Announcement

Collapse
No announcement yet.

Como eu, wrocha84, fui aprovado no concurso do ICMS SP 2013

Collapse
X
  • Filter
  • Hora
  • Mostrar
Limpar tudo
new posts
  • wrocha84
    • 03/05/11
    • 2734

    Como eu, wrocha84, fui aprovado no concurso do ICMS SP 2013

    Eu escrevi tudo em uma leva só... Sou assim mesmo! Com o tempo eu irei editando, revisando, corrigindo o que eu disse ao longo do tempo... Mas já tá "online" o rascunho geral... Abraços e boa leitura! Espero que sirva para alguém algum ponto do meu testemunho...

    INTRODUÇÃO

    Desde pequeno, eu sempre tive facilidade em aprender, vontade de experimentar coisas novas, mas pouca disciplina para manter o foco por muito tempo em uma mesma atividade. Estudei em escola particular desde a alfabetização, sempre fui “obrigado” a fazer aulas de inglês pelos meus pais, mas tirando isso, tive o direito de testar de tudo um pouco, aulas de luta, violão, natação, futebol, ou qualquer outra atividade que me chamasse a atenção. Meus pais sempre prezaram pela minha educação. Como belos representantes de classe média, eles gastavam toda a sobra financeira na minha base escolar. Para falar a verdade, eu nunca precisei de grande auxílio para estudar. Nunca tive aulas de reforço. Nunca fiquei de “recuperação”, muito menos repeti o ano. Na escola, sempre tirava boas notas, mas não me esforçava muito para isso. Nunca fui o número 1 em nada, mas devido a minha facilidade em aprender, aliada ao hábito ensinado pelos meus pais desde a minha mais tenra idade de ler de tudo, fui levando a minha fase escolar sem grandes percalços.
    Meu primeiro grande desafio na área da educação surgiu no 3º ano do ensino médio. Mudei-me do interior para a capital baiana e meus pais venderam seu único carro usado para pagar à vista o ano inteiro de mensalidades em um dos melhores colégios de Salvador. Eu não sabia o que queria ser da vida, mas como sempre tive um desempenho natural muito acima dos meus colegas em exatas, acabei sendo levado pela inércia a escolher engenharia elétrica como foco no vestibular. Como ainda estava cursando o ensino médio, não tive muita pressão para estudar com afinco, muito menos para passar de primeira, portanto, só me matriculei em faculdades públicas de ponta (UFBA, Unicamp, ITA e IME). Se não desse certo, faria um ano de cursinho e reduziria meu nível de exigência. Não foi preciso. Passei na UFBA e na Unicamp, mas não cheguei nem perto de passar no ITA e no IME. Foi a primeira vez que notei a enorme diferença de dificuldade entre provas de concurso público (vestibular para universidade pública não deixa de ser um concurso público concorrido, não é mesmo?!). Escolhi a Unicamp. Adorava a ideia de mudar de ares e viver sozinho em uma cidade nova, longe da rédea curta dos meus pais. Creio que essa decisão (seja pelo lado bom, quanto pelo lado ruim) tenha sido determinante para o meu sucesso na carreira pública. Explicarei o motivo no próximo capítulo.
    Last edited by wrocha84; Thu, 30/05/13, 08:16 PM.
  • wrocha84
    • 03/05/11
    • 2734

    #2
    Re: Como eu, wrocha84, fui aprovado no concurso do ICMS SP 2013

    A FACULDADE E OS PRIMEIROS PASSOS RUMO AO MUNDO DOS CONCURSOS PÚBLICOS

    Como eu disse na introdução, adorava a ideia de me virar sozinho, longe da rédea curta dos meus pais. Ahhhh, o problema é que a sensação de “liberdade” tomou conta de mim. Do primeiro ao quarto ano de faculdade, eu simplesmente “despiroquei”. Aqui vale o velho ditado: “quem nunca comeu melado, quando come se lambuza”. Acordava tarde, não perdia as festinhas da faculdade, tornei-me um “ás” em sinuca, joguinhos online e brincadeiras alcoólicas, mas estudar que é bom virou algo acessório. Eu jogava toda a “culpa” na faculdade. Cálculos e mais cálculos, pouquíssimo apego ao social ou às humanas, dificuldade altíssima nas provas aliado a uma didática tenebrosa da maioria dos professores e livros acadêmicos. Tudo isso regado a uma liberdade enorme para que o aluno fizesse sua própria grade de horários e pudesse levar a faculdade da maneira como bem entendesse.... Eu simplesmente não enxergava MOTIVAÇÃO alguma para estudar aquilo tudo, mas ao invés de tomar uma decisão, ia empurrando tudo com a barriga. Ao final de longos (mas divertidos) quatro anos (50% da graduação concluída), decidi largar a faculdade e fazer psicologia. Hahaha. Nesse mesmo ínterim, decidi prestar um concurso que tinha saído um edital com 20 vagas para interior de SP (Oficial de promotoria – MP/SP). Me matriculei num cursinho e dividi três meses da minha vida entre estudar para o vestibular e para o concurso do MP/SP. Na mesma época comecei a namorar (minha cabeça era uma confusão só, hahaha). Passados os três meses, eu me classifiquei no concurso do MP/SP, mas fiquei muuuuuito longe das 20 vagas (361º). Meus pais, claro, estavam sofrendo muito com minha indefinição, e não é para menos. Depois de muito pensar, decidi largar o cursinho e terminar a faculdade, pois eu não conseguia mais me ver como estudante por mais cinco anos sem ter dinheiro nem pra tomar uma cerveja com minha namorada, fora o esforço financeiro de uma vida dos meus pais sem que eu tivesse fazendo jus a todo aquele sacrifício. Voltei para a faculdade, arrumei um emprego na minha área (com a ajuda de um grande amigo), arregacei as mangas e comecei a trabalhar de dia e estudar de noite. Fiquei um ano nessa nova fase. Foi bastante sofrido para mim, um jovem que já tinha se acostumado ao “deixe a vida me levar”, mas agora eu tinha um foco: “terminar logo o meu sofrível curso de engenharia e depois fazer o que quisesse, mas sem depender financeiramente de ninguém”. Voltei a estudar com seriedade, juntei uma grana, voltei a estudar em tempo integral e adiantei minha vida na faculdade. No penúltimo ano da facul, me cadastrei em processos seletivos para multinacionais, e passei no processo para estágio em uma grande multinacional. Estagiei e estudei por mais um ano e poucos meses antes de me formar e eventualmente ser efetivado pela multinacional, eis que a adormecida estória do serviço público bateu à minha porta. O concurso do MP/SP, sim, tinha rodado e chegado na minha classificação (361º). Foi um choque! Eu já tinha até acostumado com a ideia de seguir carreira na iniciativa privada, eu gostava muito do meu estágio... Mas a vontade de seguir carreira pública, vender minha força de trabalho em prol da vida pública, aliado a históricos familiares NEGATIVOS de profissionais esforçados que entregaram a vida ao serviço privado e receberam em troca “planos de demissão voluntária” no fim da carreira, tudo isso me fez escolher por mudar radicalmente o alvo da minha carreira. Aceitei o cargo no MP/SP, fui morar no interiorzão de SP, comecei a estudar para área fiscal nas horas vagas (maior remuneração e perfil de engenheiros dentre os aprovados) e noivei com a namorada. Começava ali a minha jornada rumo ao ambicioso sonho de ser “auditor-fiscal”.

