Anúncio

Anúncio Module
Collapse
No announcement yet.

Concurso ALEPE

Page Title Module
Mover Remover Collapse
X
Conversation Detail Module
Collapse
  • Filtro
  • Tempo
  • Mostrar
Limpar Tudo
new posts
  • FiscalRecife
    • 08/01/12
    • 14

    Concurso ALEPE

    Alepe anuncia concurso público

    Entretanto, presidente da Casa, Guilherme Uchoa, não revelou quando sairá o edital, o números de vagas e os cargos


    O presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), Guilherme Uchoa, anunciou nesta quarta-feira (1º), início do semestre legislativo, que será aberto concurso público para a Casa. De acordo com o deputado, a medida atende ao anseio de profissionalizar a atuação na Alepe. Apesar do anúncio, o presidente não revelou quando sairá o edital, o números de vagas e os cargos.


    Publicado em 01/02/2012, às 21h40
    Do JC Online
  • stoierprufer
    • 25/11/06
    • 343

    #2
    Re: Concurso ALEPE

    Postado Originalmente por FiscalRecife Ver Post
    Alepe anuncia concurso público

    Entretanto, presidente da Casa, Guilherme Uchoa, não revelou quando sairá o edital, o números de vagas e os cargos


    O presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), Guilherme Uchoa, anunciou nesta quarta-feira (1º), início do semestre legislativo, que será aberto concurso público para a Casa. De acordo com o deputado, a medida atende ao anseio de profissionalizar a atuação na Alepe. Apesar do anúncio, o presidente não revelou quando sairá o edital, o números de vagas e os cargos.


    Publicado em 01/02/2012, às 21h40
    Do JC Online
    Ele só falou da boca pra fora, aquele lugar que é um clientelismo puro vai querer fazer concurso público só no dia que o inferno congelar!

    Comentário

    • stoierprufer
      • 25/11/06
      • 343

      #3
      Re: Concurso ALEPE

      Vai ser preciso muita dedetização para expurgar todos os ratos daquele lugar:

      ASSEMBLEIA LEGISLATIVADO
      ESTADO DE PERNAMBUCO
      COMISSÃO DE PREGÃO
      RESULTADO DE LICITAÇÃO
      PREGÃO ELETRÔNICO Nº 013/2012
      OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA,
      PARA EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE DEDETIZAÇÃO CONTRA
      CUPINS, FORMIGAS, RATOS E BARATAS EM TODA ÁREA
      INTERNA E EXTERNA DO PALÁCIO JOAQUIM NABUCO E
      SEUS ANEXOS I, II, III, IV, V E VI, CONFORME TERMO DE
      REFERÊNCIA ANEXO I DO EDITAL. Empresa Vencedora:
      IMEDIATA IMPERMEABILIZAÇÕES E SERVIÇOS LTDA - ME.
      Recife, 28 de agosto de 2012. José Lourenço de Sobral Neto
      PREGOEIRO

      Comentário

      • stoierprufer
        • 25/11/06
        • 343

        #4
        Re: Concurso ALEPE

        Enquanto a ALEPE congelou a notícia sobre concurso, a AL-PB, depois de mais de 30 anos, vai realizar concurso. É um bom exemplo a ser seguido pelos "coronéis" da ALEPE. E a banca do certame da AL-PB vai ser a FCC.

        http://www.al.pb.gov.br/noticia.php?cod=5609


        http://www.pbagora.com.br/conteudo.p...licacao-edital

        Comentário

        • stoierprufer
          • 25/11/06
          • 343

          #5
          Re: Concurso ALEPE

          Alepe levanta cargos a serem ocupados por concurso

          O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Guilherme Uchoa (PDT), designou uma comissão para identificar quais são os cargos que precisam ser preenchidos através de concurso público e o número exato de comissionados correspondente a cada setor da Casa. Nem os deputados sabem precisar ao certo quantos comissionados integram o quadro de funcionários. A iniciativa de relevar esse quantitativo foi tomada no mesmo dia em que o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Pernambuco (OAB-PE), Pedro Henrique Reynaldo Alves, esteve em Brasília para tratar no Conselho Federal da OAB sobre o ajuizamento da Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) que pede a equiparação do número de cargos comissionados com ao de funcionários efetivos.

