Anúncio

Anúncio Module
Collapse
No announcement yet.

DÚVIDA DE CONTABILIDADE

Page Title Module
Move Remover Collapse
X
Conversation Detail Module
Collapse
  • Filter
  • Tempo
  • Show
Clear All
new posts

  • DÚVIDA DE CONTABILIDADE

    Gostaria, se possível, onde encontro o embasamento, ou da explicação do porquê do gabarito.

    94-Os itens que existem fisicamente no estoque, mas que foram recebidos em consignação, integram a conta de estoques no balanço patrimonial.

    GABARITO:E

  • #2
    Re: DÚVIDA DE CONTABILIDADE

    O plano de contas da FIPECAFI classifica como item do estoque.

    A agora???

    Comment


    • #3
      Re: DÚVIDA DE CONTABILIDADE

      Rapaz, sinistra essa, hein?! É de que concurso?!

      Comment


      • #4
        Re: DÚVIDA DE CONTABILIDADE

        É do STM, para Técnico Judiciário, Especialidade: Contabilidade. Foi aplicada em 28/11/2004.
        Procurei pra caramba e não achei nada de resposta, nenhum embasamento. Também achei que fosse estoque.
        sinixxxxtro!

        Comment


        • #5
          Re: DÚVIDA DE CONTABILIDADE

          LEIA ISSO, POR FAVOR:

          FONTE:http://www.portaldecontabilidade.com...a/estoques.htm

          A contabilização das compras de itens do estoque deve ocorrer no momento da transmissão do direito de propriedade dos mesmos.



          Geralmente, tal momento ocorre na entrada física dos bens no estabelecimento. Mas existem estoques que, mesmo não estando fisicamente presentes no local, devem ser contabilizados, como por exemplo, matérias primas que foram remetidas pelo fornecedor, por conta e ordem do cliente, á terceira empresa que efetuará industrialização dos referidos materiais.



          Os estoques estão representados basicamente por: mercadorias para revenda, produtos acabados, produtos em elaboração, matérias-primas, almoxarifado, importações em andamento e adiantamentos a fornecedores de estoques, observando-se que serão também considerados:



          a) os itens existentes fisicamente em estoques, excluindo-se aqueles que estão fisicamente na empresa, mas não são de propriedade da empresa, tais como aqueles recebidos em consignação, para conserto, remessa para industrialização, etc.;

          b) os itens de propriedade da empresa que estão em poder de terceiros para conserto, consignação, beneficiamento ou armazenamento.




          Postado Originalmente por moacyrmmcj
          É do STM, para Técnico Judiciário, Especialidade: Contabilidade. Foi aplicada em 28/11/2004.
          Procurei pra caramba e não achei nada de resposta, nenhum embasamento. Também achei que fosse estoque.
          sinixxxxtro!

          Comment


          • #6
            Re: DÚVIDA DE CONTABILIDADE

            É, sempre o Peixe, VALEU!!! =D> =D> =D>
            Tinha lido isso, mas como não encontrara embasamento "legal" para concurso, nem postei.

            Comment


            • #7
              Re: DÚVIDA DE CONTABILIDADE

              Valeu, PEIXE! Sempre com respostas claras e diretas! Te devo outra!

              Comment


              • #8
                Re: DÚVIDA DE CONTABILIDADE

                Pessoal segue um exemplo prático.

                "Como nas operações de Consignação Mercantil, não ocorre a transferência da propriedade e sim da posse das mercadorias, a forma mais usual de registrar tais fatos é por meio de contas de compensação.

                Observamos que, na saída das mercadorias, na empresa consignante haverá a incidência do ICMS e do IPI, conforme o caso. Do mesmo modo, na empresa consignatária tal fato dará direito ao crédito dos referidos impostos, se for o caso. Os impostos incidentes na operação (IPI e ICMS) serão registrados em contas patrimoniais, transitórias, aguardando a conclusão da operação, ou seja, a venda ou retorno das mercadorias em consignação, para serem encerradas.

                Nota: Salienta-se que em relação ao ICMS e IPI, as empresas consignante e consignatária, deverão observar a legislação relativa a esses impostos, aplicáveis em cada caso.

