Anúncio

Anúncio Module
Collapse
No announcement yet.

Diferença entre recurso admitido e recurso conhecido.

Page Title Module
Mover Remover Collapse
X
Conversation Detail Module
Collapse
  • Filtrar
  • Hora
  • Mostrar
Limpar Tudo
new posts
  • Rafael Nogueira
    • 16/03/11
    • 273

    Diferença entre recurso admitido e recurso conhecido.

    Olá pessoal, estou num dilema:Que eu saiba o recuso ele é admitido pelo juiz, relator e etec, quando preenchidos os requisitos recursais extrinsecos e intrinsecos.Estando tudo em conformidade, o recurso será conhecido pelo juíz ou tribunal para que seja provido ou improvido?

    Participem, e fico agradecido por quem puder dar uma luz.
  • -=|zami|=-
    • 24/09/06
    • 1819

    #2
    Re: Diferença entre recurso admitido e recurso conhecido.

    não sei se há diferença. creio q não. veja, no juízo de admissibilidade dos recursos, haverá essa análise q vc citou qto os requisitos. a conclusão, smj, será pelo conhecimento ou não do recursos.
    a partir daí, ocorre a análise do mérito quando, então, ele será provido ou improvido.

    correções, acréscimos, por favor...

    valeu!

    Comentário

    • Srocha
      • 12/07/11
      • 7

      #3
      Re: Diferença entre recurso admitido e recurso conhecido.

      No meu humildoe entendimento a "admissibilidade" é feita pelo Juiz ou tribunal originário e o "conhecimento" do recurso é feito pelo tribunal que irá julgar o recurso.

      Só a título de exemplo cito o trecho abaixo retirado do http://www.prt22.mpt.gov.br/artigos/trabmach1.pdf, que embora fale sobre o tramite do Recurso de Revista, também pode ser aplicado a outros recursos.

      Quando o recurso é admitido, ainda não significa que ele será conhecido pelo Tribunal Superior do Trabalho, pois aquele despacho de admissibilidade primário, quando o Exmo. Presidente do TRT faz uma análise da presença dos pressupostos recursais, não vincula o juízo ad quem, sendo que no TST mais uma vez o recurso será submetido ao crivo do juízo de admissibilidade, agora em caráter definitivo, quando muitos dos recurso recebidos no Tribunal de origem têm o seu conhecimento negado por despacho do Ministro Relator
      (art. 896, § 5º, da CLT).

      Comentário



      Working...
      X