          A alegação da OAB-PE é a que Casa Joaquim Nabuco possui um número dez vezes maior de comissionados do que de efetivos. Nos bastidores se avalia que esse quadro chega a 1.370, mas o presidente acredita que o número seja bem inferior. Para Uchoa, essa avaliação “é subjetiva, quem sabe do funcionamento da estrutura da Assembleia é a própria Casa, que se renova a cada quatro anos e é essencialmente política”.

          Apesar de discordar que o número de comissionados seja excessivo, o presidente reconheceu que é um direito legítimo da Ordem levantar esse questionamento. “Pedro Henrique entende que a Alepe precisa, sabe que a Casa Legislativa tem que funcionar”, disse. “Nós temos 280 cargos efetivos. No setor de Comunicação, por exemplo, 80% são efetivados; Segurança 100%, Procuradoria 100%, a não ser o procurador chefe. O departamento médico corresponde a 95% de efetivos”, explicou Uchoa. De acordo com o regimento interno da Assembleia, todos os 49 deputados têm direito a R$ 70 mil para custear a lotação de pessoal com no máximo 26 comissionados, não podendo ultrapassar esse número.

          O mistério em torno desse quantitativo ressuscitou a discussão sobre a publicação total dos gastos e receitas da Assembleia. Mas o segundo vice-presidente André Campos (PT) garantiu que todas essas informações poderão ser disponibilizadas abertamente, só está sendo discutida a plataforma de divulgação.

          Fonte:http://www.folhape.com.br/blogdosconcursos/?p=19344

          Comentário

          • stoierprufer
            • 25/11/06
            • 343

            #6
            Re: Concurso ALEPE

            29/05/2013

            Tesourada na folha de pessoal

            Começaram os cortes na Assembleia Legislativa de Pernambuco. Até o fim do mês serão demitidos 30% dos funcionários terceirizados da Casa. Isso corresponde a 183 desligamentos que, ao fim, devem representar uma economia de R$ 8 milhões ao ano para os cofres públicos, conforme dados da primeira-secretaria. A medida atende uma recomendação do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE). “Os principais critérios para as demissão serão faltas e funcionários que tinham outros vínculos. A economia, vamos usar em melhorias para o prédio e na TV Alepe”, falou o presidente do legislativo, deputado Guilherme Uchoa (PDT), sem citar as recomendações proferidas pelo órgão.
            A empresa responsável pelas terceirizações no legislativo estadual é a Conserbens, que tem contrato com a Assembleia há mais de 15 anos. Em abril deste ano a empresa ganhou a licitação para permanecer como única prestadora deste serviço. Um novo contrato que, dentre outras coisas, estabeleceu que poderá ser renovado por até cinco anos a mais, sem necessidade de outra licitação. O valor dele alcançaria os R$ 17 milhões por ano. Na época em que o edital foi lançado, seis outros grupos apresentaram-se para concorrer, mas foram considerados inabilitados. Eles chegaram a acionar a Justiça contra a retirada de seus nomes da disputa, mas não conseguiram mais do que suspender o edital temporariamente.
            De acordo com Uchoa, também nesse novo contrato, os terceirizados passaram a ter regime de oito horas e uma empresa terceirizada irá fornecer alimentação. “Quem trabalha um expediente agora vai trabalhar dois”. A maioria desses funcionários presta serviços como motorista, faxineiros, recepcionistas, secretários e seguranças. “Agora vamos fazer um levantamento para ver a necessidade de novos quadros”, comentou o presidente.
            Essa nova “demanda”, também conforme Guilherme Uchoa, deverá ser suprima através de um concurso, anunciado desde o ano passado, mas ainda sem data prevista. “Tem uma comissão levantando as necessidades. Os procuradores são todos concursados, os superintendentes também. Vamos ver os demais. Até o próximo semestre deve sair”, disse.
            Saiba mais
            Funcionalismo da Assembleia Legislativa de Pernambuco em números
            1.701 comissionados distribuídos em gabinetes e comissões parlamentares
            132 comissionados na estrutura administrativa da Casa
            264 efetivos
            611 tercerizados
            Gastos
            R$ R$ 11,7 milhões foi o montante pago em 31 de março na folha de pagamento
            R$ 16,4 milhões/ano contrato com a Conserbens (reponsável por terceirizados)

