Anúncio

Anúncio Module
Collapse
No announcement yet.

Tecnologo pode assumir com Auditor Fiscal da RF

Page Title Module
Mover Remover Collapse
This topic is closed.
X
X
Conversation Detail Module
Collapse
  • Filtrar
  • Hora
  • Mostrar
Limpar Tudo
new posts
  • Auditoria2013
    • 13/01/12
    • 492

    #16
    Re: Tecnologo pode assumir com Auditor Fiscal da RF

    Postado Originalmente por Galen Marek Ver Post
    E vc é muito preguiçoso ou tem sérios problemas de interpretação de posts...


    Hoje em dia cerca de 70% das pessoas que estudam para ser tecnológos estão lá somente para ter o curso superior de modo mais rápido. não estão nem aí para a profissão. estudam p fazer concurso.


    Estou falando desse 70% que não tem qualificação nenhuma. Pessoas que fazem uma faculdade só p ter diploma de ensino superior. mas nada!
    Quero ver se vc vai gostar de ser chefiado por uma topeira!

    E antes de alguem mais me ofender, é claro que existem bachareis que não levam a faculdade a sério. Mas esses não querem nem saber de concurso também. E não vão nos chefiar no futuro.

    Agora os outros 30% fazem jus ao diploma, concordo.
    quem tem problemas de interpretação é vc dr engenheiro, o q vc fez se aplica inteiramente ao hipotético caso por mim citado(médico), acho q quem está com preguiça é vc.

    Galera, vou citar 1 caso real, sou servidor do MPU, conheci uma pessoa em uma das unidades q trabalhei q era formada em 3 graduações, direito, adm e contabilidade e o cara é simplesmente a maior toupeira que já conheci em toda minha vida, praticamente um semi analfabeto, era todo enrolado, tudo era dificil de aprender, enfim, muito burro.

    Vc dr engenheiro, dizer q um tecnologo q pode vir a ser seu chefe é só por esse motivo uma toupeira só demonstra q vc deve ser um filhinho de papai q nunca precisou fazer nada, a esperteza ou toupeirice de uma pessoa não se define tão-somente pela sua formação mas, em sua maior parte, EXERCENDO ATIVIDADES.

    Engraçado é q vc fala "Hoje em dia cerca de 70% das pessoas que estudam para ser tecnológos estão lá somente para ter o curso superior de modo mais rápido. não estão nem aí para a profissão. estudam p fazer concurso." SENDO QUE VC É ENGENHEIRO E ESTÁ AQUI NO MEIO DOS CONCURSEIROS, PQ NÃO ESTÁ EXERCENDO DESPREOCUPADAMENTE SUA PROFISSÃO??????
    Última edição por Auditoria2013; http://www.forumconcurseiros.com/forum/member/244588-auditoria2013 às Fri, 17/02/12, 03:52 PM.

    Comentário

    • thiag0w
      • 12/04/10
      • 1342

      #17
      Re: Tecnologo pode assumir com Auditor Fiscal da RF

      Postado Originalmente por ELISMARQUES Ver Post
      Acho totalmente errado o concurso de auditor aceitar qualquer formação para trabalhar como auditor, visto que quem fez ciências contábeis, economia, administração, direito, realmente possui formação na área e tem em seu currículo matérias voltadas para a o cargo.

      (...)

      As regras são iguais para todos, o negócio é estudar, e se não aceitar as regras, cair fora.
      Pesquise a grade do curso tecnólogo em Gestão Financeira (não sei se muda em relação à universidade) e veja se encontra algo direcionado ao cargo. Vou citar algumas cadeiras: Economia, Direito empresarial, Direito tributário, Matemática financeira, Estatística, Contabilidade, Auditoria, Análise de demonstrações contábeis, Finanças e outras. Só foi um exemplo. O único motivo do curso ser mais curto é que é mais direcionado/focado para o ramo. Só. Qual seria o motivo de eliminar um Gestor Financeiro do concurso da Receita? Só porque não estudou filosofia de não sei o que ou não passou meia década na universidade?

