Anúncio

Anúncio Module
Collapse
No announcement yet.

Ajuste Valor Presente

Page Title Module
Mover Remover Collapse
X
Conversation Detail Module
Collapse
  • Filtrar
  • Hora
  • Mostrar
Limpar Tudo
new posts
  • afrfb9
    • 10/04/09
    • 111

    Ajuste Valor Presente

    Exemplo tirado do CPC 12

    O saldo de ICMS a pagar no montante de $ 10.000, com prazo para pagamento incentivado de cinco anos, sem atualização monetária e com juros de 3% ao ano, pagável em uma única parcela ao fim de 60 meses. Assumindo que a taxa de juros, de acordo com as condições atuais de mercado, seja de 15% ao ano. O valor que reflete o montante, na data da transação, a ser registrado como dedução de vendas e ICMS a pagar é 5764. Decorrido um ano, o saldo de ICMS a pagar será $ 6.629, e o montante de $ 865 será registrado como despesa financeira e assim sucessivamente, até atingir o valor futuro ao fim de 60 meses ($11.593).

    Kazu para chegar aos valores ele pegou 10.000/1,15^5. So nao entendi pq ele nao usou 10.000/1,03^5 Visto que no AVP o usamos a taxa contratual,pactuada na operação......... Esse é algum caso especifico
  • Iuri Iunes
    • 11/03/09
    • 179

    #2
    Re: Ajuste Valor Presente

    Postado Originalmente por afrfb9
    Exemplo tirado do CPC 12

    O saldo de ICMS a pagar no montante de $ 10.000, com prazo para pagamento incentivado de cinco anos, sem atualização monetária e com juros de 3% ao ano, pagável em uma única parcela ao fim de 60 meses. Assumindo que a taxa de juros, de acordo com as condições atuais de mercado, seja de 15% ao ano. O valor que reflete o montante, na data da transação, a ser registrado como dedução de vendas e ICMS a pagar é 5764. Decorrido um ano, o saldo de ICMS a pagar será $ 6.629, e o montante de $ 865 será registrado como despesa financeira e assim sucessivamente, até atingir o valor futuro ao fim de 60 meses ($11.593).

    Kazu para chegar aos valores ele pegou 10.000/1,15^5. So nao entendi pq ele nao usou 10.000/1,03^5 Visto que no AVP o usamos a taxa contratual,pactuada na operação......... Esse é algum caso especifico

    Ué, o ajuste a valor presente a que se refere o CPC não é trazer os ativos e pasivos de longo prazo, onde houver ajuste significativo, a valor presente, pela taxa de desconto traduzida pelo custo de captação médio da empresa? Entendo que a grande questão do CPC é o método cálculo e as considerações para se chegar na taxa de desconto utilizada - que possuem alto grau de subjetividade. Nesse contexto, entendo que os exemplos dados pelo CPC são formas de esclarecer maneiras de se formar a taxa de desconto a se utilizar!

    Assim.
    a taxa de desconto, no exemplo, é a taxa de juros do mercado - 15%!

    10.000
    i 3%, Txdesc i = 15%
    n 5
    (10000*1,03^5)/(1,15^5)
    = 5.764
    para o ano seguinte é só mudar o n do divisor de 5 para 4. = 6.628,19
    ....

    Só acho importante fisar que a escolha de uma taxa de desconto deve ser bem fundamentada e divulgada em NE.

    aguardamos o esclarecimento do professor!!!

    Comentário

    • afrfb9
      • 10/04/09
      • 111

      #3
      Re: Ajuste Valor Presente

      Como deve ser definida a taxa de juros para fins de cálculo do AVP?
      Resposta - Há operações cuja taxa de juros é explícita (por exemplo, descrita e conhecida no contrato da operação) ou implícita (por exemplo, desconhecida, mas embutida na precificação inicial da operação pela entidade no ato da compra ou da venda). Em ambos os casos, é necessário utilizar uma taxa de desconto que reflita juros compatíveis com a
      natureza, o prazo e os riscos relacionados à transação, levando-se em consideração, ainda,as taxas de mercado praticadas na data inicial da transação entre partes conhecedoras do negócio, que tenham a intenção de efetuar a transação e em condições usuais de mercado.