            FONTEiario de Pernambuco

            Comentário

            • FCLOSE
              • 06/04/09
              • 162

              #7
              Re: Concurso ALEPE

              Alguém sabe onde posso encontrar a tabela de vencimentos?
              Pq a última Lei que concedeu reajuste foi a 14.659/2012, mas fica remetendo a trocentas e tantas leis que concederam reajustes anuais, auxílios... não dá para entender nada! rsrs
              Grande abraço

              Comentário

              • MANOELFACON
                • 14/06/11
                • 5

                #8
                Re: Concurso ALEPE

                alem da Alepe, ha ainda uma das maiores vergonhas do Estado de Pernambuco: a Câmara do Recife. O último concurso deve constar da data em que king kong era um sagui!

                Comentário

                • venic33
                  • 25/03/10
                  • 76

                  #9
                  Re: Concurso ALEPE

                  Assembleia-PE - Concurso confirmado para agosto.

                  O presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco (Alepe), deputado Guilherme Uchoa (PDT), confirmou, nesta quinta-feira (1º), em sua primeira entrevista à imprensa após o recesso parlamentar, que ainda no mês de agosto será publicado o edital do concurso público para Assembleia. Segundo a assessoria de comunicação da Casa, o quantitativo previsto para a seleção – inicialmente previsto para setembro – será divulgado nos próximos dias.
                  Segundo nota divulgada pela assessoria da Alepe, o deputado Uchoa afirmou que a Mesa Diretora constatou a necessidade de pessoal provocada pelas aposentadorias e pelo corte recente no setor de comissionados e de terceirizados da Casa. Em julho foi anunciado o corte de 627 cargos comissionados na Casa, reduzindo de 1.987 para 1.360 o número de cargos em comissão. A casa Joaquim Nabuco possui cerca de 2.000 funcionários, sendo apenas 264 efetivos. A comissão do concurso é de responsabilidade do Superintendente Geral, Marcelo Cabral. São esperadas vagas para todos os níveis de formação.
                  Fonte: folha dirigida

                  Comentário

                  • The Highlander
                    • 19/01/11
                    • 1034

                    #10
                    Re: Concurso ALEPE

                    Vamos ver se essa joça sai.

                    Comentário

                    • flanduarte
                      • 22/07/12
                      • 6

                      #11
                      Re: Concurso ALEPE

                      Alguma sugestão sobre as prováveis matérias? Além do "tronco" Português, Administrativo, Constitucional?

                      Comentário

                      • flanduarte
                        • 22/07/12
                        • 6

                        #12
                        Re: Concurso ALEPE

                        Da série "já que tu quer saber, procura primeiro boy":

                        Dei uma olhada nos concursos das assembleias de outros estados do nordeste, a FCC (ALERN, ALEPB) e FGV (ALEMA) foram as organizadoras.

                        A FCC mantém um tronco básico:

                        Conhecimentos gerais: Português, Raciocínio Lógico e História do Estado (20 questões, peso 1)

                        Conhecimentos específicos: D. Civil, D. Administrativo, Regimento Interno e Constituição Estadual (40 questões, peso 3 no RN, peso 2 na PB). Com o acréscimo de Processual Civil na PB.

                        A FGV, de nível superior, só os cargos de consultor legislativo... E é bastante direcionado... e pouquíssimas vagas: http://www.pciconcursos.com.br/concu...ado-ma-3-vagas

                        É isso... se ficar na raiz da FCC, fica bem previsível as matérias. Agora, se for FGV...