    Comentário

    • wrocha84
      • 03/05/11
      • 2734

      #3
      Re: Como eu, wrocha84, fui aprovado no concurso do ICMS SP 2013

      O COMEÇO DA PREPARAÇÃO PARA SER UM AUDITOR-FISCAL

      Gente, aqui vale repetir uma coisa. Ninguém nasce com dom para ser auditor-fiscal. Ninguém nasce com vontade de ser auditor-fiscal. Para falar a verdade, poucas pessoas ao nosso redor sequer sabem dizer o que faz um auditor-fiscal. O que eu sabia até o momento é que queria ganhar muito bem, trabalhar num cargo público respeitado, valorizado, no qual eu fizesse a diferença para a administração pública, tivesse estabilidade financeira e fosse bem-vindo, mesmo sendo engenheiro de formação. Pesquisei um pouco a respeito das opções que me sobraram, juntei isso com a facilidade de me preparar adequadamente fora de um grande centro e escolhi estudar para “auditor fiscal da receita federal”. Comecei fuçando TUDO no fórum concurseiros (nem me lembro como conheci esse fórum). Li muito a respeito da preparação para a receita, pesquisei muito sobre materiais bibliográficos e cursos , comprei uma TONELADA de livros e me matriculei num cursinho telepresencial muito famoso (três letras consoantes). Estudava e trabalhava. Não conseguia acompanhar o ritmo alucinante do tal cursinho semestral. Lia os testemunhos dos aprovados e via que para passar num concurso chamado “TOP”, talvez eu tivesse que parar de trabalhar. A vida no MP-SP não era moleza não, muito trabalho e muita gente precisando de um bom trabalho por parte da gente. Eu chegava em casa exausto, e acabei notando que a maioria dos Juízes e Promotores praticamente só estudaram antes de passar para estes cargos-TOP. Mas como largar o emprego se eu morava longe da minha noiva, estava prestes a me casar com ela, tinha prestação de carro e cursinho para pagar? Foi aí que a minha parceirona, antes mesmo de se casar comigo, me sugeriu prestar um concurso na capital, e antes mesmo de ser chamado, já largar o MP/SP e ir para a capital morar com ela e estudar em tempo integral para a receita. Dito e feito. Prestei concurso para o TJ/SP na capital, fui classificado, apesar de distante das primeiras colocações, casei, no mês seguinte pedi exoneração do MP e fui para a capital. Resultado desse começo de preparação: um ano entre estudos esparsos para a receita, misturado com estudo para o TJ/SP, trabalho e preparativos para o casório. Muitos livros comprados, alguma poupança e um pedido de exoneração para estudar até que me chamassem para o TJ/SP.

      Comentário

      • wrocha84
        • 03/05/11
        • 2734

        #4
        Re: Como eu, wrocha84, fui aprovado no concurso do ICMS SP 2013

        VIDA DE CONCURSEIRO PROFISSIONAL

        Eu sei que sou um privilegiado. Tenho pais maravilhosos que me deram uma bela educação acadêmica e moral e sempre me apoiaram. Arrumei uma esposa parceira que acreditava em mim. Não tive problemas de saúde ou financeiros que me impedissem de ousar em largar tudo para correr atrás do meu objetivo. Enfim, cada caso é um caso, mas eu aproveitei as oportunidades que a vida me oferecia e pulei de cabeça na minha meta. No dia 1º de janeiro de 2011, comecei a minha vida de concurseiro profissional (em tempo integral). Muito bem assessorado pelos livros “Como estudar para concursos públicos” do Alex Meirelles, “como passar em provas de concurso” do William Douglas, uma diversidade de livros para área fiscal e muita, muita vontade de estudar, nem rastro daquele estudante universitário gandaieiro e sem perspectivas de um passado recente, resolvi testar a minha capacidade de estudar e aprender para disputar com os melhores, mas aprendendo também com os melhores mestres e dando o melhor de mim.
        O dinheiro era curto, então não fiz mais o tal cursinho telepresencial. Eu decidi estudar por outro cursinho de três letras, muito mais barato, totalmente ONLINE, com uma filosofia bem diferente (não vamos correr com o curso, mas vamos tentar te oferecer o melhor curso em cada disciplina para a sua aprovação, tudo isso aberto para você ver e rever o quanto quiser e quando quiser a um custo mensal módico). Esse cursinho, o EVP (eu vou passar.com.br) foi a base da minha preparação no ano de 2011. Eu estudava sempre por um bom e extenso livro doutrinário (específico para a área fiscal) e ao mesmo tempo via a teoria em vídeo pelo EVP. Fazia enoooormes resumos de fixação. A estratégia deu certo em todas as disciplinas básicas (Tributário, D. Administrativo, D. constitucional, Português, Administração Públic a e Atualidades), menos com a temível Contabilidade. Ao final de seis meses, eu já dominava o básico, mas demorava para avançar no longo edital da receita. Motivo? Eu queria saber 100%. Tudo quanto era detalhe me interessava. Eu não admitia errar uma questão duas vezes. Isso é um ENORME ERRO de preparação. Para passar, não precisamos saber 100% de NADA, mas precisamos fazer 70% a 80% em quase tudo, o que, segundo PARETO, é bem mais fácil e independe de tantos detalhes complicados. Graças a Deus, ainda no segundo semestre de 2011 eu entendi isso e a preparação tomou outro rumo dali em diante. Conheci os cursos em PDF do Estratégia concursos e do Ponto dos concursos e a OBJETIVIDADE imperou desde então. Eu já tinha entendido o jeitão da preparação. Depois desse ajuste, estudei dezenas de outras matérias com muito mais velocidade. Aprendi a estudar no computador, pq eu não queria imprimir os arquivos em PDF. Como eu sempre gostei de computadores, baixei programas de edição e marcação de PDFs e comecei a fazer tudo pelo PC. ABOLI quase completamente os livros chamados de “bíblias”, famosos pelo tamanho e detalhismo das informações. Também ABOLI resumões escritos. Foquei mais em livros e apostilas objetivos, com teoria sempre intercalada por questões, sempre comentados e com dicas de como marcar o “X” rapidamente, fugindo de pegadinhas e passando para frente com velocidade e segurança. Saber tudo não era mais necessário, o importante era pontuar bem e ANDAR RÁPIDO com o edital. Não parei de assistir aos cursos do EVP, mas comecei a focar mais em cursos de questões resolvidas. A teoria eu LIA em PDF, pois a leitura é mais seletiva, rápida e ativa do que assistir uma aula. Depois eu via os vídeos de questões comentadas para pegar dicas de como fazer prova e resolver questões. Ao final de 2011, um ano depois de me profissionalizar como concurseiro, já tinha quase terminado todo o edital da receita federal. A única pedra no sapato era CONTABILIDADE.... Cenas para os próximos capítulos.