      Nos casos em que a taxa é explícita, o processo de avaliação passa por uma comparação entre a taxa de juros da operação e a taxa de juros de mercado, na data da origem da transação. Nos casos em que a taxa estiver implícita, é necessário estimar a taxa da transação, considerando as taxas de juros de mercado, conforme anteriormente
      mencionado. Mesmo nos casos em que as partes afirmem que os valores à vista e a prazo são os mesmos, o AVP deve ser calculado e, se relevante, registrado. Por definição, valor presente “é a estimativa do valor corrente de um fluxo de caixa futuro”.

      Para algumas entidades (por exemplo, varejistas), não é praticável efetuar uma análise detalhada (prazo, riscos, etc.) de cada transação, e, nesses casos, a taxa mais evidente para o cálculo do AVP é a própria taxa utilizada pela tesouraria da entidade para determinação das condições e dos preços a serem praticados. De acordo com o mencionado no parágrafo anterior, a menos que a taxa definida pela tesouraria e utilizada em determinada operação a prazo seja claramente fora de um padrão de mercado para a indústria ou o tipo de atividade, essa taxa é adequada para desconto a valor presente

      Comentário

      • afrfb9
        • 10/04/09
        • 111

        #4
        Re: Ajuste Valor Presente

        AVP: tem como objetivo efetuar o ajuste para demonstrar o valor presente de um fluxo de caixa futuro. Esse fluxo de caixa pode estar representado por ingressos ou saídas de recursos (ou montante equivalente; por exemplo, créditos que diminuam a saída de caixa futuro seriam equivalentes a ingressos de recursos). Para determinar o valor presente de um fluxo de caixa, três informações são requeridas: valor do fluxo futuro (considerando todos os termos e as condições contratados), data do referido fluxo financeiro e taxa de desconto aplicável à transação.

        Comentário

        • afrfb9
          • 10/04/09
          • 111

          #5
          Re: Ajuste Valor Presente

          Cenário: a entidade efetua uma venda a prazo no valor de $ 10.000 mil para receber o valor em parcela única, com vencimento em cinco anos. Caso a venda fosse efetuada à vista, de acordo com opção disponível, o valor da venda teria sido de $ 6.210 mil, o que equivale a um custo financeiro anual de 10%. Verifica-se que essa taxa é igual à taxa de mercado, na data da transação. No primeiro momento, a transação deve ser contabilizada considerando o seu valor presente, cujo montante de $ 6.210 mil é registrado como contas a receber, em contrapartida de receita de vendas pelo mesmo montante.

          Nota-se que, nesse primeiro momento, o valor presente da transação é equivalente a seu valor de
          mercado ou valor justo (fair value).No caso de aplicação da técnica de ajuste a valor presente, passado o primeiro ano, o
          reconhecimento da receita financeira deve respeitar a taxa de juros da transação na data de sua origem (ou seja, 10% ao ano), independentemente da taxa de juros de mercado em períodos subseqüentes.
          Assim, depois de um ano, o valor das contas a receber, para fins de registros contábeis, será de $ 6.830 mil, independentemente de variações da taxa de
          juros no mercado.

          A aplicação da técnica de marcação a mercado, apenas para fins de referência e comparação, poderia ser ilustrada com uma situação na qual a taxa de juros saísse de 10% ao ano, no momento inicial da transação, para 15% ao ano, no fim do primeiro ano. Nessa situação, o valor justo das contas a receber, calculado mediante o ajuste a valor presente
          nessa nova data e com a atual condição de mercado, seria de $ 5.718 mil ($ 10.000 mil/1,15^4), ou seja, seu valor justo no fim do primeiro ano é bem inferior ao valor contabilizado com base na técnica do ajuste a valor presente

          AQUI NESTE CASO FOI APLICADO A TAXA DA TRANSAÇÃO. SERA QUE É UMA TECNICA PARTICULAR DE ESCOLHA..??

          Comentário

          • Guest's Avatar
            Visitante

            #6
            Re: Ajuste Valor Presente

            superup

            Comentário

            • afrfb9
              • 10/04/09
              • 111

              #7
              Re: Ajuste Valor Presente

              megaup

              Comentário

              • Luciano Rosa
                • 13/12/06
                • 2960

                #8
                Re: Ajuste Valor Presente

                Olá, Afrfb9

                Vamos lá :

                Exemplo 1) A empresa recebeu um incentivo do Governo Estadual : o saldo do ICMS a recolher, no valor de 10.000, será pago em 5 anos, sem atualização monetária e sem juros.

