Announcement

Collapse
No announcement yet.

Reavaliação de Ativos AFC STN

Collapse
X
  • Filter
  • Hora
  • Mostrar
Limpar tudo
new posts
  • Taia_MP
    • 01/02/17
    • 1

    Reavaliação de Ativos AFC STN

    Em 31/12/x10, a Cia. LUA adquire 60% do Patrimônio Líquido da Cia. SOL assumindo o controle da mesma, pagando a vista na operação R$ 1,8 milhões. Na mesma data, o Balanço Patrimonial da empresa adquirida era composto pelos seguintes elementos patrimoniais:

    BALANÇO PATRIMONIAL – CIA. SOL ENCERRADO EM 31/12/X10
    ATIVO Valores (R$) .......................... PASSIVO + PATRIMÔNIO LÍQUIDO Valores (R$)
    Ativo Circulante ..................................... Passivo Circulante
    Disponibilidades ... 600.000 ...................... Contas a Pagar 500.000
    Estoques ........... 100.000
    Ativo Não Circulante .................................. Patrimônio Líquido
    Veículos ............ 600.000 ......................... Capital Social 2.500.000
    Terrenos ........... 1.700.000
    Total do Ativo .... 3.000.000 .................... Total Passivo + PL ... 3.000.000

    Na mesma data, a avaliação a valor justo dos itens patrimoniais apontavam os valores a seguir:

    Itens.......... Valor Justo em 31/12/X10

    Estoques R$ 150.000
    Veículos R$ 800.000
    Terrenos R$ 2.050.000
    Outras informações: Os demais itens de ativo e passivo já estavam
    registrados a valor justo.

    Com base nas informações fornecidas, pode-se afirmar que a realização da operação gerou:

    a) compra vantajosa para a investidora de R$ 60.000.

    b) apuração de ativo líquido no valor de R$ 3.600.000.

    c) deságio no valor de R$ 600.000.

    d) ágio por rentabilidade futura de R$ 360.000.

    e) perda de capital no valor de R$ 360.000.




    A resposta para essa questão é a letra A, pois foi considerado o ajuste no ativo da Cia. Sol, no valor de 600.000,00, devido as alterações no valor justo, Logo temos:

    Valor Pago = 1.800.000,00
    Valor Justo = 1.860.000,00 (60% x (2.500.000,00 + 600.000,00)
    Valor Patrimonial = 1.500.000,00 (60% de 2.500.000,00)

    O que resulta em um Ganho por Compra Vantajosa de 60.000,00


    MAS, a dúvida é, se está proibido no Brasil a reavaliação de ativos, e pelo teste de valor recuperável de ativos, só é permito o ajuste negativo, o correto não seria manter os ativos no mesmo valor. Logo o valor justo seria igual ao valor patrimonial, pois não haveria alteração, e resultaria em um goodwill de 300.000,00.

    Alguém pode me ajudar?
  • Marcos Auditor
    • 20/02/14
    • 97

    #2
    Originally posted by Taia_MP View Post
    Em 31/12/x10, a Cia. LUA adquire 60% do Patrimônio Líquido da Cia. SOL assumindo o controle da mesma, pagando a vista na operação R$ 1,8 milhões. Na mesma data, o Balanço Patrimonial da empresa adquirida era composto pelos seguintes elementos patrimoniais:

    BALANÇO PATRIMONIAL – CIA. SOL ENCERRADO EM 31/12/X10
    ATIVO Valores (R$) .......................... PASSIVO + PATRIMÔNIO LÍQUIDO Valores (R$)
    Ativo Circulante ..................................... Passivo Circulante
    Disponibilidades ... 600.000 ...................... Contas a Pagar 500.000
    Estoques ........... 100.000
    Ativo Não Circulante .................................. Patrimônio Líquido
    Veículos ............ 600.000 ......................... Capital Social 2.500.000
    Terrenos ........... 1.700.000
    Total do Ativo .... 3.000.000 .................... Total Passivo + PL ... 3.000.000

    Na mesma data, a avaliação a valor justo dos itens patrimoniais apontavam os valores a seguir:

    Itens.......... Valor Justo em 31/12/X10

    Estoques R$ 150.000
    Veículos R$ 800.000
    Terrenos R$ 2.050.000
    Outras informações: Os demais itens de ativo e passivo já estavam
    registrados a valor justo.

    Com base nas informações fornecidas, pode-se afirmar que a realização da operação gerou:

    a) compra vantajosa para a investidora de R$ 60.000.

    b) apuração de ativo líquido no valor de R$ 3.600.000.

    c) deságio no valor de R$ 600.000.

    d) ágio por rentabilidade futura de R$ 360.000.

    e) perda de capital no valor de R$ 360.000.




    A resposta para essa questão é a letra A, pois foi considerado o ajuste no ativo da Cia. Sol, no valor de 600.000,00, devido as alterações no valor justo, Logo temos:

    Valor Pago = 1.800.000,00
    Valor Justo = 1.860.000,00 (60% x (2.500.000,00 + 600.000,00)
    Valor Patrimonial = 1.500.000,00 (60% de 2.500.000,00)

    O que resulta em um Ganho por Compra Vantajosa de 60.000,00


    MAS, a dúvida é, se está proibido no Brasil a reavaliação de ativos, e pelo teste de valor recuperável de ativos, só é permito o ajuste negativo, o correto não seria manter os ativos no mesmo valor. Logo o valor justo seria igual ao valor patrimonial, pois não haveria alteração, e resultaria em um goodwill de 300.000,00.

    Alguém pode me ajudar?
    Taia_MP , Boa Noite!

    Acredito que você esteja confundindo Valor Justo (FAIR VALUE) com Reavaliação de Ativo.

    Fair Value é aplicado somente a certos ativos (não vou entrar em detalhe) ou em situações especiais, como no caso de Investimento em Controladas (na aquisição).


    Reavaliação é uma nova avaliação a mercado que era aplicada a bens do ativo imobilizado, como você citou - no Brasil - essa prática contábil não é mais possível....,

    Mas enfim, a questão acima nada tem a ver com Reavaliação mas, como bem elaborado, é a aquisição de controle acionário com compra vantajosa.

    Obs.: Reavaliação é proibido no Brasil, porém as Normas Internacionais de Contabilidade - IFRS - não tem esse mesmo entendimento.

    Maiores detalhes leia o CPC 46...,
    Abs,

    Marcos




    Comentário


    Working...
    X