        Comentário

        • wrocha84
          • 03/05/11
          • 2734

          #5
          Re: Como eu, wrocha84, fui aprovado no concurso do ICMS SP 2013

          ENTRANDO NA BRIGA... AGORA É “À VERA”!!!

          Início de 2012. Concurso do ISS/SP bombando. Primeira grande prova real. O destino, sempre brincalhão, resolveu me tirar da zona de conforto. Fui nomeado para o TJ/SP aqui na capital. Minha cabeça a mil por hora, dividido entre focar no ISS SP e voltar a trabalhar para estudar à noite, acabei escolhendo a segunda opção. Hoje parabenizo aos que passaram para ATRF (2012) e depois para o ICMS SP (2013), pq esse turbilhão ao mesmo tempo não é mole não. Eu fiz a prova do ISS SP e fiquei entre os 500 melhores. Tirei notas pífias em contabilidade (35%) e em economia (35%), foi o suficiente para sair da disputa. Comecei a trabalhar no TJ/SP, como escrevente, em menos de um mês lá estava eu em uma sala de audiências criminais, tentando dar conta do recado. Para os que dizem que serviço público é moleza, meu segundo cargo público e muuuuuuito mais serviço do que gente para trabalhar. Todos ali suando a camisa para deixar o cartório em ordem. Lidávamos com a vida de muitas pessoas, responsabilidade enorme. Acho que tava dando conta do meu serviço, mas voltei a não dar conta de estudar à noite. Passei quase 4 meses sem pegar num livro. Mais uma vez, minha parceira e esposa, um termômetro atento ao meu lado, percebeu que a falta de foco e tempo estavam me fazendo mal. Decidimos pela segunda exoneração. Frustração principalmente para o pessoal do TJ/SP, carente demais de gente boa e com vontade de ficar lá segurando as pontas junto com eles. A dificuldade de retenção de profissionais no serviço público de ensino médio é enorme, mas eu precisava seguir em frente. Logo em seguida, veio o tão esperado concurso da Receita federal. Eu vivia para isso há quase 2 anos.... Mas eu simplesmente TRAVEI. Notei que tanto no ISS SP quanto na Receita, eu tremia na hora que a coisa era pra valer e acabava diminuindo o ritmo para arrumar uma desculpa pelo insucesso. Eu não me sentia preparado para passar. Acabei usando como válvula de escape o concurso do ICMS SP. Muito mais vagas, mais tempo para me preparar. Resolvi estudar apenas as matérias COMUNS. Abri mão de estudar as matérias específicas da Receita, mesmo tendo comprado as apostilas em PDF de tudo. Resultado: passei com sobras em todas as matérias comuns, mas fui eliminado por mínimos em uma única disciplina, legislação tributária federal. A frustração, o sentimendo do “e se”, tudo isso me deixou mal. Só que eu sabia que estava próximo da aprovação. Havia tirado 65% da prova da Receita, a mais difícil que já vi, havia melhorado em contabilidade (60%), o meu trauma, e sabia que se mantivesse o foco, no ICMS SP eu passaria. Eu fui pra cima com tudo, comprei o recém-lançado livro “contabilidade 3D” do Sérgio Adriano, e decidi vencer o meu algoz de uma vez por todas. Comecei do ZERO a estudar impostos estaduais. Decidi abrir um diário no fórum concurseiros para confidenciar dia a dia os meus passos, as minhas angústias e estratégias na preparação para o ICMS SP. Isso foi fonte de motivação e perseverança nessa reta final. Quase três anos depois de largar a engenharia para focar na carreira pública, ainda tinha o apoio de familiares e esposa. Eu era um privilegiado, mas também tinha feito por merecer, agora era hora de não recuar e não mais temer. Revisei as matérias comuns à receita e ao ICMS SP, estudei as matérias novas, não abri mão de estudar NADA, mesmo que algumas disciplinas eu tivesse deixado para a última semana (sim, última semana faz toda a diferença). No dia anterior à prova eu estudei, no sábado (dia da p1) eu estudei. Depois da P1 eu estudei. No domingo (dia da p2) eu estudei de manhã, eu estudei meio-dia, fiz a P3 praticamente como um “morto-vivo”, estava completamente exausto pelo excesso de estudo e provas, mas no final deu tudo certo. Tirei uma nota extraordinária em contabilidade (85%), fui razoavelmente MAL em legislação estadual se comparado aos demais aprovados (55%), mas no final eu passei e passei bem, entre os 150 melhores.

          Comentário

          • wrocha84
            • 03/05/11
            • 2734

            #6
            Re: Como eu, wrocha84, fui aprovado no concurso do ICMS SP 2013

            O SENTIMENTO DE DEVER CUMPRIDO

            Ainda tenho 29 anos, mas posso dizer que já aprendi muito comigo mesmo e também com as pessoas ao meu redor. Aprendi a ser bem autocrítico, a ser autodidata, mesmo que o material ou o professor não fossem nem um pouco didáticos (graças, em grande parte, à Unicamp e à engenharia, rsrs), aprendi a respeitar o serviço público, a enxergar a carência de profissionais para tocar esse barco e enxergar que por trás do serviço existe a população, que é receptor e ao mesmo tempo o financiador do nosso trabalho, aprendi a responder à desconfiança da sociedade com um serviço eficiente e dedicado, porque se eu não puder fazer bem feito, prefiro sair e dar espaço para quem o faça. Aprendi que para se chegar a algum lugar de destaque, temos que nos sacrificar e sair da zona de conforto. Aprendi a dar valor ao tempo livre, à família e às pessoas que realmente querem o meu bem. Aprendi a confiar mais em mim mesmo, no poder da disciplina e da motivação. Aprendi que há MUITO espaço para profissionais jovens que, como eu, querem profissionalizar ainda mais o serviço público e entregar sua vida profissional à carreira pública, mas que também querem ganhar muito bem por isso, por que não? Enfim, uma jornada de 3 anos se passou e me fez crescer profissional e pessoalmente. Espero que isso seja só o início de uma longa, produtiva e feliz fase de realização pessoal e profissional.