      Mas o negocio é estudar mesmo. Não aceitar as regras é tchau!

      ______________________


      Galen Marek,

      Na minha sala há 40 alunos. De todos os 40 o ÚNICO que fala de concurso sou eu. Todo o resto faz o curso exclusivamente para melhorar seu desempenho dentro da empresa ou até mesmo conseguir um cargo mais específico. Tenho um colega que trabalha na caixa (concursado), e está fazendo o curso por causa do cargo, ainda vai fazer uma pós e buscar um mestrado. Tudo isso para quê? Para o cargo dele ora bolas. Nem pensa mais em fazer concurso...

      Tenho amigos que passaram 4~5anos dentro de uma faculdade, não trabalham na área e acabaram optando por concurso. Como passou esse tempo todo na faculdade ele pode?

      Mas é isso ai, vamos seguir estudando. Espero que a gente possa se encontrar no CF AFRFB e bater um papo a mais sobre os cursos .

      Grande abraço.
      Última edição por thiag0w; http://www.forumconcurseiros.com/forum/member/172501-thiag0w às Fri, 17/02/12, 05:07 PM.

      Comentário

      • Auditoria2013
        • 13/01/12
        • 492

        #18
        Re: Tecnologo pode assumir com Auditor Fiscal da RF

        Essas coisas são no mínimo curiosas.

        Ontem estava conversando com um colega aqui da procuradoria que é formado em contábeis e comecei a falar sobre a DFC, quando comecei a falar ele disse "putz cara não sei mais nada sobre DFC", ou seja, achei q iria aprender algo com ele e acabei ensinando pra ele como se elabora uma DFC,rrssss

        Comentário

        • Galen Marek
          • 13/08/10
          • 311

          #19
          Re: Tecnologo pode assumir com Auditor Fiscal da RF

          Postado Originalmente por Bruno_SP Ver Post
          Você viaja de mais...

          Daqui a pouco vem um contador ou um advogado dizendo que estudou tanto para ser auditor fiscal e tão aceitando "qualquer coisa", inclusive engenheiros químicos, elétricos, agrônomos, etc. Pensa um pouco rapaz e pare de olhar só pro seu umbigo.

          Respeitar opinião é uma coisa, agora dizer que devo rasgar meu diploma de tecnólogo pois equivale ao meu de ensino médio, aí quem ta faltando com respeito é você.

          Não esquece que quando você passar (se é que pessoas com espírito de porco passam) podem ter vários tecnólogos trabalhando com você, inclusive o teu chefe e ele vai adorar saber que o ensino dele e o ensino médio é a mesma coisa pra você.

          As pessoas não fazem tecnólogos somente por serem mais curtos, pode ser por vários motivos, cito exemplos:

          - serem as únicas faculdades acessíveis a pessoa (distância, valor);
          - por ela já ter um grande conhecimento na área e não achar que vale apena mais 4 ou 5 anos vendo quase tudo que ela já sabe (acontece muito com TI);
          - por ser a única faculdade pública que ela passou;
          - pela pessoa querer um curso mais específico do que um genérico (muito com TI tb);
          - um pai ou mãe de família que só agora conseguiu condições de pagar uma faculdade e ainda sim seria muito penoso ficar 4 anos distante da família pois trabalha de dia e estuda à noite;

          Enfim, cada um tem sua história, seus motivos, então não tente fazer parecer que tecnólogo é aquele preguiçoso e folgado que não queria estudar 4 anos ou mais, pode até ter alguns que fizeram exclusivamente com este propósito, mas você não pode generalizar.

          E se o seu problema é tempo, pro seu governo, tem vários tecnólogos que são 4 anos, mas imagino que você não saiba disso.

          E como você disse, o importante é fazer o "x" no lugar certo, então sugiro que você vá estudar pra não ficar frustado quando ver um monte de tecnólogo entrando e você com 5 anos de ITA sendo reprovado.

          Bruno_SP
          Bruno,

          Sugiro que vc leia todos os meus posts... vai perceber que não falo que os tecnólogos são preguiçosos ou folgados...

