Anúncio

Anúncio Module
Collapse
No announcement yet.

q 12. TJ/PI juiz substituto

Page Title Module
Mover Remover Collapse
X
Conversation Detail Module
Collapse
  • Filtrar
  • Hora
  • Mostrar
Limpar Tudo
new posts
  • Arafat
    • 10/12/07
    • 452

    q 12. TJ/PI juiz substituto

    Questão parecida com a discursiva do TCU/08.
    Alguém poderia fazer uma breve explanação sobre cada tópico.

    Maria teve o seu pedido de aposentadoria no serviço
    público federal acatado pelo seu órgão de origem, com base em
    parecer jurídico. No entanto, o TCU, no exercício da sua
    competência de apreciar tal ato, para fins de registro, entendeu
    pela sua ilegalidade.
    Com base na situação hipotética acima, julgue os itens a seguir,
    relativos a atos administrativos, processo administrativo e
    precedentes do STF.

    I O ato de concessão de aposentadoria é composto, uma vez
    que o TCU apenas aprecia a legalidade ou não do ato.
    II Na situação considerada, conforme a Lei n.º 9.784/1999, o
    prazo decadencial para que o TCU anule o ato de concessão
    da aposentadoria é de 5 anos, já que houve boa-fé de Maria e
    o ato questionado lhe foi favorável.
    III Na hipótese em questão, o TCU não poderia anular o referido
    ato sem proporcionar a Maria o direito constitucional da
    ampla defesa e do contraditório.
    IV As decisões do TCU são vinculantes para a Administração
    Pública.

    R.
    I - Errado. Não é composto, e sim complexo;
    II -
    III - Súmula Vinculante 3
    IV -
  • Luiz Henrique Lima
    • 05/07/07
    • 1033

    #2
    Re: q 12. TJ/PI juiz substituto

    Prezado Arafat

    Todos os itens estão errados.

    1) é complexo, e não por esse motivo.

    2) o TCU não anula o ato, nega o seu registro.

    3) idem

    4) nem todas as decisões do TCU são vinculantes (ex.: parecer prévio).

    Bons estudos!

    Comentário

    • Arafat
      • 10/12/07
      • 452

      #3
      Re: q 12. TJ/PI juiz substituto

      muito obrigado, professor


      Postado Originalmente por Luiz Henrique Lima
      Prezado Arafat

      Todos os itens estão errados.

      1) é complexo, e não por esse motivo.

      2) o TCU não anula o ato, nega o seu registro.

      3) idem

      4) nem todas as decisões do TCU são vinculantes (ex.: parecer prévio).

      Bons estudos!

      Comentário

      • ddg
        • 25/11/06
        • 422

        #4
        Re: q 12. TJ/PI juiz substituto

        Esta qustao me gerou uma duvida:
        O que vem a ser exatamente o grifado abaixo ?
        O que o TCU pode apreciar além dos "fins de registro" ?

        Art. 71. O controle externo, a cargo do Congresso Nacional, será exercido com o auxílio do Tribunal de Contas da União, ao qual compete:
        ...
        III - apreciar, para fins de registro, a legalidade dos atos de admissão de pessoal, a qualquer título, na administração direta e indireta, incluídas as fundações instituídas e mantidas pelo Poder Público, excetuadas as nomeações para cargo de provimento em comissão, bem como a das concessões de aposentadorias, reformas e pensões, ressalvadas as melhorias posteriores que não alterem o fundamento legal do ato concessório;

        Comentário

        • ddg
          • 25/11/06
          • 422

          #5
          Re: q 12. TJ/PI juiz substituto

          Esta questao me gerou uma duvida:
          O que vem a ser exatamente o grifado abaixo ?
          O que o TCU pode apreciar além dos "fins de registro" ?

          Art. 71. O controle externo, a cargo do Congresso Nacional, será exercido com o auxílio do Tribunal de Contas da União, ao qual compete:
          ...
          III - apreciar, para fins de registro, a legalidade dos atos de admissão de pessoal, a qualquer título, na administração direta e indireta, incluídas as fundações instituídas e mantidas pelo Poder Público, excetuadas as nomeações para cargo de provimento em comissão, bem como a das concessões de aposentadorias, reformas e pensões, ressalvadas as melhorias posteriores que não alterem o fundamento legal do ato concessório;

          Comentário

          • Guerreira Russa
            • 01/06/09
            • 68

            #6
            Re: q 12. TJ/PI juiz substituto

            apreciar, para fins de registro, a legalidade dos atos de admissão de pessoal, a qualquer título, na administração direta e indireta, incluídas as fundações instituídas e mantidas pelo Poder Público, excetuadas as nomeações para cargo de provimento em comissão, bem como a das concessões de aposentadorias, reformas e pensões, ressalvadas as melhorias posteriores que não alterem o fundamento legal do ato concessório;

            É como o professor falou, analisa o registro - do que está em azul- quando é as aposentadorias, ou seja , excetua-se apenas as nomeações p/ cargos em comissão.
            Espero ter entendido sua dúvia

            Comentário

            • Luiz Henrique Lima
              • 05/07/07
              • 1033

              #7
              Re: q 12. TJ/PI juiz substituto

              Nossa colega Guerreira Russ esclareceu a questão.

              Bons estudos!

              Comentário


              Aguarde...
              X