            Comentário

            • wrocha84
              • 03/05/11
              • 2734

              #7
              Re: Como eu, wrocha84, fui aprovado no concurso do ICMS SP 2013

              O QUE CONSIDERO SER A PREPARAÇÃO IDEAL e INDICAÇÕES BIBLIOGRÁFICAS

              Gente, sei que este é o tópico mais esperado por todos, mas quero que entendam que quanto mais ouço a estória de cada aprovado, mais percebo o quanto é diversificado o caminho para o sucesso. Direi aqui o que julgo que faria se pudesse voltar ao zero e começar tudo de novo, mas é difícil querer criar uma cartilha que valha para todos. Cada um que reflita, critique e adapte essas sugestões ao seu próprio perfil e realidade. Aliás, com tanta oferta de bons cursos e bons professores, é bem capaz que exista muita gente boa e que eu nem tive a oportunidade de conhecer. O momento é propício para estudar. O serviço público está em plena efervescência e reformulação. O mercado dos concursos está muito aquecido. Concorrentes são milhões, mas a vara de pesca tá ao alcance das mãos, basta querer aprender a pescar, usar o material correto, ter paciência para esperar o peixe morder o anzol e ter maturidade para saber o que fazer quando estiver com o peixe nas mãos.

              Se eu fosse começar do ZERO a minha preparação para a “área fiscal”, eu faria o seguinte:

              As matérias básicas precisam ser dominadas (exceto constitucional). Vc vai acabar precisando de vídeo + material escrito e vai precisar estudar por material teórico e depois de questões comentadas (exceto português, que dá pra ir direto pras questões comentadas). A estratégia ideal pra mim é ler a teoria bem rapidamente (de preferência com materiais que mesclem algumas questões exemplificativas no meio da teoria) e depois reler a teoria grifando, anotando, circulando e simbolizando a “nata” do assunto. Faço isso no computador, pq à medida que eu vou aprendendo, vou diminuindo o tamanho das anotações (editando), uma vez que no início tudo é importante para um leigo, mas depois de muitas revisões e questões, dá pra perceber oq importa e oq não importa tanto. Se for um livro rabiscado, não dá pra apagar. No PC dá. Ao final, irei tirar o print screen de algums materiais editados por mim p/ vcs terem uma ideia do que eu fazia p/ rabiscar...

              A ideia é seguir: leitura rápida, leitura detalhada + anotações + exercícios exemplificativos, depois exercícios comentados (um montão, até ficar muito bem fixado o assunto estudado), depois revisões periódicas do capítulo estudado. Esse ciclo se repete em quase todas as disciplinas.


              1) Estudaria em módulos

              Módulo básico: Contabilidade, Direito Tributário, Português e Direito constitucional.


              Contabilidade: não tem pra onde correr. Encare tudo e não desanime, pq a coisa vai ficar feia no meio do caminho. A dica é não desistir, estudar o livro escolhido até o fim, fazer muitos e muitos exercícios comentados, revisões periódicas (no máximo mensalmente) dos capítulos que já estudou, seguir com a ajuda de alguma aula em video, telepresencial ou presencial e não empacar, repito, não empacar. Eu chegava em algum ponto e empacava, voltava pro começo de um livro novo e nunca avançava no estudo. Quando decidi encarar o livro inteiro até o fim, mesmo sem certeza e convicção de tudo que estudava, a coisa fluiu. Lembrem-se que não precisam saber tudo, só 80% dos exercícios de prova. A ideia é entender os exercícios básicos e intermediários de cada capítulo e DEPOIS, lá na reta final, tentar aprender os exercícios difíceis de cada capítulo (muitos deles tratam de exceções que raramente cairão no seu concurso e poderão ser menosprezados).

              INDICO: contabilidade 3D (Sérgio Adriano), muitos PDFs de exercícios comentados ORIGINAIS do estratégia ou do Ponto dos concursos (para que você tenha também o direito de tirar dúvidas com o próprio professor do PDF) e algum curso em vídeo completo com algum professor de renome (sei quem é o mais bem falado, mas prefiro não indicá-lo por motivos pessoais). O Ricardo Ferreira lançou um livro completão há poucos meses. Não o li, não sei se é bom. Podem dizer o que for, mas em vídeo, a Germana Chaves (EVP) é uma graça em didática e organização. O curso de Contabilidade de Custos do Sérgio Adriano para FCC foi fundamental para a minha aprovação no ICMS SP.

              Direito tributário: também não tem para onde correr, mas não acredito que essa disciplina seja o terror de muitos concurseiros da área fiscal. É uma matéria que flui bem. A dica é não querer decorar todos os julgados do STF, nem todas as doutrinas, fixem nas questões de prova, na ideia dos 80% e dominem a letra da lei nas questões mais recorrentes. O domínio será alcançado com o tempo. Tomo é uma matéria-chave, indico PDFs de exercícios comentados ORIGINAIS (p/ vc poder tirar dúvidas direto com o professor).

              INDICO: materiais escritos do prof. Edvaldo Nilo, do prof. Alberto Macedo e do prof. Ricardo Alexandre. Aulas em vídeo, indico o prof. Ricardo Alexandre. Dizem que o livro do prof. João Marcelo Rocha é excelente para iniciantes. Eu não o li.

              Português: indico apenas materiais em PDF de exercícios comentados. Tem muita gente que gosta de gramáticas ou materiais completões, mas eu acho que estudar todas as exceções do português algo ineficiente. No concurso, mais basta saber a bela regra bem entendida, do que muitas exceções que nunca caem. A dica é fazer MUITA prova comentada, de preferência com comentário de quem sabe lidar com as nuances, pegadinhas e variações da sua banca examinadora de interesse.

              INDICO: gostei muito do material do Fernando pestana e do Fabiano Sales (estratégia) em PDF. Falam muito bem do João Bolognesi (Damásio) em vídeo, mas é curso pacotão, não o fiz. Também aprendi muito com cursos de questões do Marcelo Bernardo (EVP). Aprendi muitas dicas de como fazer provas ESAF.

              Direito Constitucional: muito cuidado aqui. Eu aprendi Constitucional com a “bíblia” dos profs. Vicente e Marcelo. Eu não sei não, mas acho que não faria isso novamente. Constitucional para área fiscal virou disciplina acessória. O conteúdo é imenso, mas com pouco peso, logo é baixo o custo-benefício de saber a fundo. Eu estudaria sem muito compromisso, com um material bem objetivo em PDF que me preparasse para as questões fáceis e intermediárias de texto de lei e pegaria uma noção básica de constitucional para entender os outros direitos, manteria esse conhecimento básico através das revisões periódicas, mas só pegaria mais pesado em PDFs de questões resolvidas na reta final.
              INDICO: PDFs do Vitor Cruz (Vampiro) ou da Nadia Carolina (estratégia). São objetivos, falam mais do que cai p/ fiscal mesmo. Eu não estudaria em vídeo para essa disciplina. Apesar de ter tido uma aula de cidadania com o Sylvio Motta, acho o peso baixo para perder tempo com vídeo aqui.