          Mas não seja ingênuo... a maioria procura esses cursos pensando em terminar rápido p fazer concurso. Não estão nem aí p profissão. e algum deles pode ser seu chefe um dia... só por ter mais tempo de casa.

          Observe, eu falei a MAIORIA.... "MAIORIA" é diferente de "TODOS". Obviamente existem tecnologos extremamente qualificados que merecem todo o nosso respeito.

          A minha crítica é direcionada a essa industria de cursos superiores de curta duração que se instalou no país cuja demanda é formada principalmente por concurseiros.

          Mas são as regras do jogo...

          Comentário

          • Galen Marek
            • 13/08/10
            • 311

            #20
            Re: Tecnologo pode assumir com Auditor Fiscal da RF

            Postado Originalmente por thiag0w Ver Post


            Mas é isso ai, vamos seguir estudando. Espero que a gente possa se encontrar no CF AFRFB e bater um papo a mais sobre os cursos .

            Grande abraço.

            Valeu thiag0w!

            Democracia é isso!!! É saber ouvir uma opinião divergente, por mais divergente que seja, discutir sem ofender e no final convidar p tomar um chopp...

            Vou ficar por aqui..

            abraço

            Comentário

            • Auditoria2013
              • 13/01/12
              • 492

              #21
              Re: Tecnologo pode assumir com Auditor Fiscal da RF

              Postado Originalmente por Galen Marek Ver Post
              Valeu thiag0w!

              Democracia é isso!!! É saber ouvir uma opinião divergente, por mais divergente que seja, discutir sem ofender e no final convidar p tomar um chopp...

              Vou ficar por aqui..

              abraço
              impressionante cara, primeiro vc diz "não ha diferença entre ESSAS PESSOAS e as que só tem nivel medio" e agora vem com esse papinho de democracia e discutir sem ofender, por favor vc n sabe o q diz ou entao n é bem certo....
              Última edição por Auditoria2013; http://www.forumconcurseiros.com/forum/member/244588-auditoria2013 às Fri, 17/02/12, 04:12 PM.

              Comentário

              • Galen Marek
                • 13/08/10
                • 311

                #22
                Re: Tecnologo pode assumir com Auditor Fiscal da RF

                Postado Originalmente por Auditoria2013 Ver Post
                impressionante cara, primeiro vc diz "não ha diferença entre ESSAS PESSOAS e as que só tem nivel medio" e agora vem com esse papinho de democracia e discutir sem ofender, por favor vc n sabe o q diz ou entao n é bem certo....
                Não sei o que digo ou não sou bem certo só porque tenho opinião contrária a sua. legal isso...

                Comentário

                • Auditoria2013
                  • 13/01/12
                  • 492

                  #23
                  Re: Tecnologo pode assumir com Auditor Fiscal da RF

                  Postado Originalmente por Galen Marek Ver Post
                  Não sei o que digo ou não sou bem certo só porque tenho opinião contrária a sua. legal isso...
                  meu deus cara, vou tentar explicar até vc entender:


                  1º - vc ofendeu as pessoas com curso de tecnologia ao dizer "ESSAS PESSOAS são iguais às q têm nivel médio"

                  2º - vc parabenizou o colega por ele saber "discutir sem ofender"


                  isso é no mínimo MUITO incoerente e, repito, ou vc n sabe o q diz(e aí é q entra a incoerência) ou então vc n é bem certo, entendeu agora?

                  Comentário

                  • Courtney
                    • 25/05/11
                    • 164

                    #24
                    Re: Tecnologo pode assumir com Auditor Fiscal da RF

                    Caro Galen Marek:

                    Quanta declaração preconceituosa em relação aos tecnólogos...tsc, tsc, tsc...

                    Você tem um argumento pior que o outro, eu heim!!!
                    Última edição por Courtney; http://www.forumconcurseiros.com/forum/member/191647-courtney às Fri, 17/02/12, 09:51 PM.