                (OBS : este primeiro exemplo está diferente, considerando juros = zero)

                Cálculo do Ajuste a Valor Presente : 10000 / (1,15^5) = 4.972 ( centavos arredondados).

                Contabilização :

                Pela venda com ICMS :

                D – ICMS sobre vendas ...10.000 ( resultado)
                C – ICMS a Recolher........10.000 (passivo circulante)

                Pela concessão do incentivo :

                D – ICMS a Recolher .......10.000 ( PC)
                C – ICMS (incentivos fiscais) a recolher ( PNC) ..10.000
                (transferência do Passivo Circulante para o Não Circulante)

                D – Ajuste a Valor Presente.....5.028 (PNC)
                C – ICMS sobre vendas...........5.028 (Resultado)

                Note que o resultado aumentou 5028, que representa o benefício que a empresa está recebendo por pagar uma dívida de 10000 em cinco anos, sem juros ou atualizações, sendo que a taxa de juros normal é de 15% ao ano.

                -----------------xx--------------
                2) Exemplo do Pronunciamento : saldo de ICMS a pagar no montante de $ 10.000, com prazo para pagamento incentivado de cinco anos, sem atualização monetária e com juros de 3% ao ano, pagável em uma única parcela ao fim de 60 meses. Assumindo que a taxa de juros, de acordo com as condições atuais de mercado, seja de 15% ao ano.

                Neste caso, o benefício da empresa é menor ( há juros de 3% ao ano), mas ainda há benefício ( os juros de mercado são de 15% ao ano).

                Cálculo do ajuste a valor presente : 10000 x (1,03 ^5) = 11593 ( valor que deverá ser pago ao final dos cinco anos).

                Valor presente ( considerando a taxa de juros normal de 15% ) : 11593 / (1,15^5) = 5.764.

                Repare que, no exemplo 1, o valor presente é menor. Isto ocorre porque naquele exemplo não havia juros sobre o valor a recolher.

                -----------------------xx--------------

                “A aplicação da técnica de marcação a mercado, apenas para fins de referência e comparação, poderia ser ilustrada com uma situação na qual a taxa de juros saísse de 10% ao ano, no momento inicial da transação, para 15% ao ano, no fim do primeiro ano. Nessa situação, o valor justo das contas a receber, calculado mediante o ajuste a valor presente
                nessa nova data e com a atual condição de mercado, seria de $ 5.718 mil ($ 10.000 mil/1,15^4), ou seja, seu valor justo no fim do primeiro ano é bem inferior ao valor contabilizado com base na técnica do ajuste a valor presente

                AQUI NESTE CASO FOI APLICADO A TAXA DA TRANSAÇÃO. SERA QUE É UMA TECNICA PARTICULAR DE ESCOLHA..??”

                ------------xx-------
                O trecho acima esclarece que, uma vez aplicada uma taxa no momento do reconhecimento do ativo ou do passivo, esta não mais se altera. Supondo o exemplo 1 acima, do ICMS sem juros e com taxa de mercado de 15% ao ano.

                Foi feito o reconhecimento e o ajusto pelo taxa de 15%, no momento inicial.

                Passado um ano, suponha que a taxa normal de mercado vá para 30% ao ano.

                Neste caso, não deve ser alterado o reconhecimento e os valores já calculados no ano anterior, pela taxa de 15%, a qual será utilizada até a liquidação desta transação.

                Se fosse usada a taxa nova de mercado (30%), o valor justo seria menor que o valor contabilizado e já ajustado a valor presente. Mas, para o ajuste a valor presente, vale a taxa usada no momento do reconhecimento inicial.

                Além disso ( o que pode estar confundindo), no exemplo que você citou a taxa de mercado e a taxa da transação são a mesma, de 10% ao ano.
                ------------------xx-----------

                Colegas, até entender o mecanismo (e a lógica), é um pouco enrolado, mesmo. Persistam na leitura dos Pronunciamentos, e tragam suas dúvidas. Se eu souber, respondo com muito gosto.

                Um abraço

                Kazuo

                Comentário

                • jinacio1978
                  • 21/02/08
                  • 593

                  #9
                  Re: Ajuste Valor Presente

                  tinha esta duvida tb
                  valeu mestre

                  Comentário



                  Working...
                  X