              2) Módulo intermediário: Direito administrativo, Matemáticas, Administração geral e pública e Auditoria

              Direito Administrativo: Vale a mesma coisa que falei para constitucional. Edital muito extenso e baixo custo-benefício pra área fiscal. Pegue os materiais em PDF mais objetivos possíveis, não faça aulas em vídeo (apesar de eu ter aprendido com o brilhante Gustavo Barchet), e só se aprofunde na reta final.
              INDICO: PDFs do Cyonil Borges. Falam muito bem do livro do Gustavo Knoplock, mas não o li.

              Matemáticas: muito cuidado. Assunto extenso e bem traiçoeiro pra quem não gosta de números. Vale a pena medir o quanto você quer e poderá avançar nessas matérias (Raciocínio lógico, matem. Financeira e estatística). Eu sou de exatas, encarei TUDO e fui bem nas provas. Mas talvez valha a pena tentar aprender apenas o básico de cada capítulo (famosas “questões de graça”) ou até mesmo não aprender nada e chutar tudo no dia da prova (desde que seu concurso não tenha mínimo por matéria). Eu, sinceramente, aprenderia apenas o que é mais fácil em cada capítulo. Muita coisa é mera aplicação de fórmula. Coisa simples mesmo. Até mesmo em estatística, muita coisa é respondida com mera aplicação de fórmulas. Coisa de 1 minuto na hora da prova.
              INDICO: exercícios resolvidos e comentados, muitos, em PDF Original (pra você poder tirar dúvidas direto com o professor). Indico também as aulas em vídeo do prof. Sérgio Carvalho (ele é muito didático pra quem tem dificuldade). Eu estudei com o Arthur Lima (estratégia), e também com o Vitor Menezes (EVP), mas matemática é ao gosto do freguês, vc precisa se identificar com o professor, não sei se existe unanimidade por aqui, até pq matemática é muito heterogênea no nível de conhecimento dos concurseiros.

              Administração geral e pública: muita decoreba, muita questão capciosa e subjetiva, mas quem encarar, mesmo não acertando tudo nos exercícios, vai se dar bem na prova. Matéria rápida pra vencer e pra ganhar ponto quem estudou. A dica é fazer muito exercício.
              INDICO: Rodrigo Renno (tanto em vídeo no EVP quanto em PDFs).

              Auditoria: exatamente o mesmo que escrevi para Administração.
              INDICO: Davi Barreto (tanto em vídeo quanto em PDFs).

              3) Módulo de matérias de baixo custo benefício: direito civil, direito penal, direito empresarial, atualidades, inglês (apenas p/ quem não sabe nada).

              Não vou indicar ninguém aqui. Estudei para todas essas, mas não indico fazerem o que eu fiz. Aqui a ideia é chegar na reta final e fazer uma projeção de quão bem você está nas básicas e intermediárias. Se tiver feito bem o dever de casa, não dependerá dessas matérias aqui e poderá se dar ao luxo de não estudá-las. Se a conta não fechar, vai ter que angariar pontos aqui, mas aí indicaria o material em PDFs mais objetivo que você encontrar, e se aprofundar pouco, apenas o suficiente para acertar as questões mais “de graça” da prova. Mais vale arrepiar em matérias de muito peso do que perder tempo aqui. Fuja de materiais grandes, foco em questões de prova para ÁREA FISCAL, pq prova pra juiz, promotor, delegado, etc, é muito mais aprofundado.

              4) Módulo de matérias específicas: legislações tributárias federais (receita), estaduais (ICMSs) e municipais (ISSs), matérias da receita federal (aduaneira, Comércio exterior, etc.), Economia e finanças públicas**, TI, Informática, Contabilidade pública e etc.

              Notaram o “etc.”? Pois é. É aqui que o examinador brinca e ri da cara do concurseiro na hora que solta o EDITAL. Ele vai colocar o que der na telha pra você estudar de última hora. Muita calma e planejamento p/ decidir se vai estudar, dar uma lida básica ou largar mão de alguma coisa aqui. Provavelmente a parte tributária específica virá com peso alto, bem como as matérias específicas da Receita (p/ quem for fazer). A ideia é analisar o custoxbenefício e se dedicar naquilo que vale ponto.
              Economia: é chata, trabalhosa e indico apenas o Heber Carvaho (vídeo ou PDFs). Você vai sofrer muito, mas se estudar, vai acertar questões na prova.
              Finanças públicas: ramo da economia mais fácil. Vale a pena o custoxbenefício. Não recomendo vídeos.
              Matérias da Receita: recomendo PDFs do Rodrigo Luz e do Ricardo Vale. Não recomendo vídeos.
              Legislações tributárias específicas: recomendo que façam o curso com alguém que DOMINE a tal legislação específica. Não basta ser professor de Direito Tributário, tem que trabalhar e ser especialista no tributo que deve ser estudado.
              TI e Informática: Patrícia quintão em PDFs. Ela é fera e com ela eu arrepiei nas provas.
              Contabilidade pública: graças a Deus não aprendi e não caiu no ICMS SP.

              Comentário

              • wrocha84
                • 03/05/11
                • 2734

                #8
                Re: Como eu, wrocha84, fui aprovado no concurso do ICMS SP 2013

                O PULO DO GATO – ROTINA e REVISÕES PERIÓDICAS

                Estou convicto que de todas as sugestões que eu poderia dar para alguém passar, a mais importante se resume em “rotina e revisões periódicas” do assunto estudado.
                Rotina significa hábito, ou seja, dia certo, hora certa, local certo, método certo, livro certo, tudo rotineiro, pra seu cérebro se acostumar com o hábito.... Todos sabem que o nosso cérebro gosta de repetição, mas quando estudamos p/ concurso, bombardeamos nosso cérebro com novidades diárias. A única forma de compensar essa sobrecarga, é ROTERIZANDO e HABITUANDO o máximo do estudo p/ o cérebro tomar o mínimo de decisões acessórias ao foco que é estudo em si. Se vc já sabe que dia, como e o que estudar, o cérebro já sabe como fazer e a coisa se automatiza. Estipule rotinas e metas diárias, semanais, mensais, semestrais e anuais. Faça um roteiro e CUMPRA o roteiro. Siga padrões definidos, não fique pingando de método e livro e professor e estratégia. Eventualmente, mudanças devem ser feitas, mas a questão deve ser pontual. A hora de estudar e planejar é ANTES de começar a meter a mão na massa. Passe 1 mês, 2 meses estudando as melhores estratégias e técnicas. Estude 1 única matéria-demo para testar isso. Depois PADRONIZE e siga em frente.