                    Comentário

                    • Bruno_SP
                      • 28/03/10
                      • 379

                      #25
                      Re: Tecnologo pode assumir com Auditor Fiscal da RF

                      O esperto, eu to falando com conhecimento de causa, EU sou tecnólogo, ou seja, CONVIVI com vários deles. Acha mesmo que VOCÊ tem condições de explicar pra MIM quais são as intenções da maioria dos tecnólogos?

                      Quem é ingênuo é você, que tira suas próprias conclusões sem saber o que está dizendo. Ingenuidade é um cidadão vir aqui ofender os tecnólogos sabendo que tem vários deles aqui.

                      Não se esqueça das coisas que você escreveu e agora quer diminuir, todos viram:

                      TECNÓLOGO = Ensino Médio
                      CHEFE TECNÓLOGO = Chefe toupeira.

                      Se os tecnólogos vindos dessa indústria que você cita estão assumindo cargos importantes e provando seu conhecimento através do concurso, talvez seja porque nestes casos qual a formação não seja tão importante assim certo? Ou você acha que vai usar todos os seus conhecimentos do ITA caso virar auditor? No máximo vai precisar dos conhecimentos que demonstrou no concurso, e olhe lá.

                      Bruno_SP

                      Postado Originalmente por Galen Marek Ver Post
                      Bruno,

                      Sugiro que vc leia todos os meus posts... vai perceber que não falo que os tecnólogos são preguiçosos ou folgados...

                      Mas não seja ingênuo... a maioria procura esses cursos pensando em terminar rápido p fazer concurso. Não estão nem aí p profissão. e algum deles pode ser seu chefe um dia... só por ter mais tempo de casa.

                      Observe, eu falei a MAIORIA.... "MAIORIA" é diferente de "TODOS". Obviamente existem tecnologos extremamente qualificados que merecem todo o nosso respeito.

                      A minha crítica é direcionada a essa industria de cursos superiores de curta duração que se instalou no país cuja demanda é formada principalmente por concurseiros.

                      Mas são as regras do jogo...
                      Última edição por Bruno_SP; http://www.forumconcurseiros.com/forum/member/171599-bruno_sp às Fri, 17/02/12, 06:13 PM.

                      Comentário

                      • Esforçado
                        • 24/06/11
                        • 651

                        #26
                        Re: Tecnologo pode assumir com Auditor Fiscal da RF

                        Dias atrás eu li um texto bem antigo do Vicente Paulo, falava justamente sobre isso, área de formação acadêmica para AFRFB, creio que cabe também em uma discussão sobre bacharelado, licenciatura e tecnólogos.

                        Eu vivi praticamente os dois lados, fiz 3 de 4 anos de um curso bacharelado em uma universidade pública, no 4º ano tive que mudar de cidade por causa do trabalho. Na nova cidade fiz tecnólogo em uma faculdade particular porque o curso me atraiu mais para o trabalho atual. Tive que fazer mais 2 anos para o curso de tecnologia ao invés de somente mais 1 para me formar, utilizando os créditos do curso anterior, total de 5 anos para conseguir me formar, finalmente em tecnólogo.

                        Durante esse tempo na universidade pública (bacharelado) e na faculdade privada (tecnólogo) vi pouquíssimas pessoas fazendo curso superior para ser concurseiro, por isso eu gostaria de entender, de onde o colega aí tirou isso:

                        "Hoje em dia cerca de 70% das pessoas que estudam para ser tecnológos estão lá somente para ter o curso superior de modo mais rápido. não está nem aí para a profissão. estudam p fazer concurso."

                        Respeito a opinião com conhecimento de causa, mas generalizar sem ter passado por isso ou não se basear em uma fonte é no mínimo estranho.

                        Creio que essa afirmação e outras com generalização aí é que estão causando mal-estar. Claro, se for realmente isso um fato verídico, baseado em alguma pesquisa séria eu acredito, agora, se for suposição baseada em uma amostra tão pequena, generalizar é ruim. Eu queria saber, onde tem isso?