                REGISTROS CONTÁBEIS

                Neste exemplo, considera-se a hipótese em que a mercadoria é vendida em nome do consignatário. Este extrairá a duplicata contra o comprador, e o consignante, por sua vez, extrairá a duplicata contra o consignatário:

                I - Remessa de mercadoria em consignação da empresa "A" para a empresa "B";

                II - Valor da remessa: 10 peças no valor de R$ 10.000,00 (dez mil reais), com ICMS de 18% (dezoito por cento) e IPI de 10% (dez por cento);

                III - A consignatária vende 6 (seis) peças, no valor de R$ 1.200,00 (hum mil e duzentos reais) cada (ICMS 18% (dezoito por cento), retornando à consignante o saldo pelo mesmo valor da remessa;

                IV - A consignante recebe em retorno de remessa em consignação 4 (quatro) peças não vendidas pela consignatária;

                V - A consignante registra a venda efetiva com emissão de Nota Fiscal própria.

                Para facilitar:
                Consignante empresa A
                Consignatária empresa B


                2.1 - Registros na Escrituração da Consignante

                Com base nos dados propostos acima, os registros contábeis na "consignante" poderão ser efetuados do seguinte modo:

                a) pela remessa em consignação:

                D - MERCADORIAS REMETIDAS EM CONSIGNAÇÃO
                (Conta de Compensação Ativa)
                C - REMESSA DE MERCADORIAS EM CONSIGNAÇÃO
                (Conta de Compensação Passiva)--------------------------------- R$ 11.000,00

                b) pelo registro do ICMS na remessa em consignação (R$10.000,00 x 18% = R$ 1.800,00):

                D - ICMS S/ CONSIGNAÇÃO
                (Ativo Circulante)
                C - ICMS A RECOLHER
                (Passivo Circulante) ----------------------------------------------------- R$ 1.800,00

                c) pelo registro do IPI na remessa em consignação (R$ 10.000,00 x 10% = R$ 1.000,00):

                D - IPI S/ CONSIGNAÇÃO
                (Ativo Circulante)
                C - IPI A RECOLHER
                (Passivo Circulante)------------------------------------------------------ R$ 1.000,00

                d) pelo registro da venda das 6 (seis) peças à consignatária e da compensação da parte correspondente ao IPI incidente na operação de consignação (R$ 1.000,00 x 6 = R$ 6.000,00):

                D - CLIENTES
                (Ativo Circulante)---------------------------------------------------------- R$ 6.600,00
                C - RECEITA C/ VENDAS
                (Resultado)------------------------------------------------------------------ R$ 6.600,00
                D - IPI s/ Faturamento--------------------------------------------------------R$ 600,00
                C - IPI S/ CONSIGNAÇÃO
                (Ativo Circulante)----------------------------------------------------------- R$ 600,00

                e) pela reclassificação do ICMS incidente na operação de consignação mercantil como dedução da receita bruta de vendas:

                D - ICMS S/ VENDAS
                (Resultado)
                C - ICMS S/ CONSIGNAÇÃO
                (Ativo Circulante)---------------------------------------------------------- R$ 1.080,00

                f) pelo registro da baixa parcial nas contas de compensação das mercadorias remetidas em consignação e negociadas:

                D - REMESSA DE MERCADORIAS EM CONSIGNAÇÃO
                (Conta de Compensação Passiva)
                C - MERCADORIAS REMETIDAS EM CONSIGNAÇÃO
                (Conta de Compensação Ativa)------------------------------------- R$ 6.600,00

                g) pelo retorno das 4 (quatro) peças não vendidas pela consignatária:

                D - REMESSA DE MERCADORIAS EM CONSIGNAÇÃO
                (Conta de Compensação Passiva)
                C - MERCADORIAS REMETIDAS EM CONSIGNAÇÃO
                (Conta de Compensação Ativa)----------------------------------- R$ 4.400,00

                h) pelo registro do ICMS no retorno das mercadorias remetidas em consignação não vendidas:

                D - ICMS A RECOLHER (Passivo Circulante)
                C - ICMS S/ CONSIGNAÇÃO
                (Ativo Circulante)------------------------------------------------------- R$ 720,00

                i) pelo registro do IPI no retorno das mercadorias não vendidas:

                D - IPI A RECOLHER
                (Passivo Circulante)
                C - IPI S/ CONSIGNAÇÃO
                (Ativo Circulante)------------------------------------------------------- R$ 400,00

                2.2 - Registros na Escrituração da Consignatária

                Consideramos, neste caso, que a consignatária não é empresa industrial. Dessa forma, o IPI será incorporado ao custo das mercadorias adquiridas. Os registros contábeis poderão ser efetuados da seguinte forma:

                a) pela entrada de mercadorias em consignação:

                D - MERCADORIAS CONSIGNADAS
                (Conta de Compensação Ativa)
                C - MERCADORIAS RECEBIDAS EM CONSIGNAÇÃO
                (Conta de Compensação Passiva)------------------------------ R$ 11.000,00

                b) pelo registro do ICMS na entrada das mercadorias:

                D - ICMS A RECUPERAR (Ativo Circulante)
                C - ICMS S/ CONSIGNAÇÃO
                (Passivo Circulante)---------------------------------------------------- R$ 1.800,00

                c) pelo registro da aquisição parcial dos produtos recebidos em consignação e da compensação do ICMS na operação:

                D - ESTOQUES
                (Ativo Circulante)-------------------------------------------------------- R$ 4.980,00
                D - ICMS S/ CONSIGNAÇÃO
                (Passivo Circulante)---------------------------------------------------- R$ 1.080,00
                C - FORNECEDORES
                (Passivo Circulante)-----------------------------------------------------R$ 6.600,00

                d) pelo registro da venda das 6 (seis) unidades para cliente:

                D - CLIENTES
                (Ativo Circulante)
                C - RECEITA C/ VENDAS
                (Resultado)------------------------------------------------------------------ R$ 7.200,00

                e) pelo valor do ICMS incidente sobre as vendas:

                D - ICMS S/ VENDAS
                (Resultado)
                C - ICMS A RECOLHER
                (Passivo Circulante)------------------------------------------------------ R$ 1.296,00

                f) pela baixa nas contas de compensação da aquisição parcial dos produtos em consignação dos negociados:

                D - MERCADORIAS RECEBIDAS EM CONSIGNAÇÃO
                (Conta de Compensação Passiva)
                C - MERCADORIAS CONSIGNADAS
                (Conta de Compensação Ativa)-------------------------------------- R$ 6.600,00

                g) pelo registro nas contas de compensação do retorno das 4 (quatro) unidades não vendidas ao consignante:

                D - MERCADORIAS RECEBIDAS EM CONSIGNAÇÃO
                (Conta de Compensação Passiva)
                C - MERCADORIAS CONSIGNADAS
                (Conta de Compensação Ativa)------------------------------------- R$ 4.400,00

                g) pelo registro do ICMS incidente sobre o retorno ao consignante:

                D - ICMS S/ CONSIGNAÇÃO
                (Passivo Circulante)
                C - ICMS A RECUPERAR
                (Ativo Circulante)-------------------------------------------------------- R$ 720 ,00

                Comment


                • #9
                  Re: DÚVIDA DE CONTABILIDADE

                  Show de bola, moçada!!!

                  []'s

                  Comment


                  • #10
                    Re: DÚVIDA DE CONTABILIDADE

                    Vc não me deve nada, amigo. A gente se ajuda e assim chegamos aos nossos objetivos.
                    E rossicar, muito bom o exemplo postado por vc. Parabéns!


                    Sempre que precisar, a gente tenta ajudar!!!

                    Sucesso!!

                    Postado Originalmente por moacyrmmcj
                    Valeu, PEIXE! Sempre com respostas claras e diretas! Te devo outra!

                    Comment


                    • #11
                      Re: DÚVIDA DE CONTABILIDADE

                      faço de minhas palavras as do Peixe.

                      Comment

                      Working...
                      X