                REVISÕES PERIÓDICAS:

                não demore mais de 1 mês para revisar um capítulo estudado. Matéria sem revisão é matéria esquecida e é serviço dobrado pra reaprender. Quanto mais periódica é a revisão, mais rápido fica revisar da próxima vez. Ah, mas como farei com tanta matéria? Não sei. Eu inventei um método (procurem dentre os meus tópicos criados no fórum), mas não importa o jeito, vc precisa criar uma ROTINA de revisão e segui-la. Não adianta: estudou, revise para sempre, até passar no concurso. Quanto mais difícil, quanto mais vc se esquece, mais constante deve ser a revisão. Quanto mais domínio, quanto mais fácil, aí vc pode espaçar mais o período das revisões. Eu já cheguei a revisar um livro de 1000 (mil) páginas em um único dia, mas para isso, as revisões e anotações estavam tão repetidas e automatizadas, que bastava abrir a folha e já sabia do que se tratava (memória fotográfica). Quanto mais vc muda de matéria, muda de método, muda as anotações, menos ROTINA, menos memória fotográfica.

                Comentário

                • wrocha84
                  • 03/05/11
                  • 2734

                  #9
                  Re: Como eu, wrocha84, fui aprovado no concurso do ICMS SP 2013

                  LINKS DE POSTAGENS MINHAS NO FÓRUM QUE APROFUNDAM EM ALGUNS TEMAS QUE JULGO SEREM RELEVANTES
                  http://www.forumconcurseiros.com/for...d.php?t=294414
                  http://www.forumconcurseiros.com/for...d.php?t=328487
                  http://www.forumconcurseiros.com/for...d.php?t=328860
                  http://www.forumconcurseiros.com/for...d.php?t=331831
                  http://www.forumconcurseiros.com/for...d.php?t=296995
                  http://www.forumconcurseiros.com/for...d.php?t=327582
                  http://www.forumconcurseiros.com/for...d.php?t=309503

                  **** o resumo do que hoje creio ser ideal está neste relato, mas os links acima sucitaram discussões na minha fase de concurseiro e me fizerem crescer e solidificar as minhas crenças e estratégias ao longo da preparação. Eu fui mudando de ponto de vista ao longo do caminho, portanto relevem algumas incongruências entre o que digo agora e o que já deixei escrito ao longo do caminho nesse fórum, ok?!

                  Comentário

                  • wrocha84
                    • 03/05/11
                    • 2734

                    #10
                    Re: Como eu, wrocha84, fui aprovado no concurso do ICMS SP 2013

                    AGRADECIMENTOS

                    Agradeço a Deus acima de tudo. Agradeço aos meus pais, que fizeram de tudo para que eu chegasse à fase adulta com autonomia para ter sucesso e realização nas minhas escolhas. Agradeço a minha esposa, que só me fez crescer e acreditar no poder transformador de relação marcada pela cumplicidade. Agradeço aos meus familiares e amigos, que nunca me julgaram e acreditavam no meu sucesso. Agradeço a alguns colegas de trabalho que me ensinaram a respeitar o serviço público e a batalhar para crescer dentro do serviço público. Agradeço aos mestres que realmente vivem o magistério com PRAZER, perdendo noites, fins de semana, auxiliando os seus alunos e tentando fazer o melhor de si para mudar a realidade da educação profissional nesse país. Por fim, agradeço aos colegas concurseiros, que já passaram ou que ainda estão nessa maratona, batalhando e se ajudando, sem egoísmo, entendendo que somos todos parceiros nessa jornada, entendendo que quanto mais gente boa e consciente entrar para o serviço público, melhor. A hora de cada um de vocês vai chegar, basta pagarem o preço com disciplina, motivação e sem desistir diante dos tropeços e obstáculos da vida até o nome de vocês aparecer no diário oficial.

                    Comentário

                    • wrocha84
                      • 03/05/11
                      • 2734

                      #11
                      Re: Como eu, wrocha84, fui aprovado no concurso do ICMS SP 2013

                      CONSIDERAÇÕES FINAIS

                      Eu acredito que qualquer um que não tenha grandes dificuldades cognitivas (retardo) ou grandes obstáculos pessoais que o impeçam de ter tempo para estudar (doença, problemas sérios de tempo difíceis de se superar), conseguem passar num concurso TOP. Sacrifícios serão feitos, o tempo para uns será maior do que para outros, mas quem tiver determinação, disciplina e paciência, vai perseverar. O estudo p/ concurso é uma atividade de médio prazo que depende muito de VOCÊ. Não teremos ninguém nos levando pela mão, obrigando a seguir prazos de entrega ou nos motivando na hora de desânimo. Temos que aprender a seguir em frente por conta própria. Qual concurso será o seu é difícil de prever, mas dá pra saber com relativa segurança que a aprovação VIRÁ, mais cedo ou mais tarde, pois se vc todo dia está estudando com os melhores materiais, num método bom, é só questão de tempo para os concorrentes mais bem preparados passarem e saírem da disputa e sua vez chegar. Concurso sempre haverá, vagas sempre abrirão. Uma faculdade ou um MBA não são certeza de nada. Concurso público, passou é certeza de que vai ganhar aquele salário, trabalhar naquela instituição e sob aquelas regras. Há transparência SIM, há meritocracia SIM, quer pagar o preço? Comece a estudar e só pare quando passar.

                      segue meu resultado FINAL (definitivo), retirado do site da FCC:

                      Last edited by wrocha84; Wed, 10/07/13, 07:18 PM.

                      Comentário

                      • _Devan_
                        • 23/10/12
                        • 354

                        #12
                        Re: Como eu, wrocha84, fui aprovado no concurso do ICMS SP 2013

                        Simplesmente espetacular!

                        É um privilégio ter pessoas como você para guiar a jornada de tantos. Sempre serás uma inspiração para mim, e para muitos outros também meu caro.

                        Parabéns novamente pelo sucesso, e também pelo excelente acervo montado no forum, vou reler os textos sempre que necessário, e recomendar aos amigos também.

                        Grande abraço!

                        PS: Te mandei uma mensagem privada, por favor responda!
                        Last edited by _Devan_; Thu, 30/05/13, 09:00 PM.

                        Comentário

                        • Keyla Ramos
                          • 25/01/13
                          • 66

                          #13
                          Re: Como eu, wrocha84, fui aprovado no concurso do ICMS SP 2013

                          Originally posted by _Devan_ View Post
                          Simplesmente espetacular!

                          É um privilégio ter pessoas como você para guiar a jornada de tantos. Sempe serás uma inspiração para mim, e para muitos outros também meu caro.

                          Parabéns novamente pelo sucesso, e também pelo excelente acervo montado no forum, vou reler os textos sempre que necessário, e recomendar aos amigos também.

                          Grande abraço!
                          Queria ser a primeira a comentar, Devan!!! kkk

                          uau!!!
                          o post mais esperado do ano finalmente saiu! E como saiu, hein!!!
                          Parabéns, Wrocha!
                          Vc foi alguém que inspirou muitos! E vai inspirar mais ainda...