                        Se alguém puder me mostrar uma pesquisa sobre isso, não dizer que conhece 3 amigos e 2 deles estão fazendo curso de tecnologia somente para concurso, isso seria uma amostra praticamente sem valor. Seria a mesma coisa eu dizer que como vejo pelos fóruns e pelos aprovados muita gente do ITA e grandes instituições que a maioria estaria fazendo cursos lá só para prestarem concurso, eu poderia afirmar isso então.

                        Como sou tecnólogo, posso dizer que a maioria esmagadora dos meus amigos tecnólogos formados comigo e de outras turmas estão hoje trabalhando na área ou em outra, ralando para ganhar o seu rico dinheirinho, nada de concurso e o colega diz que a maioria não estão nem aí para a profissão?

                        Eu gostaria de entender, qual a diferença de quem faz 3 anos de curso de tecnologia com quem faz 5 anos de engenharia no ITA, vira concurseiro e depois vai virar AFRFB, qual a diferença, por favor, qual a diferença?

                        Minha opinião: nenhuma, nenhuma, e nenhuma. Porque ambos vão abandonar a profissão e vão ser AFRFB em várias áreas lá dentro da Receita Federal.

                        Pelo que observei nos dois cursos que fiz, poucas pessoas entram em curso superior pensando em ser concurseiro após a faculdade, seja onde for, a galera saia cansada de tanto estudar, não aguenta mais, é a minoria que arregaça as mangas e continua estudando. Algumas pessoas entram na faculdade vislumbrada, quando vai trabalhar percebe que não é aquilo que queria e fica infeliz sem ter o reconhecimento que merece, então decide estudar para concurso.

                        Essa discussão também me lembrou uma aula que tive com um professor que é AFRFB e chefe lá. Ele contou que precisava selecionar dentre os currículos dos aprovados para AFRFB para a unidade dele alguns candidatos para trabalhar. Ele achou que somente baseado nos currículos escolheria os melhores, inclusive chamou a galera com diplomas de instituições conhecidas, mestrado, doutorado. Aí depois de alguns meses de trabalho ele disse que foi um grande erro, porque para aquele setor alguns dos que possuiam maior qualificação eram justamente os que menos gostavam de trabalhar e ele tinha mais problemas.

                        Nos lugares onde eu trabalhei também foi e onde trabalho é assim, existem alguns requisitos para se chegar em algum cargo, agora ser melhor ou pior, nenhum papel vai te dizer isso, nunca.

                        Claro que em alguns casos é necessário que a pessoas sejam formadas em determinada área para exercer a profissão, mas atualmente não é o caso da Receita Federal e de vários órgãos pelo que leio e converso, são muitas áreas lá dentro como todo grande órgão e todos serão alocados, sejam os mais abastados com intelectualidade ou os que querem trabalho braçal, que também é necessário.

                        Portanto, um dos requisitos básicos para ser AFRFB é: Curso superior concluído, em nível de graduação. O resto é complexo de inferioridade para uns como diz o Vicente no texto aí abaixo ou complexo de superioridade para outros.

                        É a minha opinião.
                        .
                        .
                        .
                        .
                        .
                        Segue abaixo um trecho do texto do Vicente Paulo e o link completo.

                        http://www.vemconcursos.com/opiniao/...ml?page_id=479

                        área de formação acadêmica: "não faço auditoria porque não sou contador; não faço tributação e julgamento porque não sou advogado". Olha, isso me irrita tanto, que era até melhor eu não falar nada a respeito, acabo sendo grosseiro. Mas vamos lá, é véspera de carnaval, estou saindo de férias, não vou perder a paciência hoje...

                        Felizmente, o concurso de AFRF não exige formação específica nessa ou naquela área. Eu disse "não exige", "não exige". Porém, alguns concursandos, "inseguros pela própria natureza", "afetados por um complexo de inferioridade dos diabos", inventam essa coisa, tornam essa regra quase obrigatória. Olha, para se aprender contabilidade para concurso não precisa ser contador; para estudar os vários ramos do Direito exigidos na área de tributação e julgamento não precisa ser advogado.

