo,portanto, ser anulada.

    Referência:

    Constituição Estadual do Paraná, art. 98, §1º

  15. #15
    Registrado em
    05/08/07
    Localização
    BSB/RJ/Floripa/Palestra Itália
    Posts
    704

    Padrão Re: TJ-PR Economista

    Sim....10 pontos.
    E vc? Qual seu nick na planilha?


Página 1 de 4 123 ... ÚltimaÚltima

Regras para Posts

  • Você não pode postar novos tópicos
  • Você não pode postar respostas
  • Você não pode postar anexos
  • Você não pode editar seus posts
  •  
quem somos
Nosso objetivo é ser uma ferramenta útil e gratuita à preparação para concursos. Para isso, nosso foco é o estudo por meio da discussão e resolução de questões teóricas e a troca de informações a respeito de concursos em um ambiente de participação e colaboração positivas.

O Fórum Concurseiros é uma iniciativa particular aberta a todos que entendem e compartilham dos seus objetivos.
Quer deixar uma sugestão ou tem alguma dúvida entre em contato
nossas redes