                          Comentário

                          • Mony78
                            • 20/04/13
                            • 14

                            #14
                            Re: Como eu, wrocha84, fui aprovado no concurso do ICMS SP 2013

                            Obrigado por partilhar sua história!
                            Minha área é totalmente diferente da maioria dos integrantes do fórum, sou bibliotecária, mas as dicas são preciosas e decisivas.
                            Suas dicas vão ajudar muito.

                            Abraços e sucesso!

                            Comentário

                            • Fê_Caput
                              • 31/03/12
                              • 82

                              #15
                              Re: Como eu, wrocha84, fui aprovado no concurso do ICMS SP 2013

                              Meuu.. Vc é meu ídolo! (usei teu diário de reta final de inspiração pra criar um blog e me cobrar - por falar nisso cade ele? Apagou?)

                              Mas agora lendo sua história, me deu uma super animação! Tanta coisa parecida, até no TJSP passei agora, haha (espero que eu não tenha que desistir pra dar conta de estudar..)

                              Parabéns pela vitória! Gostei muito mesmo da sua narrativa! =)

                              Comentário

                              • Keyla Ramos
                                • 25/01/13
                                • 66

                                #16
                                Re: Como eu, wrocha84, fui aprovado no concurso do ICMS SP 2013

                                Originally posted by Fê_Caput View Post
                                Meuu.. Vc é meu ídolo! (usei teu diário de reta final de inspiração pra criar um blog e me cobrar - por falar nisso cade ele? Apagou?)

                                Mas agora lendo sua história, me deu uma super animação! Tanta coisa parecida, até no TJSP passei agora, haha (espero que eu não tenha que desistir pra dar conta de estudar..)

                                Parabéns pela vitória! Gostei muito mesmo da sua narrativa! =)
                                Seu blog tá ótimo, Fê! Parabéns!
                                De início eu tbm pensei em criar um blog, mas como meu tempo é curto e vi que eu não ia dar continuação a ele (pq blog dá muito trabalho! Mas eu amo!)...

                                Neste domingo iniciarei meu estudo pra valer. E como opção de motivação, farei um "diário" compartilhado (na verdade será apenas um relato semanal dos estudos) para todos os concurseiros INICIANTES COMO EU que quiserem postar sua rotina o fazerem nesse espaço.

                                O Wrocha é uma inspiração para todos nós!

                                Comentário

                                • juci_bris
                                  • 17/03/12
                                  • 25

                                  #17
                                  Re: Como eu, wrocha84, fui aprovado no concurso do ICMS SP 2013

                                  Olha, uns dos depoimentos mais esperados...

                                  Meus parabéns, a você e a sua esposa!! Meu esposo me apóia d++ tb.

                                  Vc falou de algo que me cobro d+. Eu faço assim: estudo detalhado + resumo+ exercícios + revisão +2, +7+15+30d pra depois reprogramar tudo de novo...

                                  quando faço revisão sempre faço exercícios, mas me cobro com as pontuações que faço naquele dia. Se faço 81%, acho q fui péssima, abaixo de 80 então chega a ser um choque....eu achava q ao menos nos sites de questões teria que ficar perto de 100 e fico tãoooo mais aliviada de tirar essa carga dos meus ombros.

                                  Obrigada por compartilhar sua jornada conosco.

                                  Sejam muito felizes nessa nova jornada!!!

                                  Comentário

                                  • Gannicus
                                    • 15/04/12
                                    • 284

                                    #18
                                    Re: Como eu, wrocha84, fui aprovado no concurso do ICMS SP 2013

                                    rapaz do céu parabens, principalmente pelas indicações bibliográficas xDDD
                                    minha historia de concurseiro eh tao curtinha perto dessa

                                    será um prazer conhecê-lo no CF (se tiver algum é claro)

                                    Comentário

                                    • and bruno
                                      • 22/09/09
                                      • 410

                                      #19
                                      Re: Como eu, wrocha84, fui aprovado no concurso do ICMS SP 2013

                                      Um dos melhores depoimentos do FC. Aliás, já acompanhava seus posts a um bom tempo.

                                      Parabéns cara... q Deus te abençoe no ICMS-SP e q vc continue enriquecendo nosso fórum com suas dicas e comentários sempre proveitosos.

                                      Comentário

                                      • Aquaman
                                        • 14/12/12
                                        • 154

                                        #20
                                        Re: Como eu, wrocha84, fui aprovado no concurso do ICMS SP 2013

                                        Um dos melhores depoimentos que li. Brother, vc é cara hehe. Engraçado que ficou enorme o depô, mas quando acaba, dá vontade de continuar lendo ao perceber que passou rápido a leitura. Parabéns pela vitória! E agora quais os próximos sonhos? Vai se aposentar dos estudos? Abç.
                                        Last edited by Aquaman; Fri, 31/05/13, 08:49 AM.

                                        Comentário

                                        • annie hall
                                          • 09/04/09
                                          • 410

                                          #21
                                          Re: Como eu, wrocha84, fui aprovado no concurso do ICMS SP 2013

                                          Obrigada por postar, estava ansiosa por esse depoimento. Muito bacana mesmo. E parabéns pela aprovação.

                                          Comentário

                                          • neotonico
                                            • 19/05/09
                                            • 433

                                            #22
                                            Re: Como eu, wrocha84, fui aprovado no concurso do ICMS SP 2013

                                            Sempre acreditei em vc ,tinha dia que pensava -caramba se esse kara não passar ,será que um dia eu posso passar -Boa sorte na vida e continue ajudando a galera aqui do fórum .
                                            Acho que tem pessoas que tem dons ,vc tem um jeito de explanar que flui com naturalidade .Vc não pode sair dessa vida concurseira ,daria um excelente consultor .

                                            Comentário

                                            • wrocha84
                                              • 03/05/11
                                              • 2734

                                              #23
                                              Re: Como eu, wrocha84, fui aprovado no concurso do ICMS SP 2013

                                              Originally posted by juci_bris View Post
                                              Olha, uns dos depoimentos mais esperados...

                                              Meus parabéns, a você e a sua esposa!! Meu esposo me apóia d++ tb.

                                              Vc falou de algo que me cobro d+. Eu faço assim: estudo detalhado + resumo+ exercícios + revisão +2, +7+15+30d pra depois reprogramar tudo de novo...

                                              quando faço revisão sempre faço exercícios, mas me cobro com as pontuações que faço naquele dia. Se faço 81%, acho q fui péssima, abaixo de 80 então chega a ser um choque....eu achava q ao menos nos sites de questões teria que ficar perto de 100 e fico tãoooo mais aliviada de tirar essa carga dos meus ombros.

                                              Obrigada por compartilhar sua jornada conosco.

                                              Sejam muito felizes nessa nova jornada!!!

                                              Juci,

                                              eu acho que este ponto foi um dos que mais me atrasou.

                                              Duas armadilhas:

                                              1) querer saber tudo.
                                              2) não revisar adequadamente ou desistir da matéria no meio, pq tá difícil.