                        Comentário

                        • stoierprufer
                          • 25/11/06
                          • 343

                          #13
                          Re: Concurso ALEPE

                          Assembleia Legislativa de Pernambuco abrirá concurso este mês

                          Estão previstas até 140 vagas de níveis médio e superior para substituir o efetivo de comissionados que resta na casa


                          Publicado em 08/08/2013, às 09h20

                          O número de vagas abertas pelo aguardado concurso da Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco (Alepe) não deve ultrapassar o patamar de 140. Esse é o número aproximado de cargos comissionados que ainda restam na casa após as seguidas exonerações de junho e julho. Com os cortes, as vagas foram perdidas, são consideradas mortas. “O processo é de substituição. Então, para entrar um efetivo agora, é preciso que saia um comissionado”, explicou o deputado André Campos (PT), componente da mesa diretora da Alepe como 2º vice-presidente. A previsão é que a seleção seja lançada até o fim do mês.

                          Os aprovados irão atuar nas 16 comissões permanentes da casa, e não nos gabinetes. A ideia é que cada gabinete fique com 26 servidores. Alguns deputados, antes dos cortes, chegaram a ter mais de 40. Apesar das recentes mudanças, a verba dos gabinetes continua a mesma, de R$ 79 mil. Como a verba é móvel, cada parlamentar decide de que maneira utilizá-la. Na prática, alguns comissionados que ficaram estão recebendo aumento.

                          Os cargos da nova seleção ainda serão definidos, mas o concurso irá abranger nível médio e superior, em funções como auxiliar administrativo, médico e jornalista – para citar apenas alguns exemplos. Campos comentou que o maior número de oportunidades está sendo aguardado para o setor de informática, hoje bastante defasado. O último concurso do Poder Legislativo estadual foi realizado em 1998.

                          Os aprovados também não devem ser chamados de uma vez. Parte será convocada a assumir em 2014 e parte, em 2015. O motivo principal é o respeito à Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), que estabelece, em regime nacional, parâmetros a serem seguidos relativos ao gasto público de cada ente federativo (Estados e municípios). Além disso, não há, por enquanto, previsão para formação de cadastro de reserva.

                          A modalidade de contratação da empresa responsável por organizar a seleção é um dos pontos mais polêmicos do concurso. A Alepe solicitou opinião da procuradoria para definir se o processo será por meio de licitação, dispensa de licitação, tomada de preço, carta-convite, pregão ou adesão a registro de preço. “Esse ponto é uma questão de risco, principalmente numa casa política”, ponderou Campos. O receio é que, por meio de uma licitação, escolha-se a empresa pelo critério de menor preço e isso coloque em xeque a qualidade e a honestidade do serviço.

                          A mesa diretora da Alepe se reuniu na manhã dessa quarta-feira para começar a definir os detalhes do certame, desde o preenchimento de vagas até a definição de como se dará a contratação da empresa organizadora da seleção. Cada membro da mesa recebeu uma cópia do relatório elaborado por solicitação da comissão especial de concurso. A previsão é que haja um novo encontro para discutir propostas e mudanças no material na próxima segunda-feira (12).

                          Fonte:http://jconline.ne10.uol.com.br/cana...-mes-92924.php

                          Comentário

                          • Andmorais
                            • 15/03/13
                            • 55

                            #14
                            Re: Concurso ALEPE

                            Postado Originalmente por flanduarte Ver Post
                            Da série "já que tu quer saber, procura primeiro boy":

                            Dei uma olhada nos concursos das assembleias de outros estados do nordeste, a FCC (ALERN, ALEPB) e FGV (ALEMA) foram as organizadoras.

                            A FCC mantém um tronco básico:

                            Conhecimentos gerais: Português, Raciocínio Lógico e História do Estado (20 questões, peso 1)

                            Conhecimentos específicos: D. Civil, D. Administrativo, Regimento Interno e Constituição Estadual (40 questões, peso 3 no RN, peso 2 na PB). Com o acréscimo de Processual Civil na PB.

