Announcement

Collapse
No announcement yet.

Poeira Respirável [Questão de Prova]

Collapse
X
  • Filter
  • Hora
  • Mostrar
Limpar tudo
new posts
  • atiladias
    • 28/02/14
    • 56

    Poeira Respirável [Questão de Prova]

    Caros,
    Venho compartilhar mais uma questão problemática com vocês. Dessa vez, sobre avaliação ocupacional de poeira de sílica. A prova foi da FUNCAB, para a Empresa de Desenvolvimento Urbano – EMDUR da prefeitura de Porto Velho (RO), cargo de Técnico de Segurança.
    A questão é:

    Questão 48
    O técnico de segurança do trabalho de uma indústria de extração de pedra, areia e argila, com o objetivo de avaliar as condições de insalubridade ou não de um determinado posto de trabalho, realizou uma medição ambiental de poeira respirável. Os valores da medição ambiental, bem como outras informações adicionais, encontram-se na tabela abaixo.

    O Limite de Tolerância (LT), a Concentração encontrada (C), e a atividade são respectivamente:
    A) LT = 1,60 mg/m3 , C = 1,11 mg/m3 e salubre.
    B) LT = 1,80 mg/m3 , C = 1,45 mg/m3 e salubre.
    C) LT = 2,00 mg/m3 , C = 1,52 mg/m3 e salubre.
    D) LT = 1,40 mg/m3 , C = 1,60 mg/m3 e insalubre.
    E) LT = 1,50 mg/m3 , C = 2,00 mg/m3 e insalubre.
    O gabarito é a letra A, mas eu não consigo chegar ao valor de concentração da alternativa, apenas ao do limite de tolerância. Acompanhem, por favor:

    Limite de Tolerância
    LT (respirável) = 8/(2+SiO2%) = 8/(2+3) = 1,6mg/m³

    Concentração
    Tempo = 10h15 – 7h15 = 3h = 180min
    Volume amostrado = (1,9+1,7)/2 litros/min x 180min = 324 litros = 0,324m³
    Massa amostrada = 26,0mg – 24,0mg = 2,0mg
    Concentração = Massa/Volume = 2,0mg/0,324m³ = 6,2mg/m³

    Enfim, nem é pouco diferente do valor da alternativa, é quase 6 vezes mais!
    O gabarito definitivo não foi alterado. Mas eu já refiz essas contas umas dez vezes.
    Alguém consegue identificar meu erro (se é que fui eu que errei)?
  • nilton.carvalho
    • 27/03/14
    • 2

    #2
    Prezado atiladias, realmente é esquisito.
    Segui seus cálculos e tentei até re-interpretar com base nos dois métodos de cálculo e seus parâmetros (Poeira Total e Respirável), mudei parâmetros e nada encaixa.
    Parece que foi um erro mesmo da banca.

    Abraço

    Comentário

    • luizcjs88
      • 12/10/14
      • 1

      #3
      cabe recurso, realmente não tem a concentração certa nas respostas

      Comentário

      • Midiã Santana 2
        • 08/02/15
        • 2

        #4
        Então...
        Desculpem-me a intromissão, faz dois anos que estou estudando pra provas de segurança do trabalho e eu tive que descobrir sozinha como resolver questões desse tipo e outros tipos também [Ruído, Calor, Agentes Químicos (Que é um saco fazer aquilo), Acidentes de Trabalho, etc.]
        Eu também achava que esse tipo de questão cabia recurso (Já que o examinador castiga a gente), até que um dia de tanto quebrar a cabeça (Um mês tentando resolver essas questões), eu consegui resolve-las, até agora não errei nenhuma na hora da prova, vamos ver nos próximos concursos.


        Logo, vamos à resolução
        Obs. Meu raciocínio é um pouco lento, então se houver redundância, perdão, é assim que eu costumo estudar.