                                              Eu passei 6 meses nas básicas, era MUITO fera nelas, sabia todas as polêmicas, ficava HORAS no fórum discutindo alguma questão capciosa. Quando eu percebi que era perda de tempo e mais valia estudar 100 páginas de assunto novo a ficar lutando com 1 única questão que provavelmente não se repetirá, tudo mudou....

                                              O mesmo vale com as revisões e ir até o fim com a matéria. Só domei a contabilidade, quando fui com o livro do 3D até o fim, sem desistir na hora que o bixo pegava.


                                              LEMBREM-SE: vocês precisam fechar o edital com um índice de acerto de 70%. O detalhe se decidirá na reta final, na hora das últimas revisões.
                                              O importante na preparação é sempre AVANÇAR no longo edital com objetividade e muitas questões de prova comentadas.

                                              Abraços.

                                              Comentário

                                              • wrocha84
                                                • 03/05/11
                                                • 2734

                                                #24
                                                Re: Como eu, wrocha84, fui aprovado no concurso do ICMS SP 2013

                                                Originally posted by Aquaman View Post
                                                Um dos melhores depoimentos que li. Brother, vc é cara hehe. Engraçado que ficou enorme o depô, mas quando acaba, dá vontade de continuar lendo ao perceber que passou rápido a leitura. Parabéns pela vitória! E agora quais os próximos sonhos? Vai se aposentar dos estudos? Abç.
                                                Cara, o futuro é sempre uma caixinha de surpresas, mas hoje penso que quero entrar para ser um excelente AFR_SP e curtir meu cargo por muitos e muitos anos. Estudar para me reciclar na profissão, mas não vislumbro outro cargo público no momento não. O salário me atrai, o local de lotação me atrai, a função me atrai.... Veremos o que a vida nos trará nos próximos capítulos...

                                                Comentário

                                                • wrocha84
                                                  • 03/05/11
                                                  • 2734

                                                  #25
                                                  Re: Como eu, wrocha84, fui aprovado no concurso do ICMS SP 2013

                                                  Originally posted by neotonico View Post
                                                  Sempre acreditei em vc ,tinha dia que pensava -caramba se esse kara não passar ,será que um dia eu posso passar -Boa sorte na vida e continue ajudando a galera aqui do fórum .
                                                  Acho que tem pessoas que tem dons ,vc tem um jeito de explanar que flui com naturalidade .Vc não pode sair dessa vida concurseira ,daria um excelente consultor .
                                                  Já decidi que serei consultor, mas no momento serei consultor da minha linda mulherzinha. Ela decidiu fazer uma experiência de 1 ano e estudar para o próximo AFR_SP. Se tudo der certo, quem sabe eu não aumento minhas fronteiras de atuação??? Rsrss...

                                                  Eu prometi a mim mesmo que, a exemplo do filme "A corrente do bem -pay it forward", eu iria ajudar 3 pessoas carentes a passar num concurso público e depois falar para elas ajudarem mais 3 pessoas cada uma.

                                                  Saldo final: no mínimo, pretendo ser consultor de 4 pessoas na vida (de graça), mas primeiro a preferência é da patroa... Daqui a uns 2 anos eu cumpro a promessa da corrente... kkkkk
                                                  Last edited by wrocha84; Fri, 31/05/13, 05:41 PM.

                                                  Comentário

                                                  • _Devan_
                                                    • 23/10/12
                                                    • 354

                                                    #26
                                                    Re: Como eu, wrocha84, fui aprovado no concurso do ICMS SP 2013

                                                    Originally posted by wrocha84 View Post
                                                    Já decidi que serei consultor, mas no momento serei consultor da minha linda mulherzinha. Ela decidiu fazer uma experiência de 1 ano e estudar para o próximo AFR_SP. Se tudo der certo, quem sabe eu não aumento minhas fronteiras de atuação??? Rsrss...

                                                    Eu prometi a mim mesmo que, a exemplo do filme "A corrente do bem -pay it forward", eu iria ajudar 3 pessoas carentes a passar num concurso público e depois falar para ela ajudarem mais 3 pessoas cada uma.

                                                    Saldo final: no mínimo, pretendo ser consultor de 4 pessoas na vida (de graça), mas primeiro a preferência é da patroa... Daqui a uns 2 anos eu cumpro a promessa da corrente... kkkkk
                                                    Tenho exatamente a mesma meta em andamento meu caro, e te digo: vale muito a pena! Só não deixe essa promessa esmorecer, pois senão você perde a técnica com o tempo!

                                                    Comentário

                                                    • netolcc06
                                                      • 14/03/13
                                                      • 29

                                                      #27
                                                      Re: Como eu, wrocha84, fui aprovado no concurso do ICMS SP 2013

                                                      Parabéns, rapaz. Acho que esse seu depoimento foi o mais útil que li até hoje. Identifiquei-me com todas as partes e tocou em dilemas importantes presentes na preparação.

                                                      Gostaria de lhe desejar felicidades no futuro trabalho e lhe fazer uma breve pergunta: qual(is) editores de pdf vc utilizava p fazer as marcações?

                                                      Comentário

                                                      • wrocha84
                                                        • 03/05/11
                                                        • 2734

                                                        #28
                                                        Re: Como eu, wrocha84, fui aprovado no concurso do ICMS SP 2013

                                                        Originally posted by Gannicus View Post
                                                        rapaz do céu parabens, principalmente pelas indicações bibliográficas xDDD
                                                        minha historia de concurseiro eh tao curtinha perto dessa

                                                        será um prazer conhecê-lo no CF (se tiver algum é claro)
                                                        Olha,

                                                        não precisa de CF, não. Basta marcarmos num boteco bacana, rsrss.

                                                        Qq coisa, manda MP e a gte combina, rsrs...

                                                        Abraços.

                                                        Comentário

                                                        • wrocha84
                                                          • 03/05/11
                                                          • 2734

                                                          #29
                                                          Re: Como eu, wrocha84, fui aprovado no concurso do ICMS SP 2013

                                                          Originally posted by netolcc06 View Post
                                                          Parabéns, rapaz. Acho que esse seu depoimento foi o mais útil que li até hoje. Identifiquei-me com todas as partes e tocou em dilemas importantes presentes na preparação.

                                                          Gostaria de lhe desejar felicidades no futuro trabalho e lhe fazer uma breve pergunta: qual(is) editores de pdf vc utilizava p fazer as marcações?
                                                          Foxit Reader no PC e EzPdf no android.

                                                          Abçs.

                                                          Comentário

                                                          • Afrpalmeira
                                                            • 25/03/13
                                                            • 141

                                                            #30
                                                            Re: Como eu, wrocha84, fui aprovado no concurso do ICMS SP 2013

                                                            Parabéns!

                                                            Comentário


                                                            Working...
                                                            X