                        E digo isso com a maior tranqüilidade do mundo: conheço um rapaz, normal, sem nada de especial, um desses "devagar quase parando", que não tem inteligência excepcional nenhuma, à época um reles economista, que fez tributação e julgamento e outros concursos pesados em Direito e foi aprovado, sem maiores problemas, sempre entre os cinco primeiros colocados (acho que foi até primeiro colocado num deles). E desse rapaz eu posso falar à vontade, posso chamá-lo de burro até, se quiser, pois o conheço como ninguém, durmo com ele toda noite, tiro a barba dele todos os dias (quando ele tem reunião à tarde, duas vezes por dia, às vezes três!!!): sou eu, Vicente. Conheço também outro, primeiríssimo colocado em tributação e julgamento em 1996 (quase 290 pontos em 300), que, à época, era cirurgião dentista. Seu nome, Marcelo Alexandrino. No meu curso de formação, de tributação e julgamento, tinha até matemático! Ah, uma curiosidade: sabem quais foram os últimos colocados na minha turma de tributação e julgamento? Os bacharéis em Direito.

                        Gente, no concurso de AFRF, não existe advogado, contabilista, economista, engenheiro etc. Existe uma só classe: concursando! Quem melhor se preparar chegará lá, seja qual for sua formação acadêmica, pode ser até música! Tenho amigos AFRF que são ótimos fiscais, manjam tudo de imposto de renda das empresas, de tributação do comércio exterior etc. e que são, por formação acadêmica, assistentes sociais, biólogos etc.

                        E mais (vou ser grosseiro agora, sabia que não ia agüentar!): os candidatos ao cargo de AFRF são quase todos nivelados, sofredores mesmo. Não se assuste com os advogados, em tributação e julgamento. Com a devida vênia, se fossem tão bons assim, estariam ganhando rios de dinheiro por aí, ou estudando só para o concurso de Procurador da República ou Magistratura, sonho de quase todo bacharel; não se assuste com os economistas na área de política e administração tributária: se fossem os "tais economistas" (e não economistas reles, como eu!) estariam trabalhando com o Malan, ou ganhando muito dinheiro com esses prognósticos econômicos que não servem para nada (mas custam muito!) que vemos todos os dias nos jornais...

                        Enfim, concurso de AFRF é para gente como a gente, reles, mas esforçada, seja qual for a área de formação acadêmica!
                        Última edição por Esforçado; http://www.forumconcurseiros.com/forum/member/195540-esfor%C3%A7ado às Fri, 17/02/12, 08:46 PM.

                        Comentário

                        • Bruno_SP
                          • 28/03/10
                          • 379

                          #27
                          Re: Tecnologo pode assumir com Auditor Fiscal da RF

                          Esforçado,

                          Só para reforçar, no meu curso Tecnológico (área de TI) não tinha NENHUM interessado em concurso, aliás, nem eu! que mal sabia o que era um concurso, só sabia que existiam. Aqui em São Paulo, principalmente na área de TI, praticamente só se fala em fazer carreira em grandes empresas. É muito diferente do RJ, por exemplo, onde concurso público é uma coisa super tradicional e de lá surgem a maioria dos concurseiros.

                          Hoje trabalho com TI numa Empresa Pública Federal e tenho um bom salário, mas prestei o concurso totalmente por acaso (meu único até hoje). Aconteceu porque num curso que fiz conheci um cara que trabalha nesta Empresa e me disse que ia sair o concurso. Só depois que entrei nessa empresa que abri o olho para os concursos.

                          Vocês já pensaram no quanto a dinâmica do aprendizado tem evoluído? Quanto tempo os professores perdiam enchendo a lousa pra copiarmos? Quanto tempo perdíamos copiando? Numa aula de 50 minutos eram 30 pro professor escrever, mais uns 15 pra acabarmos de copiar e nos últimos 5 minutos ele explicava o que escreveu. E os trabalhos? tinham que ser poucos, pois nos faziam passar horas na biblioteca copiando para folha de almaço o conteúdo de livros. Lembram disso?

                          E como é hoje? Aulas são passadas em PPT, o professor disponibiliza o material na NET, discutimos a matéria por msn e e-mails, temos muitos mais recursos de pesquisa e confecção dos trabalhos, o conhecimento está cada vez mais acessível.