        DADOS DA QUESTÃO:
        Q Inicial = 1,9L/minuto
        Q Final = 1,7L/minuto
        Massa Inicial = 24,0
        Massa Final = 26,0

        Q = Vazão (Colocado inutilmente em algumas bancas pra te confundir... Brincadeira, é por outro motivo que não interessa no momento)

        Fórmulas que vamos utilizar
        Tempo total
        T = Tf-Ti
        Massa
        M= Mf-Mi

        Vazão média
        Q= Qf-Qi/2

        (Nota - Descobri essa fórmula em um livro de Química, acho, nunca a ví isso em Segurança do Trabalho)

        Volume
        V= (Q x T) /1.000

        Concentração
        C=M/V

        APLICAÇÃO DAS FÓRMULAS
        • TEMPO TOTAL
        Converter antes ou depois, dá no mesmo

        T = Tf-Ti
        DADOS DA QUESTÃO
        Tempo Inicial = 07:15 horas
        Tempo Final = 10:15 horas

        APLICAÇÃO DA FÓRMULA

        POSSO FAZER ASSIM
        10:15-07:15 = 3:00
        3:00* 60 = 180
        Tempo final = 180

        É 60 PORQUE 1 HORA TEM 60 MINUTOS

        OU ASSIM

        Tempo Inicial = 7:15
        60*7 = 420
        420 + 15 (minutos) = 435

        Tempo Final = 10:15
        60*10 = 600
        600 + 15 (minutos) = 615

        615-435=180
        Tempo final = 180
        • VAZÃO MÉDIA
        Q=Qf-Qi/2

        DADOS DA QUESTÃO
        Q Inicial = 1,9L/minuto
        Q Final = 1,7L/minuto

        APLICAÇÃO DA FÓRMULA
        Q= 1,9-1,7/2
        Q= 1,9-1,7=0,2
        Q = 0,2/2
        Q = 0,1
        • MASSA FINAL
        Massa – Mf-Mi

        DADOS DA QUESTÃO
        Massa Inicial = 24,0
        Massa Final = 26,0

        APLICAÇÃO DA FÓRMULA
        M=26-24=2
        Massa final = 2

        DADOS NOVOS DA QUESTÃO:
        M=2
        T=180
        Q = 0,1L/minuto

        APLICAÇÃO DA FÓRMULA
        V = (Q x T) /1.000
        Q – 0,1
        T – 180

        V = (Q x T)/1.000
        V= 0,1 * 18/1.000
        V= 1,8/1000
        V= 0,0018
        PELO AMOR DE DEUS, EU VOU DEIXAR COMO 1,8 MESMO, A SEQUÊNCIA DE NÚMEROS VAI SER A MESMA, SÓ VAI MUDAR A POSIÇÃO DA VÍRGULA.


        DESCOBRIMOS A CONCENTRAÇÃO

        DADOS DA QUESTÃO
        M = 2
        V = (Descoberto acima) = 0,0018 (Vou colocar 1,8)

        APLICAÇÃO DA FÓRMULA
        C=M/V
        C = 2 / 1, 8
        C = 1,11...
        (LETRA A, COMO O COLEGA DISSE)

        Se eu tivesse colocado 0,0018
        C = 2 / 0,0018
        C = 1111,11...
        DEU A SEQUENCIA DE 1 DE QUALQUER MANEIRA, SÓ MUDOU A POSIÇÃO DA VÍRGULA

        Espero ter ajudado atiladias,

        Qualquer outra questão, podem postar que eu tento resolver...

        Comentário

        • OssoRock
          • 09/01/14
          • 1

          #5
          Midiã, você chegou no resultado mas a fórmula da vazão média que você utilizou não está correta. As vazões devem ser somadas e a soma dividida por 2, como o atiladias fez. Na verdade você descobriu qual foi o erro da banca (erro de quem elaborou a questão).
          E parabéns por explicar tão detalhadamente o cálculo.

          Comentário

          • markexguh
            • 05/01/17
            • 1

            #6
            E nessa questão aqui, alguém consegue me ajudar?

            Um amostrador de ar opera com 2 litros por minutos e é usado para coletar particulados de SiO2 (Sílica respirável) no processo
            de jateamento de areia. Na análise laboratorial, descreve os seguintes dados:
            − Massa inicial da amostra: 2,0 mg
            − Massa de SiO2 encontrada nesta amostra: 0,3 mg
            − Tempo de exposição: 6 horas e 15 minutos
            − Meio de coleta: Cassete com membrana de PVC acoplada com ciclone

            A partir desses dados, a concentração de SiO2, na amostra é, aproximadamente,

            (A) 0,50 mg/m3
            (B) 0,35 mg/m3
            (C) 0,40 mg/m3
            (D) 0,30 mg/m3
            (E) 0,45 mg/m3

            Dados:
            Volume = Vazão × tempo

            Gabarito: C

            Obrigado.

            Comentário


            Working...
            X