                            A FGV, de nível superior, só os cargos de consultor legislativo... E é bastante direcionado... e pouquíssimas vagas: http://www.pciconcursos.com.br/concu...ado-ma-3-vagas

                            É isso... se ficar na raiz da FCC, fica bem previsível as matérias. Agora, se for FGV...

                            Eu só espero que seja um banca séria e que o concurso corra sem maiores problemas (fraudes, por exemplo)..
                            Última edição por Andmorais; http://www.forumconcurseiros.com/forum/member/507195-andmorais às Fri, 09/08/13, 05:11 PM.

                            Comentário

                            • stoierprufer
                              • 25/11/06
                              • 343

                              #15
                              Re: Concurso ALEPE

                              Alepe fará reestruturação visando concurso público

                              A Assembleia Legislativa de Pernambuco passará por reforma administrativa e substituição de funcionários comissionados por efetivos, a serem contratados via concurso, que abrirá 100 vagas. O anúncio foi feito, nesta quinta (19 de setembro), pelo presidente da Casa, deputado Guilherme Uchoa, do PDT, no auditório da Alepe, com a participação do primeiro-secretário, João Fernando Coutinho, do PSB, e de outros integrantes da Mesa Diretora. De acordo com Uchoa, a previsão é de que as provas do concurso sejam realizadas no primeiro trimestre do próximo ano e, a convocação, ainda na gestão da atual da Mesa Diretora, que se encerra em 31 de janeiro de 2015.

                              Segundo Uchoa, foram apresentados dois projetos, um alterando o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos dos servidores da Casa e outro prevendo a extinção de cargos comissionados e a criação de funções gratificadas. Ambos serão publicados no Diário Oficial do Poder Legislativo nesta sexta (20) e estão sujeitos a emendas pelas Comissões da Alepe. //A nova estrutura reduz 48 cargos da área administrativa, onde só poderão trabalhar funcionários públicos efetivos, com exceção dos cargos de direção. As vagas de comissionados, fora diretores, ficarão restritas aos gabinetes de deputados.

                              O plano representará uma economia final em torno de R$ 300 mil mensais para o Legislativo pernambucano. Nesta conta, foi computada a redução de pessoal já realizada em 2013, mais os 48 cortes até as novas contratações, somando R$ 1, 2 milhão, e o acréscimo dos novos contratados, que representarão um custo de R$ 919.870,45. Serão três categorias de contratação: Agente Legislativo (40 vagas/nível médio), com salário inicial de R$ 4.780,74; Técnico (10 vagas/nível médio), com salário inicial de R$ 7.354.99 e Analista (50 vagas/nível superior), com salário inicial de R$ 11.315.33.

                              Como Agente Legislativo, serão contratados profissionais com segundo grau completo. No quadro de Técnico, serão dois em eletrônica, três em contabilidade e cinco em informática. Já no quadro de Analista Legislativo entrarão 21 consultores legislativos (em diversas áreas de nível superior), 20 jornalistas, cinco profissionais de informática, dois contadores e dois engenheiros.

                              No detalhamento do projeto de reestruturação, a criação da Ouvidoria do Legislativo, para atuar junto à população, e da Consultoria do Legislativo, trabalhando no apoio direto às Comissões Técnicas da Casa. As definições sobre o formato do concurso serão uma etapa seguinte à aprovação, em Plenário, dos projetos de reestruturação administrativa e criação de novos cargos, que a Casa aguarda para os próximos quinze dias.

                              O anúncio do presidente Guilherme Uchoa foi acompanhado pelos deputados Eduardo Porto, do PSDB, Eriberto Medeiros, do PTC, Teresa Leitão, do PT, José Humberto Cavalcanti, do PTB, Sílvio Costa Filho, do PTB, Claudiano Martins Filho, do PSDB, e Aglailson Júnior, do PSB, além de integrantes do Sindicato dos Servidores no Poder Legislativo (Sisalepe). (V.B/P.I)

                              Fonte:http://www.alepe.pe.gov.br/sistemas/...a.php&id=22036

                              Comentário





                              Working...
                              X