                          Enfim, hoje a produtividade no ensino é muito maior que antigamente e os cursos tecnológicos vem acompanhando esse dinamismo. Será que com todos esses novos recursos as universidades ainda precisam de 4 ou 5 anos pra nos ensinar o que elas se propõem? Em alguns casos, talvez não.

                          Abs.
                          Bruno_SP
                          Última edição por Bruno_SP; http://www.forumconcurseiros.com/forum/member/171599-bruno_sp às Sat, 18/02/12, 08:32 AM.

                          Comentário

                          • Rodfu/RS
                            • 09/12/10
                            • 270

                            #28
                            Re: Tecnologo pode assumir com Auditor Fiscal da RF

                            Quem será o toupeira (é com "u", não é? no meu curso de tecnologia não ensinaram isso; nem no ITA, parece)? O cara que dispende dois anos pra conseguir a titulação necessária, é aprovado no concurso para o mesmo cargo e acaba te chefiando ou a sua ilustre pessoa, que cursa durante 5 anos um dos melhores cursos do país (2,5 vezes o tempo do tecnólogo) para ser chefiado por um toupeira com "2º grau"?

                            A Caixa abriu concurso para engenheiro, só pra informar.

                            Comentário

                            • Rodfu/RS
                              • 09/12/10
                              • 270

                              #29
                              Re: Tecnologo pode assumir com Auditor Fiscal da RF

                              Aliás, excelente o texto do Vicente. Servidor público ou é o cara médio ou é o cara muito bom que não quer pagar o preço de ser top. Prefere qualidade de vida, talvez.

                              Comentário

                              • 620
                                • 25/11/06
                                • 808

                                #30
                                Re: Tecnologo pode assumir com Auditor Fiscal da RF

                                Olá, pessoal!

                                Li um monte de bobagens aqui e alguns comentários sensatos.

                                Sou formado na turma de 1995 da AMAN, como muitos sabem. Quando concluí o Curso de Artilharia, naquele ano, fiquei em 54º lugar, dentre os 84 de turma. Fiz o Curso de Aperfeiçoamento (EsAO) em 2003. Estudei muito e concluí em 40º, dentre 77. Isso prova, que mesmo me esforçando, não consegui chegar muito longe nessa área.

                                O fato de carregar esse fardo de duas classificações medíocres em um universo restrito pesava muito nos estudos para a RFB. No entanto, sempre acreditei que não havia limites para aprender e para ousar, por isso, fui em frente.

                                Muitos dos meus colegas de turma, tanto na AMAN quanto na EsAO, sempre se destacaram na linha de ensino bélico (que envolve várias áreas do conhecimento, além das exigências em aspectos cognitivos - e tudo isso é exigido junto). Porém, muitos não se viam carregando o fardo de se preparar para um concurso desse nível. Ou seja, o fato de serem destaques naquela área não significava necessariamente que o seriam em outras. E vice-versa.

                                Em suma, o que eu quero dizer é que não importa o diploma que se tenha. Se esse diploma for aceito pelo órgão para empossar o candidato aprovado no cargo, está resolvido. Conheço pessoas em vários órgãos públicos civis e militares que têm uma formação acadêmica tão sólida, que são quase uns "cães nucleares". Quem vê o currículo se impressiona. Mas algumas destas pessoas impressionam também pela mediocridade do seu trabalho e do seu comportamento.

                                Portanto, meus caros, boa formação acadêmica não é sinal de sucesso no concurso e também não é sinônimo de competência no exercício da profissão (qualquer que seja).

                                Por fim, essa discussão não vai levá-los a lugar nenhum. Se o diploma pretendido for legalmente aceito para a posse, está tudo resolvido. Cada um que estude e conquiste seu lugar na sombra (pois no sol todos já estão).

                                Abraços!

                                620 :0)
                                Última edição por 620; http://www.forumconcurseiros.com/forum/member/137277-620 às Sat, 18/02/12, 10:42 AM.

                                Comentário


                                Aguarde...
                                X